Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Saiba quais são as companhias mais seguras para voar

Quinta-feira, 26.03.15

avião.jpg

 
Em 2014, registaram-se menos acidentes aéreos, mas o número de mortes triplicou. Os números mostram que apenas um avião em cada sete milhões de voos comerciais na Europa registou este tipo de problemas.
 
 

A queda do A320 da Germanwings nos Alpes franceses esta quarta-feira, 25 de Março, voltou a levantar a questão da segurança nas deslocações aéreas.

 

Ao que tudo indica, o acidente terá sido uma acção intencional do co-piloto. De acordo com as investigações levadas a cabo, o alemão Andreas Lubitz, de 28 anos, impediu a entrada do piloto no cockpit e provocou a queda "voluntariamente". Morreram 150 pessoas.

 

Para lá deste acidente, os dados das várias organizações internacionais no sector da aviação mostram que o transporte aéreo continua a ser uma das opções mais seguras em termos técnicos.

 

 

Os números da International Air Transport Association (IATA) revelam que em 2014 existiram menos acidentes, embora tenham causado mais mortes. Foram registados 73 acidentes aéreos, incluído 12 fatais. No ano anterior, assinalaram-se 81 acidentes, sendo 16 deles fatais.

 

No ano passado assinalaram-se 641 mortes em acidentes aéreos em todo o mundo, triplicando o valor face a 2013, mostram os dados da IATA.

 

Os indicadores mostram ainda que, na Europa, se perde um avião por cada sete milhões de voos comerciais. O território europeu apresenta resultados similares ao continente americano.

 

A Comunidade dos Estados Independentes (que reúne repúblicas pertences à antiga União Soviética) registou mais incidentes: um avião em cada milhão de voos realizados.

 

Ainda assim, esta identidade não procede à ordenação das companhias aéreas pelo seu registo de segurança. Esse papel tem cabido ao alemão Jet Airliner Crash Data Evaluation Centre (JACDEC), que apresenta anualmente a lista das 60 transportadoras mais seguras. Para tal, analisa o número de acidentes e aviões perdidos nos últimos 30 anos.

 

Entre as 20 companhias mais seguras do mundo, contam-se as europeias KLM (do grupo Air France), aLufthansa (dona da Germanwings), a portuguesa TAP, a British Airways, a Virgin Atlantic e a Air Berlin. Na parte final do "ranking", são frequentes as companhias asiáticas.

 

Se forem só analisadas as companhias europeias mais seguras, entre as dez primeiras contam-se duas "low cost": a EasyJet e a Ryanair. A integração destas duas empresas acaba por atenuar alguns receios de segurança associados a estas transportadoras de custos reduzidos, reavivados com o acidente da Germanwings.

 

Os aviões A320 são dos mais populares do mundo: a cada 2,5 segundos uma aeronave deste tipo levanta ou aterra. Ainda assim, assinala uma a taxa de 0,14 acidentes fatais por cada um milhão de voos.

 

 

JACDEC: quais as 10 companhias europeias mais seguras?

1. KLM (Países Baixos)

2. Lufthansa (Alemanha)

3. TAP (Portugal)

4. British Airways (Reino Unido)

5. Virgin Atlantic Airways (Reino Unido)

6. Air Berlin (Alemanha)

7. EasyJet (Reino Unido)

8. Thomson Airways (Reino Unido)

9. Swiss Air Lines (Suíça)

10. Ryanair (Irlanda)

 

JACDEC: quais as 20 companhias mundiais mais seguras?

  1. 1. Cathay Pacific Airways (China, Hong Kong)
  2. 2. Emirates (Emirados Árabes Unidos)
  3. 3. EVA Air (Taiwan)
  4. 4. Air Canada (Canadá)
  5. 5. KLM (Países Baixos)
  6. 6. Air New Zealand (Nova Zelândia)
  7. 7. Qantas (Austrália)
  8. 8. Hainan Airlines (China)
  9. 9. JetBlue Airlines (Estados Unidos da América)
  10. 10. Etihad Airways (Emirados Árabes Unidos)
  11. 11. All Nippon Airways (Japão)
  12. 12. Lufthansa (Alemanha)
  13. 13. TAP (Portugal)
  14. 14. British Airways (Reino Unido)
  15. 15. Virgin Australia (Austrália)
  16. 16. Virgin Atlantic Airways (Reino Unido)
  17. 17. Transaero Airlines (Rússia)
  18. 18. Shenzhen Airlines (China)
  19. 19. WestJet Airlines (Canadá)
  20. 20. Air Berlin (Alemanha)

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:58


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural