Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Ensine ao seu filho a “Regra da Roupa interior”

Terça-feira, 30.11.10

 

 

O Conselho Europeu lançou uma campanha de luta contra a violência sexual sobre as crianças, que tem também como objectivo a melhoria  da cooperação internacional na captura de pedófilos. "Na Europa, uma em cada cinco crianças é vítima de abuso sexual", denunciou Maud De Boer Buquicchio, sub-secretária geral do Conselho Europeu, durante a apresentação da campanha "UMA em cada CINCO".

"Todos os dias, crianças são vítimas de abuso, frequentemente cometidos por pessoas nas quais confiam: pais, professores ou figuras de autoridade", destacou De Boer Buquicchio.

A campanha tem como meta ensinar crianças entre os quatro e os sete anos a estabelecerem limites e a denunciar abusos e consiste numa série de anúncios televisivos, um livro infantil, cartazes e um site.


No anúncio, vê-se uma grande mão a fazer uma festa na cabeça de uma criança e a fazer-lhe cócegas ao que o miúdo reage com gargalhadas. Mas quando a mesma mão tenta tocar na roupa interior, a criança reage furiosamente. A mensagem é clara: “Aqui não se toca”.


O Conselho Europeu tem igualmente preparado um kit de documentação para distribuir aos pais e às escolas sobre os meios de prevenção de abusos sexuais e para uma vigilância e tolerância zero face ao fenómeno.

O site, disponível em inglês, francês e italiano, explica como ensinar às crianças a “Regra da Roupa Interior”. “É um guia simples para ajudar os pais a explicar às crianças onde é que os outros não as devem tocar, como reagir e como procurar ajuda”, explica o site.


E em que consiste a regra? É simples e bem ao alcance das crianças, mesmo das mais pequenas: uma crianças não deve ser tocada nas partes do corpo que estão tapadas pela roupa interior. E também não devem tocar nessas áreas nas outras crianças.


Ensina-se também como devem os pais reagir no caso de suspeitarem que os filhos foram abusados. “É muito importante que não se chateie com o seu filho e que não o faça sentir que fez alguma coisa de errado”, explica o documento, que aconselha também os pais a não fazerem um interrogatório às crianças.

Outros alertas deixados aqui: Às crianças deve ensinar-se que o seu corpo lhes pertence só elas e que ninguém lhe pode tocar sem a sua autorização; que há toques bons e toques maus, assim como há bons e maus segredos.

Lembra-se, ainda, que a prevenção e a responsabilidade são sempre de adultos.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 23:33

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

 


subscrever feeds


Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural