Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Morreu Saramago

18.06.10, Planeta Cultural

O prémio Nobel da Literatura faleceu hoje aos 87 anos. O escritor, laureado com o Nobel em 1998, sofria de graves problemas respiratórios. ‘Caim' fica para a história como o último livro de Saramago.

 

BIOGRAFIA

José Saramago nasceu na aldeia ribatejana de Azinhaga, concelho de Golegã, no dia 16 de Novembro de 1922, embora o registo oficial mencione o dia 18. Os seus pais vieram para Lisboa quando ainda não tinha três anos de idade. Saramago fez estudos secundários (liceal e técnico) que não pôde continuar por dificuldades económicas. No seu primeiro emprego foi serralheiro mecânico, tendo depois exercido diversas outras profissões, a saber: desenhador, funcionário da saúde e da previdência social, editor, tradutor, jornalista. Publicou o seu primeiro livro, um romance ("Terra do Pecado"), em 1947, tendo estado depois sem publicar até 1966. Trabalhou durante doze anos numa editora, onde exerceu funções de direcção literária e de produção. Colaborou como crítico literário na Revista "Seara Nova". Em 1972 e 1973 fez parte da redacção do Jornal "Diário de Lisboa" onde foi comentador político, tendo também coordenado, durante alguns meses, o suplemento cultural daquele vespertino. Pertenceu à primeira Direcção da Associação Portuguesa de Escritores. Entre Abril e Novembro de 1975 foi director-adjunto do "Diário de Notícias". Desde 1976 vive exclusivamente do seu trabalho literário.

 

OBRAS PÚBLICADAS: 

 

Poesia

 Os poemas possíveis, 1966 Provavelmente alegria, 1970 O ano de 1993, 1975

 

Crónica

Deste mundo e do outro, 1971 A bagagem do viajante, 1973 As opiniões que o DL teve, 1974 Os apontamentos, 1976

 

 Viagens

Viagem a Portugal, 1981

 

Teatro

A noite, 1979 Que farei com este livro?, 1980 A segunda vida de Francisco de Assis, 1987 In Nomine Dei, 1993 Don Giovanni ou O dissoluto absolvido, 2005

 

Contos

Objecto quase, 1978 Poética dos cinco sentidos - O ouvido, 1979 O conto da ilha desconhecida, 1997

 

Romance

Terra do pecado, 1947 Manual de pintura e caligrafia, 1977 Levantado do chão, 1980 Memorial do convento, 1982 O ano da morte de Ricardo Reis, 1984 A jangada de pedra, 1986 História do cerco de Lisboa, 1989 O Evangelho segundo Jesus Cristo, 1991 Ensaio sobre a cegueira, 1995 (Prémio Nobel da literatura 1998) A bagagem do viajante, 1996 Cadernos de Lanzarote, 1997 Todos os nomes, 1997 A caverna, 2001 O homem duplicado, 2002 Ensaio sobre a lucidez, 2004 As intermitências da morte, 2005 As pequenas memórias, 2006 A Viagem do Elefante, 2008 O Caderno, 2009 Caim, 2009

 

 

Visite a fonte da informação aqui