Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Del Bosque defende Casillas: «Foi um caso de maldição»

23.12.15, Planeta Cultural

No livro ‘Ganhar e perder. A força emocional’, Vicente del Bosque lamenta a forma cruel como Iker Casillas acabou por deixar o Real Madrid.

«Foi um caso de maldição. Ele é um atleta que ganhou tudo, desde o troféu mais humilde, como criança, a uma Taça do Mundo, um Europeu, uma Liga, uma Champions. (…) Iker teve de sofrer uma atitude incompreensível dos seus próprios fãs e acabou fora da equipa de toda uma vida», lê-se na obra, onde aborda também o relacionamento do guarda-redes, agora no FC Porto, com José Mourinho:

- Chegou a ser assobiado no Bernabéu, algo impossível de acontecer uns anos atrás. Digo isto sem nenhuma intenção de interferir no clube, para que ninguém se sinta magoado ou chateado. É uma simples narração dos factos. (…) Às vezes, pensava, quando este menino estava no seu carro todos os dias em Valdebebas, o que ele pensa? Tinha de estar absolutamente ferido.

«Eu não digo que esta situação tenha sido fabricada e que talvez ele mesmo tenha feito algo errado, mas acho que às crianças - e ele é um filho do Real Madrid -, deve-se perdoar qualquer coisa», acrescentou Del Bosque, dizendo que fazer tropeçar Casillas é «tão ofensivo como se fosse Di Stefano, Gento, Amancio, Santillana, Pirri, Juanito, Butragueño e Raul juntos».

 

 

In' A Bola