Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Cavaco Silva indisposto, foi obrigado a interromper discurso

Terça-feira, 10.06.14

 

Fotos: Reprodução via internet

 

O Presidente da República, Cavaco Silva, durante a cerimónia do 10 de Junho, ficou indisposto, foi obrigado a interromper discurso, saindo daquele local em braços.

 

Volvidos cerca de trinta minutos, voltou e retomou o discurso anteriormente interrompido.

 

 

Fotos: Reprodução via internet

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:56

Cavaco Siva quer acordo de “salvação nacional” com eleições a partir de Junho de 2014

Quarta-feira, 10.07.13

O presidente da República, Cavaco Silva quer acordo de “salvação nacional” com eleições a partir de Junho de 2014, sendo que o acordo terá de incluir o PS em conjunto com o PSD e o CDS, partidos estes que, assinaram o memorando de entendimento com a troika.

 

Agora, vamos ver o que diz António José Seguro, será que ele vai aceitar entrar no acordo da Salvação Nacional?

 

....hum...hum...hum....

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:12

Cavaco: "Falta de lealdade" de Sócrates "ficará registada na história da nossa democracia"

Sexta-feira, 09.03.12

"Falta de lealdade" de Sócrates "ficará registada na história da nossa democracia"

 

Para ser sincero, não gostei desta frase proferida pelo Sr. Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva!

 

O país encontra-se numa situação que está difícil de controlar e o Sr. Aníbal Cavaco Silva, só de quando em vez é que vem dar um "ar" de sua graça e isso, é ser leal para com os portugueses?

 

Parece-me que não ......mas...!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:48

Cavaco Silva queixasse da sua reforma!

Sexta-feira, 20.01.12

Hoje vi o Sr. Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, a queixar-se do quanto vai receber da sua reforma.

 

Segundo Cavaco Silva,  a sua reforma ronda os 1300 euros e que esse dinheiro não chegará para pagar as suas despesas e isto, sim, isto magoou-me um bocado, pois não sei como é que ele vai conseguir governar-se com aquela quantia!

 

Pois, já não me lembrava que Cavaco Silva ainda tem a ajuda de mais cerca de 800 euros provenientes da reforma da sua esposa e aqui, pronto....já fica mais confortável a vida deste casal, mas, não se pode alongar muito!

 

Agora, o meu vizinho tem uma reforma de 400 euros e diz que trezentos euros vão para remédios, e o que me chateia, é que ele ainda se queixa!

 

Por isso Sr. António, mal mas mesmo mal, está o casal Cavaco Silva meu amigo!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:04

Cavaco Silva autoriza privatização da EDP

Quarta-feira, 26.10.11


Presidente da República promulgou decreto-lei da privatização, dando luz verde ao Governo para publicar o caderno de encargos e prosseguir com a venda de 21,35% da eléctrica nacional.

 

O Presidente da República, Cavaco Silva, já promulgou o decreto-lei sobre a privatização de 21,35% da EDP, tendo o diploma sido publicado hoje em “Diário da República”, cerca de duas semanas depois de ter chegado ao Palácio de Belém.

O decreto-lei da 8ª fase de privatização da EDP nota que o modelo de venda definido “corresponde a uma venda directa a investidores de referência, nacionais ou estrangeiros, incluindo a entidades com perfil de investidor industrial ou a entidades com perfil de investidor financeiro e perspectiva de investimento estável e de longo prazo”.

O Governo admite “uma ou mais operações de venda directa a um ou mais investidores que venham a tornar-se accionistas de referência da EDP”, sendo que o diploma hoje publicado não exclui a possibilidade de uma oferta pública de venda, caso a venda directa não esgote os 21,35% que o Estado pretende alienar.

O Executivo terá agora de, em Conselho de Ministros, aprovar o caderno de encargos com as condições específicas da venda.

Interessados não podem impor condições ao Estado

O decreto-lei da privatização da EDP estipula que um dos critérios de selecção das intenções de aquisição da posição estatal é a “ausência de condicionantes jurídicas ou económico-financeiras do interessado para a concretização da venda”.

O diploma refere ainda que a própria EDP terá uma palavra a dizer neste processo. “A selecção dos interessados que integram as subsequentes fases do processo de alienação é realizada mediante resolução do Conselho de Ministros, ouvida a EDP quanto à adequação dos projectos estratégicos aos interesses da empresa”, lê-se no decreto-lei.

A Parpública recebeu seis manifestações de interesse na privatização da EDP, entre as quais se incluem as brasileiras Eletrobras e Cemig, a alemã E.On e uma empresa japonesa.

 

 

Para visitar a fonte da informação, click aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:06

Cavaco Silva apela ao fim dos "jogos políticos de bastidores"

Sábado, 22.10.11

Na página de facebook de Cavaco Silva, pode ler-se uma mensagem dirigida aos líderes europeus, onde o Presidente da República diz que "não é tempo de hesitações" e apela ao fim dos "jogos políticos de bastidores"

 

Temos assistido nos últimos dias ao avolumar de indefinições sobre as medidas que o Conselho Europeu de domingo deveria tomar para a resolução definitiva da crise que atinge a zona do euro.


Esta é a hora de exigir sentido de responsabilidade aos líderes europeus. Reafirmo o que disse em Florença: a União Europeia tem os meios para enfrentar a crise. É inadiável garantir a estabilidade financeira e o futuro da construção europeia. Adiar seria tornar mais difíceis e onerosas as soluções e pôr em risco o que duas gerações de europeus ergueram.


Não há tempo para hesitações e jogos políticos de bastidores. Os responsáveis europeus devem estar à altura dos desafios desta hora crítica para a Europa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:47

Cavaco Silva finalmente acordou!

Quarta-feira, 12.10.11

Ao dizer que, foram franceses e alemães que, já em 2005 enviaram "um mau sinal para os mercados". E que estão hoje a levar a Europa para uma deriva "errada e perigosa", parece que o Sr. Presidente da Republica finalmente "acordou"!

 

De quando em vez, (pois que eu me recorde, não foram assim tantas vezes que o fez), lá apareceu perante a comunicação social dizendo que o país está vivendo maus momentos, que precisamos de poupar,....blá...blá...blá...blá...blá...blá...

 

Mas parece que hoje acordou, só que, esperemos que agora se comprometa a dormir menos tempo, pois o dormir muito também faz mal à saúde e ao nosso bolso!

 

Já agora, ele devia em tempo oportuno ter-se lembrado do que disse o Sr. Mário Soares, (antigo Presidente da República), na sua intervenção no primeiro debate do ciclo "Grandes Debates do Regime" que decorreu no Porto no passado dia 01 de Abril, quando disse o seguinte:

 

"Hoje quem manda é a senhora Merkel e um pouco o senhor Sarkozy, porque ela precisa do Sarkozy e o Sarkozy obdece ao que ela diz"

 

Se estivesse mais atento e não "dormisse" tanto, talvez portugal estivesse bem melhor!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 22:21

Cavaco aponta o dedo à Alemanha e à França

Quarta-feira, 12.10.11

A responsabilidade da crise que ameaça o euro não pode apenas ser assacada aos países "financeiramente indisciplinados". Cavaco Silva lembra que foram Berlim e Paris que, já em 2005, enviaram "um mau sinal para os mercados". E que estão hoje a levar a Europa para uma deriva "errada e perigosa".

 

O Presidente da República desferiu esta tarde críticas ferozes contra o processo e os “julgamentos errados” com que se tem tentado gerir a crise da dívida soberana, lembrando que muitos erros foram cometidos no passado, inclusive por quem agora tenta reduzir esta crise ao resultado da irresponsabilidade de um punhado de Governos despesistas.

Falando em Florença, no Instituto Universitário Europeu que está a promover o ciclo de conferências “Europa em debate”, Cavaco Silva admitiu que a união monetária tem erros de concepção, desde logo por assentar numa “construção mais consistente na vertente monetária do que na vertente económica”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 17:50


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural