Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Queen no Rock in Rio Lisboa celebram a carreira do grupo e sobretudo recordam Freddy Mercury

Sábado, 21.05.16

Os Queen iniciaram na sexta-feira no Rock in Rio Lisboa uma nova digressão para celebrar a carreira do grupo e sobretudo para recordar Freddy Mercury, num concerto em que foi prometida magia para “gente porreira”.


No segundo dia do festival, 74 mil pessoas juntaram as vozes para interpretar a maioria das músicas que os britânicos Queen interpretaram em Lisboa, acompanhados do cantor norte-americano Adam Lambert no lugar de Freddy Mercury.


Superada a meia hora de atraso, que lhe valeu algumas assobiadelas, o grupo interpretou meia dúzia de canções, mais hard rock, antes Adam Lambert recordar que não estava ali para substituir Freddy Mercury, que morreu em 1991. “Só há um Freddy Mercury, vamos celebrá-lo juntos”, disse.


O alinhamento que se seguiu serviu para isso mesmo, provando que Freddy Mercury é insubstituível e que as canções estão cristalizadas na interpretação dele. Adam Lambert pouco acrescentou ao que já se conhece das canções. Foi assim em “We will rock”, “Show must go on” ou “Somebody do love”.


O concerto teve vários momentos “para mais tarde recordar”, como a vez em que o guitarrista Bryan May tirou uma fotografia panorâmica ao público, com milhares de luzes de telemóveis acesas. Antes de tudo, o músico quis saber: “Gente porreira de Portugal, tudo bem?”.


Bryan May protagonizou ainda um momento emotivo, quando na língua de palco junto ao público interpretou, com guitarra acústica, o tema “Love of my life”, convidando os espetadores a cantarem com ele. “A magia vai acontecer”, disse.


Durante o concerto, o baterista Roger Taylor contou com a ajuda do filho, Rufus Tiger Taylor, também ele baterista, com quem protagonizou um curto duelo de baterias.


A lembrança e o carisma de Freddy Mercury estiveram sempre presentes ao longo do concerto, materializando-se, quase no fim das duas horas de atuação, em “Bohemian Rhapsody”, quando nos ecrãs gigantes apareceram excertos de atuação do cantor e do teledisco.

 

O Rock in Rio cumpre a sétima edição em Lisboa, prosseguindo na próxima semana, nos dias 27, 28 e 29, com Hollywood Vampires, Korn, Maroon 5 e Ariana Grande, entre outros.


 

Se desejar visitar a fonteda informação, clique aqui

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 10:26


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt


Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural

Quantos nos visitaram desde 13FEV2016?