Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Apple bane aplicativos chineses favoráveis ao Dalai Lama

02.01.10, Planeta Cultural

A Apple estaria bloqueando usuários de iPhone na China de baixar aplicativos do Dalai Lama e do líder Uighur (etnia mulçumana da Ásia central que também vive no país) Rebiya Kadeer, informou nesta sexta-feira vários sites especializados em tecnologia. Cinco aplicativos sobre o Tibet e ao menos um sobre a etnia teriam sido apagados da App Store, loja virtual da companhia.

A ação da empresa visa continuar a parceria com a Justiça do país para continuar a fornecer os smartphones. A operadora que vende o iPhone no país desde outubro é a China Unicom.

Segundo sites e revistas, ao menos cinco programas relacionados ao líder espiritual tibetano já não estão disponíveis na App Store da China. "Continuamos a seguir as leis locais. Nem todos os aplicativos estão disponíveis em cada país", disse um porta-voz da Apple. Segundo o site IDG Now, os aplicativos mandavam frases de pensamentos e informações sobre o Dalai Lama.

A China tem o costume de bloquear acesso a sites considerados impróprios aos valores ou ideais do governo, além de uma série de empresas norte-americanas incluindo Microsoft, Google e Yahoo!. Em agosto, o iTunes foi temporariamente bloqueado para usuários chineses após um álbum favorável à libertação tibetana ter virado hit na loja online de música.

O Tibet se declarou independente em 1912, mas tem sido governado diretamente por Pequim desde que tropas chinesas invadiram a região em 1951. A China alega que a região faz parte da nação desde o século 13. O governo chinês considera ambos como "separatistas", acusando o líder religioso de tentar libertar o Tibet.

 

Visite a fonte da informação aqui