Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Dia das mentiras ameaça computadores

01.04.09, Planeta Cultural

Os especialistas informáticos temem que o dia de amanhã, conhecido por ser o dia das mentiras, poderá trazer uma ameaça para os computadores. Teme-se que o Conficker, um vírus informático, possa ser lançado amanhã.

Segundo a página na Internet da Microsoft, o “Conficker é um vírus informático que pode infectar o computador e espalhar-se para outros computadores automaticamente através da rede, sem interacção humana”.

A CNN compara este vírus ao “bug do milénio”, que tanto foi falado na passagem do ano 1999 para 2000 por este ser “pouco fundamentado”. Ainda assim, a mesma fonte revela que este vírus pode já ter infectado entre 5 milhões e 10 milhões de computadores.

Apesar dos aparelhos ainda não terem dado muitos sintomas, Don DeBolt, director da unidade que se destina a investigar ameaças da tecnológica norte-americana CA, defende que, amanhã, um computador central está programado para controlar estas máquinas, que define como “zoombies”.

A Microsoft alerta que se o computador “não tiver instalado as últimas actualizações da Microsoft e do seu antivírus, e se tiver alguns ficheiros partilhados, o vírus Conficker pode conseguir uma execução à distância.”

Essa execução permitirá ao “pirata informático” ter controlo do computador e utiliza-lo para fins maliciosos.

Ainda assim, um antivírus poderá detectar e bloquear o acesso do Conficker, o que faz com que os utilizadores que tenham um programa actualizado estejam perante um risco muito mais reduzido.

Para combater este vírus a Microsoft tem desde Fevereiro uma recompensa de 250 mil dólares (189,32 milhões de euros) para quem conseguisse descobrir quem desenvolveu o Conficker.

A maior fabricante de “software” do mundo tem também uma sistema de limpeza e detecção de vírus gratuito no seu “site” que pode ser instalada pelos utilizadores.

(A imagem está disponível no site da Microsoft, pelo que as legendas estão em inglês)
 

Fonte Inf.- Jornal de Negócios