Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Corrida à compra de açúcar durante o fim-de-semana

13.12.10, Planeta Cultural

Pingo Doce da Praça da República, Porto, no lugar do açúcar colocou latas de pêssego em calda

 

A Associação Portuguesa de Distribuição garantiu a reposição de stocks de açúcar a partir do dia de hoje, segunda-feira, e justificou a falta de açúcar com o facto de se ter registado, no passado fim-de-semana, "uma procura muito superior ao normal", "devido às notícias dos últimos dias", que davam conta de falta de matéria prima para a produção de açúcar.

As prateleiras e espaços destinados à venda de açúcar em três supermercados, na zona de Benfica, estão vazios, a maioria desde sábado.

A agência Lusa verificou esta manhã, numa ronda, que nos supermercados do Continente, Pingo Doce e Lidl, em Benfica, as prateleiras e espaços destinados à venda do produto estavam vazios, a "maioria desde sábado", precisaram os funcionários nos diferentes espaços comerciais.

No caso do Continente, no Centro Comercial Colombo, uma das funcionárias quando questionada pela Lusa se tinham embalagens de açúcar limitou-se a responder que "não há" e que desconhece "quando vem mais".

No supermercado Pingo Doce, no Centro Comercial de Fonte Nova, a prateleira está vazia tendo uma etiqueta amarela colada com a inscrição 'Produto Temporariamente Indisponível', e Margarida Tavares a desabafar que "precisava apenas de dois quilos para fazer sobremesas de Natal, mesmo a 1,06 euros".

Ainda em Benfica, o local destinado à venda de açúcar, no Lidl, entre os ovos e a farinha, também está vazio com a etiqueta pendurada a indicar o preço de 0,72 euros por quilo, e com um dos funcionários a explicar aos clientes que "não há açúcar desde sábado", e que "não sabe quando vem".

A maioria dos consumidores contactados pela Lusa, nos espaços comerciais, afirmaram estar despreocupados em relação à falta de açúcar.

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui