Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Saiba qual a idade ideal para casar

Quarta-feira, 07.10.15

O estudo foi liderado por Nick Wolfinger, sociólogo na Universidade do Utah, e publicado pelo Instituto de Estudos de Família. Wolfinger sugere que pessoas que se casem entre os 28 e 32 anos têm mais probabilidades de ter um casamento mais duradouro.


Esta nova conclusão parece vir contrariar as teorias de que casar mais tarde era a melhor forma de evitar o divórcio, devido à maturidade e estabilidade associadas às idades mais avançadas. 


Wolfinger analisou dados de 2006 a 2010 e de 2011 a 2013 da Pesquisa Nacional de Crescimento Familiar. "As probabilidades de divórcio decrescem na passagem dos anos de adolescente para os 20 tardios e o inicio dos 30," escreveu. "Portanto, a probabilidade de divórcio aumenta outra vez se adiar o casamento para o fim dos 30 e inicio dos 40."


A cada ano que o casamento seja adiado depois dos 32 anos, a probabilidade de divórcio aumenta 5%, segundo o estudo. 


Esta teoria, Goldilocks Theory, assenta na ideia que para uma casamento resultar não se pode casar nem muito velho nem muito novo. 


Há muitas razões pelas quais faz mais sentido casar nesta altura: entre os 28 e 32 anos, as pessoas têm idade suficiente para perceber se a conexão que têm com a cara metade é mesmo real ou se o que estão a sentir serão apenas as hormonas a falar mais alto; já fizeram escolhas de vida significantes, têm responsabilidades e em principio já são financeiramente independentes.


Por outro lado, são jovens o suficiente para não serem demasiado racionais no relacionamento, e não é tão proavável que tragam bagagem consigo, como ex-maridos e filhos com quem dividir o tempo, recursos e lealdade. 

 

Phillip Cohen, da Universidade de Maryland, usou dados diferentes da American Community Survey, e diz que ser mais velho não quer dizer que o casamento não funcionará. De acordo com a sua análise, a idade perfeita para casar sem passar por uma situação de divórcio será entre os 45 e os 49 anos, o que, ele recorda, é a razão pela qual as pessoas não deviam basear as suas decisões de vida em análises estatísticas que encontram na internet. 


A verdade é que é o divórcio é um padrão social difícil de prever. Mesmo assim, há mais algumas evidências apoiadas por pesquisas: ter dinheiro e um grau académico reduz as probabilidades de divórcio, tal como ficar noivos antes de viverem juntos e esperar para ter filhos só depois do casamento.

 

 

Se desejar visitar a fonte da informação, clique aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 18:38

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

 


subscrever feeds


Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural