Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Menina de nove anos publica livro «A grande máquina do tempo»

01.06.10, Planeta Cultural

Uma menina de nove anos lança sábado, em Vila Real, o seu primeiro livro de histórias, «A grande máquina do tempo», com 60 páginas que reflectem a sua precoce paixão pela escrit.

 

Mafalda Dinis é aluna do 4º ano do Colégio Moderno de São José, em Vila Real.

«Eu ainda só andava no 2º ano quando escrevi um texto numa ficha de avaliação. A professora Cátia gostou muito e leu à turma», recordou a pequena autora.

 

E foi assim, com a história «Eu sou um palhaço», que começou a aventura de Mafalda pelo mundo das letras e nasceu o sonho de publicar um livro.

 

Já antes, em bebé, gostava de ouvir histórias e depois, quando aprendeu a ler, também gostava de as contar aos pais.

 

«Subia para cadeira para nos contar as historinhas. Sempre gostou muito de ler e de escrever», contou à Agência Lusa a mãe, Emília Dinis.

Mafalda sempre gostou de «dar asas à sua imaginação» e muitas vezes ditava as suas histórias para os pais transformados em «secretários».

«Na altura dizíamos-lhe que se trabalhasse muito ainda ia conseguir publicar um livro e isso passou a ser um sonho para ela. No verão passado, quando estávamos de férias ela estava a ler o Rapaz de bronze de Sophia de Mello Breyner Andresen e disse-nos que não sabia como a autora tinha conseguido publicar o livro porque escrevia como ela», contou Emília.

 

Depois disso, os pais de Mafalda começaram a mandar os seus textos para as editoras até que a «Temas Originais», de Coimbra, agarrou a ideia e resolveu publicar o primeiro livro da pequena escritora.

 

Emília, enfermeira, e Sérgio Dinis, funcionário público, são hoje uns pais «muito orgulhosos».

«Escrever mais um livro vai depender só dela. Terá que trabalhar muito, mas terá sempre o apoio incondicional de toda a família», frisou a mãe.

O livro «A grande máquina do tempo» reúne mais de uma vintena de textos, ao longo de 60 páginas, que Mafalda escreveu entre os sete e os nove anos.

Entre as várias histórias, a mãe destaca «A minha primeira viagem de foguetão» que conta a história de uma menina que queria ser condutora de foguetões, um sonho que concretizou aos 20 anos e deixou os pais «de boca aberta durante uma semana».

 

«Deixa-nos uma mensagem de persistência e de sonhos que se conseguem concretizar», salientou Emília Dinis.

 

A pequena escritora já venceu concursos literários, um na «Melhor Carta ao Menino Jesus» (da Associação «O Cantaréu») e outro na selecção para o Cancioneiro Poético Infantil Jean Piaget, e vê publicados, regularmente os seus contos na revista infantil «Terra do Nunca», do «Notícias Magazine».

 

Para além de ler e escrever, Mafalda gosta de brincar com as bonecas, às casinhas e pratica natação todos os dias.

 

O lançamento do livro ocorre no sábado, no Centro Comercial Dolce Vita Douro, em Vila Real, e vai contar com a presença das palavras da Madre Superiora do Colégio Moderno de São José, Teresa Santos, da professora Cátia Carvalho e do escritor Alexandre Parafita.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui