Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tags

Mais tags



Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Algarve é o melhor lugar do mundo para gozar a reforma

Quarta-feira, 02.09.15

algarvereforma.jpg

 

O Algarve foi considerado, pelo segundo ano consecutivo, o melhor lugar do mundo para gozar a reforma. A opinião é do site norte-americano "Life and Invest Overseas", que se dedica a ajudar os reformados a expandir os seus horizontes e a transformar esta que é uma nova fase das suas vidas numa "grande aventura". 

 
De acordo com Kathleen Peddicord, fundadora do site, o Algarve, onde residem, atualmente, mais de 100.000 aposentados estrangeiros, "é o melhor lugar do mundo para a reforma". "A região mais a Sul de Portugal oferece o melhor da Europa, desde vilas medievais e piscatórias a mercados ao ar livre, vinhos e algumas das melhores praias" do Velho Continente", destaca a norte-americana. 

 
Na opinião de Peddicord, uma das principais razões para escolher o Algarve prende-se, desde logo, com a meteorologia: esta região portuguesa sobressai pelo "ótimo clima", com 3.300 horas de luz solar por ano, ou seja, com mais dias de Sol do que qualquer outra parte da Europa.

 
Além das "extensas praias de areia branca", com os seus penhascos e lagoas, muitas delas merecedoras de Bandeira Azul, o Algarve dispõe de "42 campos de golfe espalhados por menos de 160 quilómetros e é, geralmente, reconhecido como um destino de topo a nível europeu e mundial" pelos amantes deste desporto, realça Peddicord.

 
Às mais-valias do Algarve junta-se a qualidade dos cuidados de saúde universais e do chamado "turismo médico", que se encontra em crescimento, bem como o custo de vida: um dos mais baixos da Europa Ocidental e, em média, 30% inferior ao de qualquer outro país europeu, explica a norte-americana.

 
"Um casal reformado pode viver [no Algarve] confortavelmente com cerca de 1.300 euros por mês", assegura Peddicord, que sublinha, ainda, o facto de o inglês ser uma língua amplamente falada tanto no Algarve, como em todo o país, graças aos fortes laços históricos e culturais com o Reino Unido, o que contribui para o estatuto de destino ideal para os reformados norte-americanos.

 
A completar o pódio da lista divulgada, no início deste ano, pelo "Live and Invest Overseas" estão as cidades de Cuenca, no Equador (2.º) e George Town, na Malásia (3.º). O 'top 10' inclui ainda o Belize, Filipinas, França, Colômbia, Itália, Panamá e Turquia. 

Clique AQUI para conhecer a lista completa (em inglês).
 
 
 
Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:21

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

 


subscrever feeds


Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural