Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tags

Mais tags


Posts mais comentados


Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Comer chocolate faz bem à inteligência e potencia o cérebro

Segunda-feira, 22.02.16

Uma nova investigação científica conclui que o consumo de chocolate está relacionado com melhores funções cognitivas ao nível do espaço, trabalho e memória.

chocolate.jpg

 

Há mais uma boa razão para comer chocolate. Uma investigação publicada no jornal Appetite indica que o consumo de chocolate apresenta vários benefícios para o cérebro, independentemente dos hábitos alimentares.

 

Os investigadores estudaram dados recolhidos durante uma investigação anterior em que os habitantes da cidade de Syracuse, no estado de Nova Iorque, foram avaliados em relação aos fatores de risco alimentares para as doenças cardiovasculares. Ao mesmo tempo, a amostra era sujeita a uma bateria de testes para medir as funções cognitivas.

 

"Um maior consumo de chocolate está associado a uma melhor performance ao nível da memória espacial e visual assim como organizacional, memória de trabalho e raciocínio abstrato", comentam os cientistas ao jornal britânico The Telegraph, com base nos resultados da investigação.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:12

Câmaras captam imagens de uma ave rara no Canadá

Quarta-feira, 17.02.16

Um "gyrfalcon" branco, a maior espécie de falcão do mundo, foi filmado por uma câmara no topo de uma torre de observação no centro de estudos de Churchill Northern, no Canadá.

 

Jason Damata, do site Explore.org, explica que "o gyrfalcon branco é uma ave rara que habita nas regiões árticas e subárticas do hemisfério norte. Alimenta-se de aves de grande porte, perseguindo-as em pleno voo". O responsável acrescentou ainda que a espécie vive na região durante o inverno, mas é muito raro ser observada por humanos.

 

Veja o vídeo.

 

 

 Se desejar visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:44

Mau tempo: Sete distritos do país vão estar sob ‘Aviso Vermelho’.

Domingo, 14.02.16

O mau tempo vai continuar hoje a afetar grande parte de Portugal, depois de no sábado ter provocado cheias, inundações, deslizamento de terras e cortes em estradas e linhas ferroviárias, bem como o desaparecimento de um ciclista.

 

As previsões para hoje apontam para um agravamento das condições meteorológicas, em especial nas regiões a norte do rio Tejo e, em particular, no Minho e Douro Litoral, com chuva persistente, por vezes forte, que pode ser acompanhada de trovoada e de granizo.

 

A agitação marítima na costa ocidental irá aumentar, com as ondas a poderem atingir cinco a sete metros a partir da madrugada de hoje, sendo que a norte do Cabo Raso poderão chegar a sete ou a oito metros.

 

Segundo as previsões, a norte do Cabo Raso, as ondas poderão atingir o máximo de 14 metros.

 

Devido ao estado do mar, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob 'Aviso Vermelho' os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa.

 

O 'Aviso Vermelho' é o mais grave da escala de avisos do IPMA e refere-se a uma "situação meteorológica de risco extremo".

 

O IPMA também prevê vento forte com rajadas até 100 quilómetros por hora no litoral e até 120 quilómetros por hora nas terras altas, com possibilidade de situações mais extremas de vento, e queda de neve nas regiões do Norte e Centro até à cota de 600 metros, bem como uma descida de temperatura.

 

No sábado, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou centenas de ocorrências, a maioria inundações e deslizamentos de terras, e um ciclista foi arrastado pelas águas do rio Vouga em Albergaria-a-Velha, no distrito de Aveiro, um dos mais afetados pelo mau tempo, tal como Porto e Coimbra.

 

Além de inundações e deslizamentos de terras, o mau tempo também obrigou ao corte de estradas, ao encerramento de barras marítimas e à suspensão da circulação de comboios, tendo a CP interrompido a venda de bilhetes nas linhas ferroviárias do Norte e da Beira Alta.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 12:06

Cientistas portugueses descobrem que há órgãos que envelhecem mais cedo do que outros

Sábado, 23.01.16

Cientistas portugueses descobriram, numa experiência com peixes-zebra, que há órgãos como o intestino que envelhecem mais cedo, devido ao ritmo acelerado dos "relógios moleculares" das células, que leva ao aparecimento de lesões.

 

O trabalho, conduzido por investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), foi publicado na revista PLOS Genetics.

 

Os "relógios moleculares" das células são os telómeros, as pontas dos cromossomas que asseguram que não há perda de qualquer material genético durante a divisão celular num tecido ou órgão como o intestino, o músculo, o sangue ou os rins.

 

Acontece que, com o avançar da idade, os telómeros, estruturas protetoras do genoma (código genético), vão encurtando, em resposta às contínuas divisões de células, expondo, assim, o genoma a danos.

 

Para manterem um tamanho normal, as extremidades dos cromossomas teriam de ser alongadas pela enzima telomerase. Só que a maioria das células do corpo "desliga esta enzima" no momento em que uma pessoa nasce, esclarece o IGC em comunicado.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:12

Chocolate é o melhor remédio para a tosse

Domingo, 10.01.16

mw-860.jpg

 

Garganta irritada pede mel e limão. Não desconfiávamos é que chocolate ainda é melhor tosse.

 

O Professor Alyn Morice, chefe de estudos cardiovasculares e respiratórios na Universidade de Hull, e membro fundador da Sociedade Internacional do Estudo da Tosse, acha que o chocolate poderá ser um melhor calmante para a tosse que o mel ou o limão

 

A explicação está na textura, Morice descobriu que os medicamentos para a tosse que contêm chocolate são mais pegajosos e têm mais viscose que os medicamentos comuns, formando uma camada que protege as terminações nervosas na garganta, consequentemente controlando a vontade de tossir.

 

Morice levou a cabo o estudo ROCOCO, que será publicado ainda este ano, e envolveu a participação de 163 pacientes.

 

Mas este não o primeiro estudo que relaciona o cacau com a tosse. Investigadores na Imperial College em Londres descobriram que a teobromina, um alcalóide presente no cacau, é mais eficaz a acabar com a vontade de tossir que a codeína, presente nos medicamentos standard para a tosse.

 

Esta nova experiência mostrou que o chocolate reduzia não só a frequência da tosse como as interrupções durante o sono. Muitos pacientes terminaram o tratamento mais cedo porque a sua tosse desapareceu.

 

Beber chocolate quente, por exemplo, não terá o mesmo efeito, já que o cacau não tem contacto suficiente com a garganta para formar a camada protetora. Comer um quadradinho de chocolate devagar poderá ajudar, mas não garante que a sua tosse desaparecerá.

 

Para Morice o chocolate é um ingrediente essencial, mas não isolado. O efeito calmante é também assegurado por outros ingredientes como difenidramina, levomentol e cloreto de amónio que têm a capacidade de entrar em contacto com terminações nervosas sensibilizando-as o máximo tempo possível.

 

 

Se desejar visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:33

Castanho Opala Amarelo Mosaico

Sábado, 09.01.16

castanhoopalaamarelomosaicofemea.png

castanhoopalaamarelomosaicomacho.png

Castanho Opala Amarelo Mosaico

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 22:25

Isabel Amarelo Mosaico

Sábado, 09.01.16

isabelamarelomosaicofemea.jpg

isabelamarelomosaicomacho.jpg

 Isabel Amarelo Mosaico

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 22:20

Satinet Vermelho Mosaico

Sábado, 09.01.16

satinetvermelhomosaicomacho.png

 

satinetvermelhomosaicofemea.png

 

Satinet Vermelho Mosaico

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:31

Casal Lipocrómo Amarelo Mosaico

Sábado, 09.01.16

lipocromoamarelomosaicomacho.png

lipocromoamarelomosaicofemea.png

 

 Casal Lipocrómo Amarelo Mosaico

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:42

Várias peças de carne de vaca inspecionada pela associação Deco não tinha qualquer referência à sua origem no rótulo, colocando em causa a saúde do consumidor

Segunda-feira, 21.12.15

Quase metade das 288 peças de carne de vaca inspecionadas pela associação Deco não tinham qualquer referência à sua origem no rótulo, colocando em causa a segurança e saúde do consumidor.

 

Segundo um estudo divulgado esta segunda-feira pela associação de defesa dos consumidores Deco, dois terços da carne de vaca inspecionada apresentava falhas na rotulagem: 44% da carne os talhos de rua ou supermercados não tinha referência à origem e, em 24% das situações, a rotulagem tinha falhas ou omissões, como o local de desmancha.

 

A Deco inspecionou este ano 729 peças de carne, 288 das quais de vaca, visando encontrar a indicação da sua origem no rótulo, tal como obrigatório por lei, desde 2000. Nesta análise incluíram-se visitas a 126 talhos e supermercados feitas em junho de 2015.

 

A associação de defesa do consumidor assume que deu especial enfoque à carne de vaca, uma vez que a lei que obriga a conhecer a sua origem tem já 15 anos, datando de 2000, altura do escândalo da BSE ou “doença das vacas loucas”.

 

Desde abril deste ano que as exigências quanto à origem foram alargadas à carne de suíno, ovino, caprino e aves de capoeira.

 

Em 60% de todas as peças de carne analisadas, a rotulagem estava de acordo com a lei, mas em 28% dos casos não havia referência à origem e, nas restantes 12%, havia outro tipo de falhas nos rótulos.

 

“Este nosso estudo sobre rotulagem da carne revela que ainda existem muitas falhas”, sintetiza a Deco num artigo intitulado “A origem desconhecida da carne”.

 

“O regime comunitário de rotulagem obrigatória continua a não ser totalmente cumprido. Os talhos, tanto de rua como de hipermercado, têm de melhorar a rotulagem da carne, indicando as menções obrigatórias, para se saber detalhadamente todo o percurso”, refere a associação de defesa do consumidor.

 

Sem as informações do rótulo, “o sistema de rastreabilidade cai por terra”, tornando-se impossível chegar à origem da carne e atuar quando surgem irregularidades que ponham em causa a segurança dos consumidores.

 

 


Se desejar visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:10


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural