Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tags

Mais tags



Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Empresas de "outsourcing" de TI querem pôr Portugal no radar internacional

Sexta-feira, 26.02.10
As maiores empresas prestam serviços de “outsourcing” de tecnologias de informação querem colocar Portugal no radar internacional para a localização de centros de competência deste tipo de serviços, uma vez que de acordo com um estudo elaborado pela Associação Portugal Outsourcing, o país “tem potencial para se afirmar como uma referência internacional neste sector”. A Associação Portugal Outsourcing constituiu um grupo de trabalho com representantes das empresas membros para elaborar este estudo que deverá ser publicado no final de Março.

O estudo “Portugal como Destino Internacional de Outsourcing” analisou, como principais concorrentes do nosso País na captação de projectos e centros de competências a nível internacional, a Espanha, Hungria, Holanda, Irlanda, Polónia, Reino Unido, República Checa e Roménia.

“Não fizemos uma investigação fundamentada em dados novos, recolhemos toda a informação disponível em estudos já existentes”, explicou Vítor Prisca, responsável pelo grupo de trabalho que realizou o estudo. Ao fazer esta recolha, a Portugal Outsourcing constatou que “os analistas não cobre Portugal, nem pelo potencial do país, nem pela concorrência e nós não queremos aparecer em primeiro lugar, mas queremos aparecer, porque isso ajuda o nosso desempenho”.

Nos vários indicadores analisados pelo estudo – mais de 80 – “mostram que o país está em mudança” e “não há evidencia para que Portugal não seja sequer considerado do ponto de vista do ‘outsourcing’”, acrescentou o responsável.

A localização geográfica, as infra-estruturas de comunicações e a capacidade dos portugueses para as línguas são alguns dos pontos fortes constatados nesta análise da Portugal outsourcing. Contudo, a “pouca flexibilidade laboral, os elevados custos de saída e a dificuldade de captar investimento estrangeiro” são apresentados como fragilidades do mercado nacional face aos principais concorrentes.

“Queremos contribuir para criar um cluster de ‘outsourcing’”, concluiu o responsável. Este estudo será entregue aos principais analistas do sector, ao AICEP para entregar nos principais países, em pequenos roadshows e em eventos de outsourcing.As empresas que incluem o Portugal Outsourcing prevêem criar 12 mil novos empregos líquidos em Portugal e alcançar mais de 1.300 milhões de euros em exportações, caso todas as condições forem dadas a esta indústria.
O objectivo é criar uma indústria de serviços de ponta em Portugal, responsável por 1,3% do PIB.A Portugal Outsourcing tem como associados as empresas Accenture, Altran, Capgemini, Deloitte, Everis, Glintt, HP, IBM, Indra, Logica, Mainroad, Novabase, Oni, Portugal Telecom, Reditus, Sibs Processos, Siemens e Xerox.
 
Fonte: Jornal de Negócios

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 18:25

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

 


subscrever feeds


Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural