Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Homem é preso suspeito de usar filha como “isca” para estuprar crianças no Rio

Quarta-feira, 16.10.13


O idoso abusava de meninas havia nove anos; três irmãs teriam sido vítimas

 

Adilson Domingos da Silva, de 62 anos, foi preso suspeito de estuprar crianças nos últimos nove anos em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Segundo as investigações, ele cometia os abusos quando a filha convidava as amigas para brincar em casa.

 

O idoso estava escondido em Nova Friburgo, na região serrana, quando foi capturado. Na delegacia, ele teria confessado os crimes, mas, quando perguntado pela reportagem da Record Rio sobre os estupros, alegou inocência.

 

Uma menina de oito anos contou à mãe que Adilson passou a mão nas partes íntimas dela há cerca de duas semanas. A Deam (Delegacia Especial de Atendimento à Mulher) iniciou as investigações e descobriu que o histórico de violência do suspeito é antigo.

 

Ele vai responder a pelo menos três crimes de estupro e pode pegar até 30 anos de prisão. Um homem contou à reportagem da Record que descobriu que Adilson abusou sexualmente das três filhas dele, que hoje têm 18, 15 e 9 anos.

 

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 22:09

Igreja australiana tentou acordo com polícia para evitar investigação a abusos sexuais

Sexta-feira, 04.10.13

A igreja católica australiana tentou fazer um acordo com a polícia do estado de Nova Gales do Sul que teria ajudado a encerrar as investigações abertas contra os sacerdotes acusados de abusos sexuais

 

O deputado David Shoebridge, do Partido Verde, denunciou o objetivo da igreja em duas ocasiões depois de consultar os registos policiais acessíveis pela lei de liberdade de informação.

 

Em ambos os casos, o acordo foi selado como caso de entendimento e não chegaram a entrar em vigor, acusou o deputado apesar de a polícia negar o tratamento de favor.

 

Geoffrey Watson, advogado australiano, defendeu que a chegada a um acordo vulnerava a lei dos delitos.

 

"Se temos conhecimento de um delito grave, temos de o denunciar (...). Os memorandos eram um acordo para que a polícia desculpasse o incumprimento da lei", refere o advogado em declarações ao canal de televisão ABC.

 

David Shoebridge sustentou também "ser provável que centenas, senão mais" dos casos tenham sido tratados da mesma maneira o que não protegia as vítimas nem ajudava a polícia a combater o crime "mas protegia o bom nome da igreja impedindo a obtenção de provas contra um sacerdote" e disse que os acordos terão sido tentados entre 2003 e 2004.

 

Uma comissão especializada investiga os abusos sexuais de menores cometidos em centros religiosos, sociais e estatais e terão sessões abertas para ouvir depoimentos de vítimas que decorrerão em dezembro.

 

A igreja católica admitiu, no ano passado, 620 casos de abusos sexuais de menores cometidos por sacerdotes na Austrália na década de 1930. 




In' Visão

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:21

Mãe e vizinho condenados a prisão até 7 anos por abuso sexual de crianças em Mirandela

Terça-feira, 28.05.13

O Tribunal de Mirandela condenou hoje uma mulher a sete anos prisão por abuso sexual de duas filhas e de uma neta menores em coautoria com um vizinho também sentenciado a seis anos e meio de prisão.

 

"O que praticaram é nojento inqualificável e vergonhoso", sublinharam os magistrados judiciais, ao divulgarem o acórdão.

 

O coletivo de juízes deu como provado que a mulher de 54 anos, "tinha conhecimento e promovia" relações sexuais de duas filhas de 11 e 13 anos e uma neta de cinco anos com um vizinho reformado de 74 anos, atos em que também participaria.

 

O caso ocorreu na aldeia do Cachão, concelho de Mirandela, no distrito de Bragança, e foi desvendado pela Polícia Judiciária que, em julho de 2012, deteve os dois adultos, que aguardaram julgamento em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

 

As crianças foram imediatamente retiradas à mulher e institucionalizadas.

 

A mulher era viúva e prestava serviços de empregada doméstica na casa do reformado, com quem manteria uma relação, segundo a acusação.

 

O Tribunal deu como provado que, entre 2009 e 2012, as três crianças foram sujeitas a abusos em casa do arguido, recebendo dinheiro e prendas para não oferecerem resistência e não contarem a terceiros.

 

Os dois arguidos foram condenados por três crimes de abuso sexual de menores na forma continuada.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:12

Natasha Kinski apoia irmã que acusou o pai de abusos sexuais

Sexta-feira, 11.01.13


Natasha Kinski apoia a irmã mais velha, Pola


A atriz alemã Natasha Kinski, filha mais nova do ator Klaus Kinski, disse hoje ter ficado extremamente comovida com as revelações da irmã mais velha, que acusou o pai de abusos sexuais durante a infância e juventude.


Pola Kinski, de 60 anos, escreveu um livro "Kindermund" ("Palavra de Criança"), no qual afirma ter sido vítima dos abusos sexuais do pai, de forma continuada durante a infância e a juventude.

"Chorei muito", disse Natasha Kinski, ao jornal alemão Bild, afirmando estar "solidária e profundamente comovida" com Pola.

"Tenho orgulho dela (Pola), por ter escrito um livro assim. Conheço o conteúdo e li os depoimentos" assinalou Natasha, protagonista de filmes como "Paris, Texas" [do realizador Win Wenders] ou "Tess" [do realizador Roman Polanski].

"Ele sentia-se estar acima de tudo e fazia o que queria", afirmou Pola sobre o pai, numa entrevista ao semanário alemão Stern, esta semana, a propósito do livro que vai ser publicado em breve.

Para Pola, o pai, que morreu em 1991, era "simplesmente um pederasta".

Natasha Kinski reconheceu tratar-se de um momento difícil para ela, mas sublinhou apoiar a irmã, a quem chamou "heroína, porque libertou o coração, a alma e o futuro, do peso do segredo".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:44

48 países unem-se contra abusos sexuais de crianças na Internet

Terça-feira, 04.12.12

A União Europeia (UE) e os Estados Unidos vão lançar na quarta-feira, em Bruxelas, uma aliança mundial contra os abusos sexuais de crianças na Internet, numa iniciativa que junta 48 países.

 

Na cerimónia participam a comissária europeia para os Assuntos Internos, Cecilia Malmstrom, e o procurador-geral norte-americano, Eric Holder.

Além dos 27 Estados-membros da UE e dos EUA, a aliança mundial inclui ainda: Albânia, Austrália, Camboja, Croácia, Geórgia, Gana, Japão, Moldávia, Montenegro, Nova Zelândia, Nigéria, Noruega, Filipinas, Sérvia, Coreia do Sul, Suíça, Tailândia, Turquia, Ucrânia e Vietname.

 

Os países da aliança comprometem-se a alcançar uma série de metas e objectivos, nomeadamente a intensificar os esforços para investigar os casos de abusos sexuais de crianças, de identificar as vítimas e garantir que estas recebem a assistência, o apoio e a protecção que se impõem.

O reforço da cooperação internacional vai passar ainda pela identificação e actuação judicial contra os infractores.

PUB

“Por detrás de cada imagem de abuso de crianças está uma criança vítima de abuso, uma vítima explorada e indefesa. Quando estas imagens circulam na Internet, podem ser vistas indefinidamente. A nossa responsabilidade consiste em proteger as crianças, onde quer que vivam, e em levar os criminosos a tribunal, onde quer que atuem. A única forma de o conseguir é reunir esforços a favor de uma ação mais firme e coordenada a nível mundial”, declarou Cecilia Malmström, numa nota de imprensa divulgada pela Comissão Europeia.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:27

Menina de 12 anos violada e filmada por colegas

Sábado, 09.06.12

Criança de 12 anos tentou suicidar-se após um ano de abusos sexuais por parte de dois colegas da escola. Os amigos eram convidados a assistir às cenas.

O "Correio da Manhã" escreve que uma menina de 12 anos foi obrigada a ter relações sexuais durante um ano, uma vez por semana, com dois colegas, de 16 anos, que frequentavam a mesma escola, nos arredores de Coimbra.

Outros menores, alunos da mesma escola, eram convidados a assistir às cenas de sexo e filmavam tudo, em casa de um dos agressores e numa obra. As imagens eram depois usadas para extorquir o dinheiro que os pais davam à menina para almoçar e exigir que ela fizesse tudo o que queriam, sob ameaça de divulgação. Ao fim de um ano de terror, a menina tentou suicidar-se, cortando os pulsos com um vidro.

Os dois colegas tinham julgamento marcado para ontem,por abuso sexual de criança, pornografia de menores e extorsão, mais foi adiado pelo Tribunal de Coimbra.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:36

Nomes e moradas de pedófilos vão ser divulgados à sociedade

Sábado, 09.06.12

A ministra da Justiça anunciou, em Torres Vedras, que o Governo vai aplicar uma lei que obriga à divulgação dos nomes e moradas de pedófilos, com o intuito de evitar que sejam reincidentes nos crimes.

 

"A comunidade e as escolas vão ser advertidas dos pedófilos que existem nas imediações", revelou Paula Teixeira da Cruz, adiantando que a nova lei resulta da transposição de uma directiva comunitária.

 

A ministra da Justiça, que participava numa conferência organizada pela distrital PSD/Oeste, explicou que 98 por cento dos pedófilos repetem os crimes pelos quais são condenados e a aplicação da nova lei tem como objectivo evitar a reincidência dos abusos sexuais.

 

Paula Teixeira da Cruz adiantou também que, até Novembro, a tutela vai entregar para discussão, na Assembleia da República, uma proposta de alteração ao Código do Processo Civil.

 

No âmbito desta revisão, vão ser introduzidas alterações, que passam por "justificar atrasos dos juízes quando um julgamento deveria começar às 09h30 e começa às 10h30", exemplificou.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:16

Montanhista viola filha e duas amigas

Sexta-feira, 11.11.11

Abusos sexuais ocorriam na Serra de Sintra

 

Maria (nome fictício) sofreu em silêncio sem nunca contar que o pai a obrigou a manter relações sexuais com ele desde que era uma criança de 12 anos, sempre que o progenitor a levava a praticar montanhismo para a serra de Sintra. Duas amigas da menina foram também violadas em locais ermos da serra pelo homem de 49 anos e uma delas não conseguiu suportar o terror que viveu e contou tudo.

 

A Polícia Judiciária, ao investigar o caso, apurou que o desempregado abusou das duas meninas e violou durante quatro anos a própria filha. O montanhista ficou ontem em prisão preventiva depois de ter sido ouvido em tribunal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 12:04


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural