Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Pelo menos nove mortos e três desaparecidos em cheias no Brasil

As tempestades e chuvas fortes que se abateram no fim de semana sobre o Estado brasileiro do Paraná fizeram nove mortos e três desaparecidos, levando a instauração do estado de emergência em 77 cidades.

 

Curitiba, a capital do Paraná, no sul do Brasil, é uma das 12 cidades anfitriãs do Mundial de Futebol, que começa na próxima quinta-feira, e aquela em que a seleção espanhola - chegada no domingo à noite e atual campeã - está a treinar.

 

A cidade situa-se, contudo, a 300 quilómetros das regiões centro e sudeste do Estado, as mais atingidas, e não sofreu danos, segundo a proteção civil.

 

"Todo o Governo está mobilizado para ajudar a população neste momento difícil", declarou esta segunda-feira o governador do Paraná, Beto Richa, que decretou o estado de emergência em 77 cidades, onde mais de 55 mil pessoas viram as suas residências inundadas.

 

O responsável desbloqueou seis milhões de reais (cerca de dois milhões de euros) para que as câmaras municipais possam apoiar os sinistrados, retomar o fornecimento de eletricidade e de água potável.

 

A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, garantiu ao governador Beto Richa "todo o apoio necessário para ajudar nas operações de salvamento e acolhimento dos desalojados", na sua conta da rede social Twitter.

 

"A população está mobilizada mas o desespero é muito grande; as chuvas atingiram todas as classes sociais", declarou César Fabris, um habitante da cidade de Rebouças, coberta pela água, citado pelo sítio G1 da Globo.

 

Em consequência das chuvas torrenciais, o volume de água das célebres cataratas de Foz do Iguaçu, na fronteira com a Argentina, era hoje 30 vezes superior ao normal, com 47,5 milhões de litros de água por segundo, de acordo com a companhia Copel.

 

A direção do Parque Nacional de Iguaçu proibiu o acesso aos circuitos turísticos e os passeios de barco, como medida de segurança.

 

No vizinho Estado de Santa Catarina, 24 cidades estão inundadas e pelo menos 16 mil pessoas foram atingidas pelas cheias.

 

Em Blumenau, o caudal do rio Itajai Açu, que atravessa a cidade, está 10 metros acima do normal.

 

Nove estradas encontram-se cortadas devido às inundações e foram interditadas.

 

No Estado do Rio Grande do Sul, no extremo sul do país, abriu-se no domingo uma cratera de 70 metros numa estrada, devido à chuva intensa, e dois veículos caíram lá dentro, mas os passageiros sofreram apenas ferimentos ligeiros, segundo o G1.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural