Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Português João Barbosa vence 24 horas de Daytona, repetindo triunfo de 2010

Domingo, 26.01.14

O piloto português João Barbosa venceu hoje as 24 horas de Daytona, nos Estados Unidos, prova de resistência em que fez equipa com o brasileiro Christian Fittipaldi, o francês Sebastien Bourdais e o norte-americano Burt Frisselle.

 

O portuense, que já havia ganho em 2010, correu ao volante de um Corvette DP da classe protótipos e foi o mais rápido da geral, completando 695 voltas ao circuito de Daytona com 1,466 segundos de vantagem sobre o Corvette DP de Max Angelelli e 19,489 face a Brian Frisselle, também num protótipo Corvette DP.

 

A participar também na prova, mas na categoria GTD, Filipe Albuquerque (Audi R8 LMS) terminou em 22.º da geral (quinto da sua classe).

Já a equipa de Pedro Lamy, num Aston Martin Vantage V8, da categoria GP Le Mans, chegou ao fim na 44.ª posição, oitavo da sua categoria.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:50

Kimi Raikkonen regressa à Ferrari

Terça-feira, 20.08.13



Ainda não é oficial, mas cinco anos depois de ter deixado a equipa italiana, o finlandês estará de volta em 2014, ao lado de Fernando Alonso.


O finlandês Kimi Raikkonen, atual piloto da Lotus no Mundial de Fórmula 1, vai regressar à Ferrari em 2014 segundo adiantou o bem informado Eddie Jordan, comentador de F.1 da BBC, referindo que o acordo entre as duas partes vai ser anunciado no decurso do GP de Itália, em 8 de setembro próximo.

Recorde-se que Raikkonen foi piloto da escuderia entre 2007 e 2009, passando então a usufruir do maior salário jamais pago a um piloto (38 milhões de euros/época), sagrando-se campeão mundial no primeiro ano com a equipa italiana. No final de 2009 deixou a F.1 para uma aventura mal sucedida nos ralis, mas três anos depois estava de volta, agora com a Lotus.

E se em 2012 surpreendeu tudo e todos no regresso aos monolugares, esta época ocupa a segunda posição no campeonato e foi dado como forte candidato ao lugar de Mark Webber na Red Bull para 2014. Contudo, o seu futuro na F.1 vai passar de novo pela Ferrari...

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:26

Fernando Alonso ficará fora dos primeiros testes da Ferrari em 2013

Quinta-feira, 24.01.13

O espanhol Fernando Alonso não vai participar dos primeiros testes da pré-temporada da Fórmula 1, no circuito de Jerez, na Espanha, entre 5 a 8 de Fevereiro, no qual participará Felipe Massa e Pedro de la Rosa, novo piloto de testes da escuderia italiana.

Alonso pilotará uma Ferrari pela primeira vez apenas no dia 19 de Fevereiro, no circuito de Montmeló, em Barcelona, segundo divulgou esta quinta-feira a equipa do espanhol.

Será Massa o responsável por começar os trabalhos para a Ferrari, já que ele irá sozinho a pista no dia 5, em Jerez, na primeira das três sessões de testes, que durarão quatro dias cada. A partir do dia 7, o brasileiro dá lugar a De la Rosa, que fará a sua estreia oficial na escuderia italiana.

Fernando Alonso vai passar a primeira metade de Fevereiro a intensificar a preparação física, visando a primeira metade da temporada, considerada a mais exigente para os pilotos. Em Montmeló, Alonso participará dos três primeiros dias de testes e, no último, cederá lugar a Massa.

 

 


Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:21

Pedro Lamy: "Tive pena de não ter rodado tanto quanto gostaria"

Domingo, 12.06.11
O piloto português Pedro Lamy mostrou-se hoje satisfeito por ter voltado ao pódio nas 24 Horas de Le Mans, prova que a sua equipa terminou na segunda posição, mas admitiu que gostaria de ter "rodado mais" no Peugeot.

"Foi um bom resultado e estou satisfeito por ter voltado ao pódio em Le Mans. Durante a corrida houve várias trocas de liderança entre a nossa equipa e a Audi, mas no fim, acabaram por levar a melhor. Tentámos tudo para vencer, mas a verdade é que o Audi estava ligeiramente melhor", afirmou o piloto, citado pela sua assessoria de imprensa.

Pedro Lamy, que repetiu o segundo lugar alcançado em 2007, lamentou não ter rodado mais, por opção da equipa Peugeot, que a partir da madrugada optou por ter apenas dois pilotos em prova, Sébastien Bourdais e Simon Pagenaud

"Tive pena de não ter rodado tanto quanto gostaria. A equipa optou por serem apenas os meus dois companheiros de equipa a rodarem a partir da madrugada e respeitei essa decisão. Eles estavam ligeiramente mais rápidos que eu, principalmente nas dobragens, pelo que é normal que se tome essa decisão", referiu.

Marcel Fasselr, André Lotterer e Benoit Treluyer, em Audi, venceram as 24 Horas de Le Mans, com um total de 354 voltas, deixando o Peugeot, que tinha Pedro Lamy com um dos pilotos, na segunda posição, a 13,854 segundos.

O segundo melhor português em prova foi João Barbosa, na 10.ª posição da geral, a 36 voltas do líder, ao volante de um Lola Coupe-Honda, que obteve o terceiro lugar na categoria LMP2, ganha pelo Nissan, de Karim Ojjeh, Thomas Kimber-Smith e Olivier Lombard.

A equipa de Rui Águas, no Ferrari 458, acabou por abandonar, tal como a formação de Tiago Monteiro, obrigado a desistir devido a problemas de direcção no Pescarolo-Judd.

Tiago Monteiro mostrou-se conformado com o incidente: "A equipa fez um trabalho incrível e fez tudo o que estava ao seu alcance para que nos mantivéssemos em pista. Mas no final do meu turno chegou-se à conclusão que seria demasiado perigoso mantermo-nos em pista".


Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:53

Pedro Lamy sai da terceira posição

Sábado, 11.06.11

 

Pedro Lamy vai arrancar hoje da terceira posição da grelha para as míticas 24 Horas de Le Mans. Depois de três sessões de qualificação extremamente renhidas, decididas somente nos últimos minutos, Simon Pagenaud, companheiro de equipa do piloto português no Peugeot 908 nº 9, acabou por garantir o terceiro melhor tempo para a corrida deste fim-de-semana.

 

O piloto português sai atrás dos dois Audi que garantiram os dois primeiros lugares.

 

Para além do Peugeot de Lamy, Tiago Monteiro (11.º), Miguel Pais do Amaral (13.º), João Barbosa (28.º) e Rui Águas (44.º) são os restantes pilotos portugueses que marcam presença em prova.

 

 


Visite a fonte da informação clicando aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:44

Automobilismo: Armindo Araújo eleito Personalidade do Ano no WRC

Terça-feira, 21.12.10

Armindo Araújo foi o grande vencedor da votação levada a cabo pelo site oficial do Campeonato do Mundo de Ralis e foi eleito com 47% dos 35000 votos, a “Personalidade do Ano” no WRC. O piloto português destacou-se das outras nove figuras nomeadas para a votação onde se destacam, entre outros, os nomes de Sebastien Loeb, Peter Solberg, Latvala, Kimi Raikkonen e Ken Block.

Após ter conhecido o resultado e oficialmente nomeado Personalidade do Ano 2010, Armindo Araújo não escondeu a satisfação por esta eleição. "É uma honra ganhar este troféu contra os principais nomes do WRC. É óptimo vermos reconhecido o nosso trabalho e saber que existem muitas pessoas, especialmente em Portugal, que me apoiam e estão sempre muito atentas à minha carreira. A Comunicação Social foi também muito responsável por esta eleição pois deu uma enorme ajuda para que esta vitória fosse possível”, disse o piloto de Santo Tirso.

Com o título de “Personalidade do Ano”, Armindo Araújo termina o ano de 2010 como uma das grandes figuras do Campeonato do Mundo de Ralis onde espera continuar a brilhar nos próximos anos. “Foi um final de ano fantástico para mim e estou confiante que em Janeiro já poderei ter novidades em relação a 2011. Estou muito motivado para correr com um WRC e este prémio mostra que a minha imagem é muito forte. Espero que faça com que outras empresas me queiram apoiar”, disse ainda o bicampeão do Mundo.

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:58

Automobilismo: Loeb e Elena tornam C4 WRC uma lenda dos ralis

Segunda-feira, 25.10.10
Três semanas após terem conquistado os títulos de Campeões do Mundo de Ralis da FIA, Sébastien Loeb, Daniel Elena e a Citroën Total World Rally Team voltaram a demonstrar a sua superioridade com nova vitória no Rali de Espanha.

Séb e Daniel lideraram de princípio até final, garantindo a sua 61ª vitória em provas do WRC, ao mesmo tempo que colocavam o C4 WRC nos anais dos ralis. Isto porque, desde que se estreou em 2007, este carro nunca foi batido em pisos de asfalto.

A Citroën garantiu a sua 5ª tripla da temporada, graças a Petter Solberg / Chris Patterson e a Dani Sordo / Diego Vallejo.

Detendo uma liderança de mais de 40 segundos, Loeb enfrentou a 3ª etapa do Rali de Espanha com a máxima confiança. Por outro lado, o 2º lugar estava ao rubro entre Petter Solberg e Dani Sordo, separados por apenas 16,9s. Sordo estava determinado em lutar com o norueguês pelo 2º lugar, pelo que começou o último dia com a faca nos dentes, estabelecendo o melhor tempo em El Priorat (42,04 km), voltando a fazê-lo no pequeno troço de Serra d’Almos (4,11 km). Estas performances ajudaram o espanhol a reduzir a diferença para 10,8s.

“Dado que o Seb está bem lá na frente, eu e o Petter estamos a dar alguma animação à prova “, brincava Sordo na assistência a meio do dia.

“ Sabemos que será difícil recuperar tanto tempo no troço maior, já que não podemos fazê-lo a fundo porque temos que ter em atenção o desgaste dos pneus. No troço mais pequeno fui a fundo desde o início até final. Recuperámos apenas seis segundos em dois troços, pelo que será difícil chegar ao 2º lugar, a não ser que algo de extraordinário aconteça. Vamos continuar a manter a pressão”, concluiu.

Graças à confortável vantagem que detinha, Loeb permitiu-se perder alguns segundos.

“Estou a guiar para chegar ao final e adopto o meu ritmo em função dos tempos intermédios dos meus perseguidores. Tal como os restantes pilotos, tive de gerir os pneus, que estavam a sobreaquecer em El Priorat”, afirmou Loeb.

Após a paragem de 30 minutos, os pilotos saíram para disputar as mesmas classificativas.

Sordo manteve a cadência e voltou a fazer o melhor tempo em El Priorat. Apesar de ter reduzido a diferença para 5,1s, o espanhol não conseguiria ultrapassar o Petter Solberg no último troço.

“ Foi uma grande luta. Estou um pouco desapontado por não ter conseguido dar nova dobradinha à Citroën Total World Rally Team, mas ainda assim conseguimos uma tripla para a marca. Na minha memória deste rali ficarão dois excelentes dias de asfalto, querendo agradecer ao muito público todo o apoio que me deu”, reconheceu Sordo.

Já Loeb, imbatível no asfalto com o C4 WRC desde 2007, estava orgulhoso do seu carro.

“Dá-nos uma espécie de aperto no coração, dado que este carro nos deu muitos momentos de satisfação em todo o tipo de superfícies. Tendo em conta o Monte Carlo, ao longo dos últimos quatro anos vencemos todas as 15 provas de asfalto do WRC. Neste fim-de-semana não fizemos qualquer tipo de matemática, pelo que foi muito mais fácil do que noutros ralis”, reconheceu.

“É incrível o que o Sébastien e o Daniel fizeram”, sublinhou Frédéric Banzet, Director Geral da Citroën.

“Três semanas após a loucura que foi o Rali de França, eles conseguiram manter elevados os seus níveis de motivação e performance, garantindo uma vitória cheia de significado. Sendo Espanha um dos mercados mais importantes da Citroën, esta vitória tem uma enorme importância para a Marca. Gostaria de dar os parabéns a toda a equipa e dizer o quanto admiro o seu profissionalismo e a consciência que têm sempre presente, num ambiente relaxado, após a conquista dos dois títulos na Alsácia”, concluiu.


Visite aqui a fonte da informação

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:03

Automobilismo: Clube Automóvel do Algarve organiza rally para todos

Quarta-feira, 20.10.10

A prova, marcada para 13 e 14 de Novembro, retoma o figurino da edição 2009 elogiado pelos concorrentes. Provas especiais em asfalto que aliam zonas técnicas, bem como momentos muito rápidos, compõem um espectáculo único em Portugal.

São 101,690 km de pura magia para todos. O Clube Automóvel do Algarve convida concorrentes com veículos sem homologação a percorrer os mesmos quilómetros que os do Nacional. As emoções do Campeonato de Portugal de Ralis são agora para todos e podem ser comparados tempos ao longo das oito Provas Especiais que compõem o rali.

O Rally Casinos do Algarve abre a competição com uma Super Especial numa das pistas mais modernas do mundo: o Autódromo Internacional do Algarve. No sábado, dia 13 de Novembro, a partir das 20:30 horas e em regime de entrada livre, estão agendados momentos de pura adrenalina com as melhores máquinas nacionais a deliciarem os fãs.

No domingo, rumo aos troços de Monchique. Dupla passagem pelas provas Especiais de Fóia (11,840 kms) e Corchas (22,680 kms) mais três passagens por Alferce (10,250 kms), num quadro serrano muito apreciado pelo público.

O Secretariado e o Gabinete de Imprensa situam-se no Hotel Algarve Casino do grupo Solverde. O pódio erige-se na zona da Praia da Rocha, frente ao Casino

Parque de Assistência e Parque Fechado continuam na Zona Ribeirinha de Portimão.

 

 

Para visitar a fonte da informação, click aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:10

Automobilismo: Lamy conquista Petit Le Mans

Domingo, 03.10.10

Pedro Lamy venceu a Petit Le Mans, a segunda prova da Intercontinental Le Mans Cup (ILMC), que decorre no circuito de Road Atlanta, na Geórgia. O piloto português atingiu a primeira posição, depois de percorrer as 1000 milhas (1609,34km) da prova, no seu Peugeot 908 HDi-FAP número 8, acompanhado pela dupla francesa de Stéphane Sarrazin e Franck Montagny, tendo juntos completado a prova com o tempo de 9.12,28 horas.

Em segundo lugar, depois do trio luso-gaulês, ficou o trio constituído pelo britânico Anthony Davidson, pelo austríaco Alexander Wurz e pelo espanhol Marc Gene, que partiu da "pole position", ficando estes a um minuto dos primeiros.

Já o terceiro posto coube ao britânico Allan McNish, ao dinamarquês Tom Kristensen e ao italiano Dindo Capello, aos comandos de um Audi R15.

Agora Lamy terá pela frente a terceira e derradeira prova do ILMC, marcada para 7 de Novembro, na China, onde o trio luso-gaulês entra com a vantagem de 36 pontos sobre a Audi.

 

 

Para visitar a fonte da informação, click aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 15:28

Loucuras dentro de um carro

Terça-feira, 21.09.10

 

Bem, è preciso ter muita mas muita prática para fazer todas estas habilidades.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:22


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural