Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Tags

Mais tags



Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Meo Go é a primeira aplicação portuguesa feita a pensar no Windows universal

Quarta-feira, 29.07.15

Windows universal.jpeg

 

Com o Windows 10 basta aos programadores desenvolverem uma única app para que funcione em computadores, tablets ou smartphones. A Microsoft confirmou ainda estar a trabalhar com mais empresas e startups portuguesas relativamente às aplicações universais.

 

O Windows 10 fica disponível hoje, 29 de julho, para milhões de utilizadores em todo o mundo. Mas na estreia do novo sistema operativo ainda não há nenhuma aplicação portuguesa que respeite o novo legado das chamadas aplicações universais.

 

Estes são programas desenvolvidos a pensar no Windows 10 e que funcionam em todos os dispositivos que suportam o sistema operativo. Partilham o mesmo código, o mesmo interface e têm a vantagem de ser responsivos, adaptando-se ao tamanho dos ecrãs dos equipamentos.

 

O executivo da Microsoft, Miguel Vicente, confirmou no entanto que o Meo Go será a primeira aplicação universal portuguesa a chegar à loja do Windows. A tecnológica trabalhou de perto com a PT Portugal para que o projeto fosse concretizado.

 

Os engenheiros do Meo tiveram acesso antecipado às ferramentas de desenvolvimento e por isso vão chegar “à frente” de outras aplicações portuguesas. E elas existem.

 

Miguel Vicente confirmou ainda no evento de apresentação do Windows 10 outros três nomes: a Muzzleyestá a desenvolver uma app que permite controlar os gadgets inteligentes da casa; a plataforma de músicaTradiio também já está a trabalhar numa app universal; e o estúdio Bica Studios está a preparar o jogo Smash Time para a nova dinâmica do Windows.

 

 

Em declarações ao TeK, Miguel Vicente confirmou ainda que a Microsoft está a trabalhar com outras empresas e startups, mas não adiantou um número de parceiros que existem atualmente. O elemento da subsidiária portuguesa revelou vontade de que todos os jogos portugueses que estão a ser desenvolvidos possam pertencer a este pacote de parcerias.

 

O SDK de desenvolvimento das aplicações universais também fica disponível hoje, pelo que será normal que ao longo das próximas semanas surjam mais novidades sobre entidades portuguesas que estão a trabalhar tendo o Windows 10 na mira. Hoje a nova loja unificada do sistema operativo vai estrear-se com 600 mil aplicações.

 

Apesar de não ter nenhum programa de apoio dedicado, a Microsoft diz que continuará a apoiar o desenvolvimento de aplicações através dos programas Bizspark e Ativar Portugal.

 

Ainda relativo a Portugal, foi revelado que o software da impressora portuguesa Beethefirst já está atualizado para que os utilizadores possam tirar partido do dispositivo já com o novo sistema operativo.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 08:39


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural