Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tags

Mais tags


Posts mais comentados


Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Rolling Stones querem pista de atletismo no Rock in Rio

Quarta-feira, 21.05.14

Uma pista de atletismo para os Rolling Stones, dois barcos insufláveis para o DJ norte-americano Steve Aoki, uvas sem caroço, para a cantora brasileira Ivete Sangalo, são alguns dos pedidos dos artistas do festival Rock in Rio Lisboa.

 

A poucos dias do arranque do festival, a par dos preparativos para acolher os espetadores no Parque da Vela Vista, há toda uma operação de logística de bastidores para receber também os artistas, satisfazendo os pedidos, dos mais simples aos mais caprichosos.

 

Os Rolling Stones, que já esgotaram os bilhetes para o dia 29, pediram uma pista de atletismo nos bastidores e três frigoríficos no palco.

 

A banda rock britânica, que já passou os 50 anos de carreira, não quer talheres e pratos de plástico, pede uma chaleira elétrica inox, marcas específicas de água e vodka e uma tarte de carne para oito pessoas, que seja mantida quente numa bandeja.

 

Segundo a lista de pedidos divulgada pela organização, os Arcade Fire, com concerto no dia 31, querem experimentar gastronomia portuguesa, mas querem que seja saudável e não pode ser servida em material esferovite.

 

A isto junta-se ainda uma centena de toalhas de banho e 24 toalhas de mão para a banda canadiana.

 

O cantor Robbie Williams, cabeça de cartaz do arranque, já no domingo, terá no camarim leite de amêndoa e de arroz, uma máquina de sumos e outra de café, pastilhas elásticas e suplementos de vitaminas, mas deixa expresso que não quer bolos nem sobremesas.

 

A cantora britânica Jessie J, que atuará a 1 de junho, alerta que "não pode comer nada que contenha nozes, kiwi ou ananás", mas pede "muita água fresca e refrigerantes, chá" e "velas de qualidade".

 

A cantora brasileira Ivete Sangalo, que tem atuado em todas as edições do Rock in Rio Lisboa, pede desta vez para o concerto de domingo "côcos verdes à temperatura ambiente", comida japonesa, flores brancas e uvas sem caroço, sendo que "a fruta deve ser lavada com água e sabão e protegida em papel transparente".

 

A cantora Aurea, que se apresentará no domingo, para um concerto partilhado com o músico Boss AC, pediu um cabaz entre o saudável e o calórico, com fruta, cenoura crua em palitos, batatas fritas, salgados, tábua de enchidos, vinho do Porto. Avisa que "não come carnes vermelhas, peixe nem marisco" e quer "chão de alcatifa no camarim".

 

Os portugueses Deolinda, que atuarão numa homenagem a António Variações no dia 31, pedem um ferro de engomar, um frigorífico com gelo, pão com manteiga, enchidos, cervejas, vinho tinto.

 

O DJ norte-americano Steve Aoki, que fechará a noite de 30 de maio, já depois dos Linkin Park e Queens of the Stone Age, pediu meias e roupa interior masculina, seis bolos grandes, uma bandeira portuguesa e dois barcos de borracha insufláveis.

 

Pode parecer um pedido descontextualizado, mas quem já viu as atuações de Steve Aoki - e o DJ já se apresentou várias vezes em Portugal - sabe que utiliza os barcos de borracha para "navegar" por cima dos espetadores.

 

O festival Rock in Rio Lisboa decorrerá nos dias 25, 29, 30 e 31 de maio e 1 de junho.

 

O recinto, uma zona arborizada e relvada, com um anfiteatro natural, tem capacidade para acolher 90 mil pessoas.

 

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:36

Rolling Stones atingem 1º lugar no iTunes em apenas 24 horas

Quinta-feira, 25.07.13

 

«Hyde Park Live», novo álbum dos Rolling Stones gravado durante os últimos concertos no Hyde Park, em Londres, conseguiu, em apenas 24 horas, alcançar o «número um» da lista de discos mais vendidos do iTunes, logo após o lançamento exclusivo na última segunda-feira.

 

O álbum reúne os espectáculos que o grupo fez entre os dias 6 e 13 de Julho, todos com ingressos esgotados, informou a Universal Music.

 

Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood lembraram que fazia 44 anos que o grupo tocou pela primeira vez no parque, em 5 de Julho de 1969.

 

«Hyde Park Live» tem 19 músicas, entre elas canções históricas como «Start me up», «It's Only Rock 'N' Roll» e «Brown Sugar», e estará disponível somente pelo iTunes até 19 de Agosto.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:54

The Rolling Stones anunciam nova digressão. Portugal ainda de fora

Quarta-feira, 03.04.13



O grupo rock britânico The Rolling Stones anunciou hoje uma nova digressão internacional, comemorativa dos 50 anos de carreira, que inclui, por enquanto, apenas datas nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido.

 

Intitulada "50 & Counting", a digressão terá início em Los Angeles, Califórnia, em dia ainda a confirmar, mas as restantes datas estão agendadas a partir de 05 de maio, na América do Norte.

 

Para a Europa, incluindo Portugal, onde tocaram em 2007, apenas foram confirmados dois concertos no Reino Unido, a 29 de junho, no festival de Glastonbury, e a 06 de julho, em Londres.

 

A digressão "continuará a emocionante celebração dos 50 anos de vida da banda de Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood, apresentando, em todo o mundo, a sua icónica música e o inovador espetáculo ao vivo", lê-se no comunicado divulgado hoje no site oficial na Internet.

 

Contactado pela agência Lusa, o promotor Nuno Brancamp, que tem trazido os Rolling Stones a Portugal, disse que não há nada confirmado em palcos portugueses, porque a banda ainda não decidiu o restante calendário: "Vamos ver se querem vir, se querem ir a Espanha".

 

A banda atuou cinco vezes em Portugal, entre 1990 e 2007, em Lisboa, Coimbra e Porto.

 

No ano passado, a banda deu alguns concertos em Londres e nos Estados Unidos, que celebraram as bodas de ouro e, pela adesão do público, decidiu agendar mais para este ano.

 

"É um bom espetáculo, com muitos clássicos que todos querem ouvir e com algumas preciosidades aqui e ali. O palco tem a forma de uns lábios e está colocado perto da plateia, por isso consigo correr para junto da multidão. É muito bom poder chegar tão perto da audiência", disse Mick Jagger citado pelo site oficial.

 

O primeiro grande concerto das bodas de ouro aconteceu em Londres, em novembro passado, com Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood em palco, juntamente com o antigo baixista, Bill Wyman e o antigo guitarrista Mick Taylor, que entrará agora na nova digressão.

Na altura, editaram também a coletânea "GRRR!", que inclui gravações feitas desde julho de 1962 até à atualidade.

 

Os Rolling Stones deram o primeiro concerto, num clube em Londres, a 12 de julho de 1962.

 

A primeira formação incluia Mick Jagger (voz), Keith Richards (guitarra), Brian Jones (guitarra), Mick Avory (bateria) e Mick Taylor (baixo).

 

O grupo, que desejava ser "a melhor banda de rythm & blues de Londres e conseguir concertos regulares", é atualmente uma das mais duradouras do rock, com mais de vinte álbuns, que venderam 200 milhões de cópias em todo o mundo.

 

Apesar de terem falado várias vezes em despedidas e cada digressão parecer a última - a média de idades ronda os 67 anos - Keith Richards já disse que um grupo como os Rolling Stones "só se deixa dentro de um caixão".

 

A última digressão dos Rolling Stones, "A bigger bang", que passou por Portugal em 2007, incluiu 147 concertos em mais de uma centena de cidades.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:20

Cartas de amor de Mick Jagger vendidas por 232 mil euros

Sexta-feira, 14.12.12

O leilão da Sothebys superou as expectativas, tendo o conjunto de 10 cartas remetidas por Mick Jagger a Marsha Hunt em 1969 sido arrematadas por 232 mil euros, quase 10 mil euros acima do esperado. A oferta partiu de um licitador anónimo e foi feita por telefone.



 

Datam de 1969 e são cartas que expõem a veia romântica de um jovem apaixonado de 25 anos. O jovem chamava-se Mick Jagger, o mesmo que hoje continua a ser líder dos míticos ‘Rolling Stones’, e a paixão era então dirigida à cantora e modelo americana Marsha Hunt. Essas mesmas cartas foram agora vendidas em leilão pela própria destinatária, através da Sothebys, por cerca de 232 mil euros.

 

O licitador anónimo apresentou a sua proposta por telefone, sendo que a oferta superou as expectativas iniciais, que ficavam abaixo dos 125 mil euros.

 

Entretanto Hunt já foi criticada por ter exposto uma faceta mais vulnerável da estrela rock, tendo alegado, porém, que tratando-se Mick Jagger de uma figura pública, os seus pensamentos não são propriedade privada, apesar de ter partilhado com o ‘The Guardian’, há um mês, que estaria falida.

 


Se assim o desejar, visite a fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:12

Rolling Stones com quatro concertos para celebrar as bodas de ouro

Segunda-feira, 15.10.12



O histórico grupo rock britânico The Rolling Stones anunciou hoje a realização de quatro concertos este ano, em Londres e nos Estados Unidos, numa altura em que cumpre 50 anos de carreira.

De acordo com a BBC, o grupo de Mick Jagger e Keith Richards actuará nos dias 25 e 29 de Novembro, em Londres, a 13 de Dezembro, em Newark, e, no dia 15 desse mês, em New Jersey, nos Estados Unidos.

Para assinalar as bodas de ouro, a banda rock editará, a 12 de Novembro, a colectânea ‘GRRR!’, que inclui gravações feitas desde Julho de 1962, quando surgiu oficialmente, até à actualidade, quando esteve em estúdio, em Paris, em Agosto passado.

Em ‘GRRR!’ estarão, por exemplo, ‘The last time’, o primeiro single editado pela banda, composto por Mick Jagger (vocalista) e por Keith Richards (guitarrista), ‘(I can’t get no) satisfaction’, ‘Jumping Jack Flash’, ‘Honky Tonk Women’, ‘Brown Sugar’, ‘Start Me Up’.

A estes juntam-se ainda ‘Gloom and Doom’ e ‘One last shot’, as gravações que fizeram no mês passado, as primeiras em que os quatro músicos se juntaram em estúdio desde a digressão do álbum ‘A Bigger Bang’, de 2005.

Mick Jagger (voz), Keith Richards (guitarra), Brian Jones (guitarra), Mick Avory (bateria) e Dick Taylor (baixo) - a primeira formação dos Rolling Stones - tocaram pela primeira juntos ao vivo, em Julho de 1962.

O grupo baptizou-se com o nome de uma música de Muddy Waters (‘Rollin'Stone’), queria ser o oposto dos Beatles, desejava ser «a melhor banda de rythm & blues de Londres, e conseguir concertos regulares», como explicou o guitarrista Keith Richards na biografia oficial.

A última digressão do grupo, ‘A bigger band’, que passou por Portugal, incluiu 147 concertos em 118 cidades.

Em Julho passado editaram a autobiografia em imagens, ‘The Rolling Stones: 50’, com comentários dos músicos.

 

 

Se assim o desejar, visite a fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:01

Mick Jagger faz hoje 69 anos

Quinta-feira, 26.07.12

 Foto: Reprodução Internet

 

O Bogue Planeta Cultural, deseja um feliz aniversário ao vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger,  por completar hoje o seus 69 anos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:06

Rolling Stones fazem hoje 50 anos

Quinta-feira, 12.07.12

 

Rolling Stones fazem hoje, dia 12 de julho 50 anos de existência.

O grupo atuou pela primeira vez no Marquee Club de Londres e já venderam mais de 200 milhões de álbuns no mundo inteiro!

 

O Blogue Planeta Cultural dá os parabéns por mais um aniversário deste enorme grupo musical.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:53

Rolling Stones - 50 anos: Jovens para sempre

Sexta-feira, 06.07.12

A 12 de Julho de 1962, Mick Jagger, Keith Richards e Brian Jones actuaram pela primeira vez num clube londrino sob o nome de The Rolling Stones. Abria-se a janela para uma banda que seria a antítese de todos os outros grupos. Naquele ano, tal como milhares de outros jovens britânicos, Jagger e Richards queriam o mundo. Mas teriam de esperar 50 anos.

 

Em 1962, a Grã-Bretanha ainda despertava de um pesadelo chamado II Guerra Mundial. Como lembra Keith Richards, na sua autobiografia "Life", quando conheceu Charlie Watts nesse ano, "ele ainda vivia num pré-fabricado. Uma boa parcela da população tinha criado raízes nesses edifícios de amianto e de telhado de zinco, e cuidava-os com afecto. O governo não podia fazer muito mais do que varrer as ruínas e tentar pôr alguma ordem no caos. Claro que não perdeu a oportunidade de se auto-exaltar: deu às ruas dos novos bairros os nomes dos membros da elite do Partido Trabalhista, passada e presente". E lembra que ele próprio vivia num bairro social inaugurado em 1947. A sua vida era a preto e branco, embora o Technicolour estivesse a chegar. O primeiro disco que comprou foi de Little Richard. Lia os livros de Baden Powell, o guru do escutismo. Quando tinha 13 anos, fazia entregas de pão para ganhar dinheiro. Só depois chegou o rock. Oxigénio para uma geração diferente da anterior.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 18:12

Rolling Stones regressam a estúdio em Maio

Terça-feira, 10.04.12

Os Rolling Stones vão regressar a estúdio em Maio para começar a trabalhar em novo material.

 

A revelação foi feita por Ronnie Wood que garante que a banda está«com vontade» de «voltar a sentir» o estúdio. «É como trabalhar para as Olímpiadas. É necessário voltar a treinar por isso vamos treinar», declarou ao <i>Mirror</i>. 

 

O guitarrista desmistificou o adiamento das celebrações do 50º aniversário dos Stones, assumindo que 2013 é o ano em que realmente a efeméride se comemora. «Nós olhamos para 2012 como o ano da concepção mas o aniversário é no próximo ano», defendeu.

 

Wood justifica-se dizendo que «Charlie Watts só se juntou à banda em Janeiro (de 1963)». Os Stones poderão voltar à estrada em 2013 uma vez que Mick Jagger e Keith Richards terão feito as pazes, após o guitarrista ter pedido desculpa por alguns dos comentários publicados na autobiografia «Life».

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 23:13

Rolling Stones só devem fazer digressão em 2013

Quinta-feira, 15.03.12

O grupo rock britânico Rolling Stones celebra este ano meio século de existência, mas a digressão comemorativa só deverá acontecer em 2013, disse o guitarrista Keith Richards à revista norte-americana ‘Rolling Stone’.

 


 

A razão pelo adiamento deve-se ao facto de os quatro músicos não estarem ainda preparados para voltar à estrada, sublinhou o guitarrista, embora a banda já se tenha reunido em Dezembro para ensaios.

"Tenho a sensação que 2013 será a data mais realista [para fazer a digressão]", disse Keith Richards, de 68 anos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:39


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural