Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Direcção Clínica nega cegueira definitiva

09.11.09, Planeta Cultural

A Direcção Clínica do Hospital Santa Maria desmentiu, hoje, através de comunicado que a cegueira dos doentes seja definitiva, contrariando o já noticiado na comunicação social.

 

O comunicado refere que “não é possível com rigor, dado o tempo decorrido, estabelecer um prognóstico sólido relativamente à evolução da situação clínica dos doentes”.

Por isso, segundo a Direcção Clinica daquele hospital “não se podem considerar irreversíveis os danos oftalmológicos sofridos por aqueles doentes”

O comunicado garante que a Direcção Clínica “prosseguirá todos os esforços” no sentido de atingir “os melhores resultados que a prática clínica e terapêutica actual possa possibilitar”

A comunicação social avançou hoje que doentes que ficaram cegos com um tratamento oftalmológico em Santa Maria já foram informados pelos médicos de que a cegueira é definitiva e sem qualquer hipótese de recuperação.

O Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN) constituiu no final de Agosto uma comissão de acompanhamento para avaliar os "eventuais danos e respectivo ressarcimento" dos seis doentes que perderam a visão na intervenção oftalmológica ocorrida a 17 de Julho.

Até hoje não houve ainda desenvolvimentos, lamentam os doentes, que apenas foram contactados "logo no início" para recolha dos depoimentos.

O objectivo da comissão era "averiguar os danos causados e depois propor um valor de indemnização", explicou na altura o presidente da comissão, o juiz desembargador Eurico Reis.

Este responsável disse hoje à Lusa que "os trabalhos da comissão ainda estão a decorrer" e que "terminam com a apresentação de uma proposta de acordo entre as partes", lembrando que existe um prazo de seis meses para o processo decorrer.

 

Fonte: Diário de Notícias