Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tags

Mais tags



Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Cerca de 30 imigrantes morreram de hipotermia durante resgate ao largo da Líbia

Segunda-feira, 09.02.15

Pelo menos 29 imigrantes morreram de hipotermia durante uma missão de resgate levada a cabo pela guarda costeira italiana ao largo da Líbia, refere oThe Guardian. A informação foi transmitida ao jornal britânico pelo oficial de saúde da ilha italiana de Lampedusa.

 

A missão, que teve início no domingo, tinha como objetivo resgatar cerca de 105 imigrantes que navegavam à deriva no Mar Mediterrânico, perto da costa líbia. O resgate, levado a cabo pelas autoridades italianas, foi feito em pequenos barcos de patrulha e sob condições extremas, com ondas que chegavam aos oito metros de altura e temperaturas abaixo de zero.

 

 
 

Depois de resgatados, os imigrantes foram transportados para Lampedusa, de onde os pequenos barcos de patrulhamento tinham sido enviados. Devido às más condições climatéricas, os imigrantes foram obrigados a passar cerca de 18 horas no convés ao frio. Pelo menos 29 morreram de hipotermia durante a viagem, referiu a residente da câmara de Lampedusa, Giusi Nicolini, acrescentado que o número de vítimas pode ainda aumentar. Um dos barcos ainda não conseguiu chegar ao porto.

 

Para Nicolini, a tragédia nunca teria acontecido se a missão de salvamento e busca italiana, Mare Nostrum, não tivesse sido cancelada. Na região, não existem atualmente navios de patrulha que sejam capazes de manter um grande número de imigrantes protegidos debaixo do convés. “A Mare Nostrum era uma solução de emergência para crises humanitárias”, explicou ao The Guardian. “Fechá-la foi um passo para trás”.

 

Várias organizações de direitos humanos têm vindo a alertar para o perigo de fechar a Mare Nostrum, alertando que poderia por vidas em risco. “Os pequenos barcos de patrulha foram completamente engolidos pelas ondas durante o regresso. Se a Mare Nostrum ainda estivesse ativa, os imigrantes podiam ter-se abrigado debaixo do convés”, afirmou a presidente da câmara.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:16

1 comentário

De cheia a 09.02.2015 às 20:25

A negra e tórrida África
Por ódios e guerras, atravessada
Em chamas e raptos, lançada
Ninguém consegue viver sem pão e esperança
Com a vida, sempre, na ponta da lança
Todo o Continente foge e avança
Em direção ao condomínio fechado
Que está em perigo, mesmo estando, por água, guardado
E em Mellila, colónia espanhola, por arame farpado
É mais que tempo de fazer qualquer coisa, com agrado
Já chega de assistir a tantas mortes e olhar para o lado
Como se as vidas dos outros não tivesse o mesmo valor
Das dos que vivem no Continente desejado!
Oxalá a Primavera Árabe traga sementes de progresso, igualdade, fraternidade
Que podem levar muitos anos a germinar
Mas, quando há uma mudança
Quase sempre renasce a esperança.

José Silva Costa


Comentar post



Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural