Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Wall Street sobe após indicadores económicos

Quarta-feira, 04.06.14

O Dow Jones encerrou a sessão a subir 0,09% para 16.737,53 pontos, o Nasdaq somou 0,41% para 4.251,64 pontos e o S&P500 avançou 0,2% para se fixar nos 1.927,81 pontos, marcando assim um novo recorde.

 

A Reserva Federal (Fed) dos EUA está a prever que a economia americana tenha tido um crescimento modesto ou moderado no mês passado, um período que terá sido marcado pelo aumento do consumo das famílias e a melhoria do mercado de trabalho.

 

Esta previsão assume um relevo maior, depois dos últimos dados terem revelado que o produto interno bruto (PIB) dos EUA contraiu 1% no primeiro trimestre do ano, quando a primeira leitura tinha apontado para um crescimento de 0,1%. A determinar o comportamento da economia esteve sobretudo o mau tempo que assolou o país nos primeiros meses do ano e que afectou o mercado laboral.

 

Antes de ter sido divulgado este documento, soube-se também que o sector dos serviços nos Estados Unidos cresceu, em Maio, ao maior ritmo dos últimos nove meses, devido ao aumento do número de encomendas. Esta foi a terceira subida consecutiva e superou as previsões dos economistas contactados pela agência Bloomberg.

 

Do mercado de trabalho também vieram boas notícias, apesar de os economistas preverem que os dados fossem melhores do que o que foi divulgado. Os dados do relatório nacional de emprego (ADP) indicam que houve 179 mil novas contratações no mês passado, contra os 215 mil criados em Abril, de acordo com os números publicados esta quarta-feira, 4 de Junho. Os resultados ficaram abaixo da estimativa média dos analistas consultados pela Bloomberg, que apontavam para um ritmo de criação de emprego em Maio semelhante ao registado em Abril.

 

Entre as cotadas, destaque para a Prudential e a MetLife, que registaram os maiores ganhos entre o sector financeiro, depois do Senado ter aprovado uma legislação que permite aos reguladores maior flexibilidade na forma como serão aplicadas as regras de capital para as seguradoras de vida dos EUA.

 

 


Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:45


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural