Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Moção de censura do PCP vai ser discutida na sexta-feira

26.05.14, Planeta Cultural

A sexta moção de censura com que o actual Governo se vê confrontado deve ser debatida na próxima sexta-feira, dia 30. O anúncio foi feito esta tarde pelo líder parlamentar dos comunistas, João Oliveira (na foto), que apresentou o texto da moção. "Seria impensável não apresentar uma moção de censura ao Governo no quadro político com que estamos confrontados, estamos a cumprir a nossa obrigação", justificou o deputado.

 

De acordo com o Regimento da Assembleia da República, uma moção de censura é obrigatoriamente debatida três dias depois de ser apresentada. "Apontamos [a entrega para] amanhã para que debate aconteça sexta-feira", explicou João Oliveira. Para sexta-feira estava agendado o debate quinzenal com o primeiro-ministro. Com um debate de uma moção de censura, é expectável que todos os ministros marquem presença no hemiciclo – tem sido assim nas moções anteriores.

 

Para João Oliveira, o resultado de 27,7% nas Europeias "confirma que este Governo tem perdido base social e política de apoio e está numa situação em que não há correspondência entre a vontade dos portugueses e a maioria na Assembleia da República".

 

O texto integral da moção de censura só será conhecido amanhã. O PS já anunciou que vai votar a favor do texto dos comunistas. Este domingo, António José Seguro chegou a afirmar que a moção de censura do PCP é um "claro frete ao Governo".

 

A moção de censura do PCP foi anunciada por Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP, depois de serem conhecidos os resultados oficiais das Europeias. A CDU obteve o melhor resultado desde 1989 e conseguiu eleger três eurodeputados, mais um que em 2009.

 

 

 

In' Jornal de Negócios