Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

PT afunda mais de 8% e penaliza bolsa em sessão de forte volatilidade

07.05.10, Planeta Cultural

PSI-20 cai quase 3%

 

A bolsa nacional fechou a cair quase 3%, penalizado pela Portugal Telecom que afundou mais de 8%. Numa sessão marcada pela forte volatilidade, o PSI-20 chegou a negociar em terreno positivo com bons dados da economia espanhola, mas quer os receios com a Grécia quer com o erro de ontem do índice Nasdaq pesaram mais.

O principal índice da bolsa nacional (PSI-20) negociou nos 6.624,29 pontos, depois de ter tocado nos 6.591,71 pontos, valor mais baixo de Abril do ano passado. A bolsa oscilou hoje entre ganhos e perdas, bem como as congéneres europeias, mas o facto dos EUA estarem em forte queda arrastou os índices do velho continente para quedas mais acentuadas.


As principais praças europeias e norte-americanas estão em forte queda, com a descida acentuada de ontem nos EUA, presumivelmente devido a erros nas ordens, a colocar em causa a integridade do sistema de trading norte-americano, e com a crise da dívida na Grécia e os receios de contágio a outros países da Zona Euro a intensificarem os receios de uma desaceleração do crescimento económico mundial.

Por cá, o PSI-20 não foi excepção, numa dia em que passaram de mãos 142,387 milhões de acções e foram negociados 323,7 milhões de euros.

A Portugal Telecom afundou 8,22% para os 6,48 euros, depois do seu preço-alvo ter sido reduzido de 10 euros para 9 euros esta manhã, pelo Barclays Capital que manteve a recomendação de “equalweight” para as acções.

No restante sector, a Zon caiu 2,36% para os 3,184 euros enquanto a Sonaecom deslizou 0,40% para os 1,24 euros.


A pressionar esteve também a Galp Energia, que caiu 4,13% para os 10,69 euros. No restante sector, a EDP Renováveis depreciou 4,46% para os 4,837 euros enquanto a EDP contrariou com um ganho de 0,43% para os 2,596 euros depois de ter apresentado um crescimento de 17% dos lucros do primeiro trimestre ontem, após o encerramento dos mercados.

Na banca, o sentimento foi diferente, já que, à excepção do BES, que perdeu 1,20% para os 3,038 euros, quer o BCP quer o BPI ganharam 0,81% para os 0,623 euros e 1,94% para os 1,52 euros, respectivamente.



De sublinhar que, além da PT, seis cotadas do PSI-20 caíram mais de 4%, três mais de 3%, duas mais de 2% e 3 mais de 1%.

 

 

Fonte: Jornal de Negócios