Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Posts mais comentados


Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Inscrições para a 4ª edição do atlantic music expo Cabo Verde já se encontram abertas para os artistas nacionais

Terça-feira, 03.11.15

Segundo o ministério da cultura, promotor do certame, as inscrições para os artistas nacionais foram abertas desde domingo, dia 1 de Novembro, e decorrem até 1 de janeiro de 2016.


Para os artistas internacionais, as candidaturas, que também começaram no dia um de Novembro, vão até 27 do corrente mês.

As inscrições podem ser feitas através do site www.atlanticmusicexpo.cv, e uma vez aceite a candidatura, os artistas têm a possibilidade de participar naquele que é um dos maiores mercados de música de Cabo Verde, através de conferências, workshops, ateliê, formações, palestras, debates, showcases, como também negócios vários.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:32

PM cabo-verdiano perspetiva «destruição total» de Chã das Caldeiras

Quinta-feira, 27.11.14

lava.jpg

 

O primeiro-ministro de Cabo Verde disse, à saída de uma reunião de emergência com o Presidente da República, que se a atividade vulcânica mantiver a mesma intensidade daquela que se registou esta quinta-feira, de manhã, o povoado de Portela «pode desaparecer».

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:11

Energias renováveis vão chegar à Zona Norte do Porto Novo até Janeiro

Domingo, 20.10.13

As energias renováveis vão ser, até Janeiro de 2014, uma realidade na Zona Norte do Porto Novo, Santo Antão, onde vai ser instalada uma central fotovoltaica de cinco quilowatts, assegurou o gestor deste projecto, Atlano Fortes.

O projecto, orçado em quase 5.500 contos, já tem financiamento assegurado pelo GEF-SGP (Fundo do Ambiente), vertente Gestão Integrada e Sustentável dos Recursos da Terra, e deve arrancar até finais de Outubro ou nos princípios de Novembro, informou.

Trata-se de uma iniciativa da Associação Luz Verde de Norte (ALVEN) e dos alunos do curso sobre a instalação e manutenção de equipamentos e sistemas de energias renováveis em Santo Antão, da Universidade de Cabo Verde em Santo Antão, que vão se encarregar da instalação dos equipamentos.

O projecto consiste, segundo Atlano Fortes, na implementação de um sistema fotovoltaico, com potência de cinco quilowatts, com o objectivo de abastecer 15 famílias (164 pessoas) na povoação de Chã de Feijoal, na Zona Norte do Porto Novo, com energia eléctrica durante 24 horas por dia.

Os habitantes desta comunidade são “muito pobres” e, por isso, têm dificuldades em adquirir gás butano ou petróleo para a iluminação das suas casas, de acordo com a nota descritiva do projecto a que a Inforpress teve acesso.

A população de Chã de Feijoal utiliza, para a iluminação, combustíveis fósseis, nomeadamente o gás butano, o petróleo e, em alguns casos, recorre-se mesmo da fogueira de lenha para ter a iluminação, refere o documento, que realça a importância do projecto para a melhoria das condições de vida das famílias.

Além da montagem do sistema fotovoltaico, o projecto, que tem ainda como parceiros o Governo de Cabo Verde, a Câmara Municipal do Porto Novo e a Empresa de Electricidade e Água (Electra), de entre outras instituições, vai permitir, ainda, a instalação eléctrica em 15 habitações.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 14:12

Sapo Cabo Verde lança canal 'Múzika'

Sexta-feira, 12.04.13



O Sapo Cabo Verde, criado há cinco anos, lançou, na quinta-feira à noite, o canal temático "Múzika", iniciativa que, disse à agência Lusa Inês Condeço, responsável da Sapo Internacional, pretende tornar-se um "ponto de encontro" da música e cultura cabo-verdianas.


"É um sítio dedicado à cultura e à música cabo-verdianas, que pretende ser um ponto de encontro desta comunidade e terá novidades, reportagens e entrevistas, numa lógica de multimédia, com fotos e vídeos", realçou Inês Condeço, lembrando a interactividade subjacente ao novo projecto.

 

O "Múzika", explicou, é partilhável nas redes sociais, onde se torna possível comentar, permitindo eliminar os "gaps" entre os utilizadores e os músicos e criar a proximidade através dos fóruns de discussão, alargada às versões multiplataformas.

 

Inês Condeço salientou que a música tem sido uma presença "constante" no Sapo Cabo Verde, indicando que, com o novo canal, que tem como lema "Nôs Cultura, Nôs Morabeza", passa a existir um sítio que agrega todas as informações e conteúdos.

 

"A música sempre esteve presente. Lançamos o «SapoFest», temos feito todos os festivais de Cabo Verde, em termos de cobertura, temos os especiais CVMA (Cabo Verde Music Awards) e Kriol Jazz Festival, também dentro do «Notícias», e fizemos homenagens a Cesária Évora e Bana", argumentou.

 

"A nossa relação com os músicos também é muito boa e, no fundo, é potenciar a relação e proximidade existente e dar visibilidade pelo mundo inteiro a tudo o que fazem", explicou à Lusa a responsável do Sapo Internacional.

 

A rede Sapo instalou-se em Cabo Verde há cinco anos e, desde então, além do canal "Notícias", foi criando sucessivamente outros mais temáticos - "Mulheres", "Sabores", "Desporto", "Viajar", "Jogos", "Fama", "TV e Cinema", "Astrologia", "Palco Principal", "Rádios Online", "Sites" e "Kids".

 

Para este ano, está previsto o lançamento de mais canais temáticos - "Estudante" (em maio), "Saúde" (em Junho) e "Novelas" (em Julho).

 

Pelo meio, haverá a remodelação do "Turismo" e, além de uma nova "homepage", está em estudo o lançamento do canal "Mobile", destinado a telemóveis.

 

"A rede Sapo hoje já vale 12 milhões de visualizações por mês, o que é fabuloso. A rede inclui tudo, a "homepage", os parceiros e serviços, como o mail, etc", afirmou.

 

Em Cabo Verde, segundo Inês Condeço, a "homepage" do Sapo conta com dois milhões de visualizações por mês, o quádruplo do total da população total do arquipélago (cerca de 500 mil habitantes).

 

"São cerca de 500 mil visitantes únicos a entrarem, da comunidade interna e da diáspora. Há 100 por cento de penetração nesta comunidade de utilização da Internet que vai ao Sapo, que é, de facto, a porta de entrada e um sucesso de audiências", frisou.

 

Presentes no lançamento, que decorreu num restaurante da Cidade da Praia, estiveram dezenas de músicos, grupos, promotores, agentes e produtoras, que aderiram de imediato ao projecto.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 18:58

Miss CPLP já mexe

Sábado, 14.04.12

Candidaturas estão abertas

De forma a celebrar a beleza da mulher que fala em português, surgiu o projecto Miss CPLP cujo objectivo é promover os valores sociais, culturais e intelectuais da mulher lusófona. Angola, Cabo Verde, Moçambique, Brasil, Portugal, Guiné-Bissau, São Tomé e Principe e Timor-Leste vão unir-se e eleger a sua representante.

 

As candidaturas estão abertas aqui e durante o mês de Abril a organização vai seleccionar 80 candidatas, 10 de cada país para o concurso realizado nas redes sociais como o Orkut e Facebook. A grande finalidade desta eleição é divulgar a luta contra a violência doméstica e a exclusão social na lusofonia através da beleza feminina.

 

Numa segunda fase, em Maio, vão ser publicados nas redes sociais, nas rádios e nos canais de televisão da CPLP, flyers de promoção às candidatas para a votação.


Depois disso, durnte o mês de Maio e Junho, vai ser publicado um novo spot publicitário para divulgar o evento final que será no dia 21 de Julho de 2012. Durante esse período, vão decorrer as entrevistas, as actividades de promoção do evento e as conferências de imprensa às 16 candidatas à Miss CPLP. A festa final será no Pavilhão Multiusos de Odivelas.

 

Se assim o desejar, visite a fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 12:43

Aeroporto de Cabo Verde recebe o nome de Cesaria Évora

Sábado, 10.03.12

 

O aeroporto internacional de Mindelo, na Ilha de São Vicente, em Cabo Verde, foi rebatizado com o nome da cantora Cesaria Évora, que morreu em dezembro do ano passado, na última sexta-feira (9).

 

Uma estátua de Évora, conhecida como a "diva dos pés descalços", ocupa agora a entrada principal do aeroporto. Com três metros de altura, a obra é assinada pelo escultor Domingos Luisa.

 

O terminal aéreo foi rebatizado em uma cerimônia na presença do primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, ministros e dirigentes da oposição, assim como de artistas e moradores da ilha de São Vicente, onde Cesaria Évora nasceu e morreu.


Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 15:43

Cabo Verde pode tornar-se livre do trabalho infantil - OIT

Quarta-feira, 07.12.11

Cabo Verde poderá tornar-se o primeiro país do mundo livre do trabalho infantil, disse hoje, na Cidade da Praia, um responsável da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

 

Pedro Oliveira falava aos jornalistas à margem de um seminário nacional subordinado ao tema «O Combate ao Trabalho Infantil em Cabo Verde - Da Palavra à Ação», destinado aos sindicatos e promovido pela União Nacional dos Trabalhadores de Cabo Verde - Central Sindical (UNTC-CS).

 

Segundo Pedro Oliveira, responsável pelas relações no contexto de luta mundial contra o trabalho infantil, as políticas sociais existentes em Cabo Verde apontam para um caminho «muito promissor» em matéria da erradicação do trabalho infantil.

 

(Para visitar a fonte da informação, click aqui)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 23:01

Manuel Inocêncio apela ao voto no Sal e diz-se confiante na Vitória

Terça-feira, 16.08.11

Nem os chuviscos impediram a passeata da candidatura de Manuel Inocêncio Sousa no Sal. Ao som de uma batucada, o candidato apelou ao voto em Santa Maria, ouviu os problemas dos eleitores e prometeu interceder junto do governo e dos municípios caso seja eleito no dia 21 de Agosto.

 

Foi sem dúvida o porta a porta mais “molhado” deste segunda volta até este momento. Manuel Inocêncio e os seus apoiantes não folgaram um minuto. Percorreram as ruas de Santa Maria à conquista do voto dos indecisos e daqueles que votaram Aristides Lima e Joaquim Monteiro na primeira volta.

Mais confiante e mais alegre, Manuel Inocêncio disse que foi agradável andar à chuva. “A chuva dá muito mais estímulo. O ambiente que encontrei no Sal está bem, para mim está muito evidente que aqui estamos a conseguir reunir votos para reforçar esta candidatura. Vamos melhorar muito o nosso score no Sal”.

Manuel Inocêncio faz um balanço muito positivo desta primeira metade da campanha para a segunda volta. “A minha candidatura nesta volta está virada essencialmente para um trabalho dirigido aos eleitores que não votaram e àqueles que votaram Aristides Lima e Joaquim Monteiro na primeira volta. As impressões que vou colhendo dos meus contactos dizem que estamos a ter sucesso nesta abordagem. É uma abordagem da vitória.”

Para os próximos dias diz que vai intensificar os contactos. “Vamos fazer alguns comícios para animar e criar um ambiente para o final da campanha mas sobretudo vamos continuar a trabalhar directamente com os eleitores". Perguntando se está a sorrir pela vitória responde: “Estou sorridente sempre e muito alegre desde que comecei este périplo. Para mim isso é uma festa. Esta é uma oportunidade de percorrer estas ilhas, de estar com os cabo-verdianos, de falar com eles de receber esse apoio entusiasta. O estímulo que recebo todos os dias, de manifestações de apoio e intenções claras de voto na minha candidatura, naturalmente dá uma alegria”, afirma.

Manuel Inocêncio segue esta terça-feira para São Nicolau onde vai fazer contactos porta a porta na cidade de Ribeira Brava e outros povoados. No Tarrafal tem comício marcado para 19h30. Na quarta segue para a capital do país.

 



Para visitar a fonte da informação, click aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:44

JORGE CARLOS FONSECA SATISFEITO COM RESULTADOS DA SONDAGEM

Quarta-feira, 25.05.11

O candidato às eleições presidenciais, Jorge Carlos Fonseca, manifestou hoje a sua satisfação com os resultados do estudo da Afrosondagem, realizado este mês, que o coloca na liderança das intenções de voto nas eleições de 7 de Agosto.

Reagindo à sondagem divulgada na edição impressa desta quarta-feira do jornal Expresso das Ilhas, na qual lidera com 24% de preferência de votos contra 21% para os outros dois candidatos presidenciais, Fonseca disse à Inforpress que esses resultados demonstram a dinâmica que a sua candidatura vem ganhando.

“É primeira vez que surjo na frente e isso mostra uma dinâmica muito clara da minha candidatura. Esperava, em meados de Junho, passar à frente e, afinal, estou à frente há bastante tempo”, defendeu o candidato, acrescentando que se essa dinâmica continuar como esperamos, “em fim de Junho, estaremos ainda muito melhor”.

Instado a comentar as outras sondagens, realizadas por outras empresas, em que aparecia atrás de Aristides Lima, Jorge Carlos Fonseca entende que aquelas foram elaboradas “em contexto e ambientes políticos significativos e curiosos”, susceptíveis de alguma influência, concluiu a agência.

 


Para visitar a fonte da informação, click aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:35

Cabo Verde: Bernardo Sassetti oferece concerto a solo na Praia

Sexta-feira, 10.12.10

A música do conceituado compositor e pianista luso Bernardo Sassetti inundará o espaço do Auditório do Centro Cultural Português esta sexta feira 10, a partir das 21h. O concerto a solo do Sassetti integra-se no programa “Pianistas Portugueses” que o IC-CCP desenvolve desde 2007.

 

Para este primeiro encontro, Bernardo Sassetti reserva ao público praiense o “Piano Solo”. Este é um concerto em que o talentoso pianista interpreta nove temas da sua autoria ou arranjo. Sassetti, que é um ícone da actualidade, defendendo o valor intrínseco da música escreve: “É recorrente questionarmo-nos sobre para que serve a música, logo depois de a fazermos ou de a ouvirmos; ou procurarmos uma explicação sobre o seu significado, sobre um momento ou sobre um todo musical de divina beleza, sobre o que fica realmente deste irremediável prazer no acto de compor e de interpretar diante de uma plateia, sobre de onde vem a energia da música... Será mesmo necessário fazermo-nos tantas perguntas?”

Bernardo Sassetti nasceu em Lisboa e aos 9 anos iniciou os seus estudos de piano clássico. Frequentou também a Academia dos Amadores de Música. Dedicou-se ao jazz e estudou com Zé Eduardo, Horace Parlan e Sir Roland Hanna. Em 1987 começa a sua carreira profissional, em concertos e clubes, com o quarteto de Carlos Martins e o “Moreiras Jazztet” e tem participações em inúmeros festivais com músicos tais como Al Grey, John Stubblefield, Frank Lacy e Andy Sheppard.

Nos seus primeiros 15 anos de carreira artística, Bernardo Sassetti apresentou-se por todo o mundo ao lado de Art Farmer, Kenny Wheeler, Freddie Hubbard, Paquito D´Rivera, Benny Golson, Steve Nelson, integrado na United Nations Orchestra e no quinteto de Guy Barker, entre outros.

Como compositor, escreveu suites para piano e orquestra e para 2 pianos e orquestra, entre muitas outras peças para pequenas formações. Entre as gravações editadas em seu nome registam-se “Nocturno” e “Ascent”, ambas merecedoras do Primeiro Prémio Carlos Paredes; “Grândolas”, em duo com Mário Laginha e também as bandas sonoras do filme “Alice” (2005), da peça de teatro “Dúvida e 3 Pianos”, em trio com Mário Laginha e Pedro Burmester, assim como Motion (2010).

É nos últimos sete anos que Bernardo Sassetti se tem dedicado com bastante regularidade a fazer música para cinema e para teatro, destacando-se a sua participação no filme “The Talented Mr. Ripley”, de Anthony Minguella.

Actualmente apresenta-se como concertista em piano solo, fazendo trio com Carlos Barretto e Alexandre Frazão, em duo com o pianista Mário Laginha ou em trio de pianos com o próprio Mário Laginha e Pedro Burmester.

O programa “Pianistas Portugueses” foi iniciado há três anos pelo IC-CCP com o apoio do Banco Espírito Santo. A iniciativa já proporcionou a vinda a Cabo Verde de artistas como José Bon de Sousa, o Maestro António Victorino d’Almeida, Sequeira e Costa e Mário Laginha. Agora os praienses vão poder desfrutar também do talento de Bernardo Sassetti, no seu concerto “Piano Solo”. Uma ocasião a não perder.


Visite a fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 14:10


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural