Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Benfica vence FC Porto por 2-0

13.01.14, Planeta Cultural

O Benfica recebeu e venceu este domingo, dia 12 de Janeiro, o FC Porto por 2-0, num jogo que contou para a 15. jornada e última da primeira volta da Liga Zon Sagres.

 

Os encarnados que eram favoritos á vitória nas casas de apostas sagram-se assim novamente campeões de inverno e, iniciam a segunda volta do campeonato na liderança com 36 pontos, mais dois que o Sporting (2. classificado) e mais três que o FC Porto (3. classificado).

 

Num encontro que serviu também para homenagear Eusébio, os jogadores encarnados não desiludiram e inauguram o marcador logo à passagem do minuto 13 com um golo de Rodrigo Moreno.

 

Com a equipa comandada por Jorge Jesus a dominar maior parte do encontro, o Benfica chegou ao segundo golo já na segunda parte do encontro na sequência de um canto com um o defesa central argentino Ezequiel Garay a colocar o resultado final em 2-0.

 

Com a equipa azul e branca a ter pouca reacção para inverter o resultado, as coisas pioraram para equipa de Paulo Fonseca, quando Danilo viu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando assim o FC Porto a jogar apenas com 10 unidades.

 

No final do encontro Jorge Jesus mostrou-se muito satisfeito com o resultado e afirmou que a vitória foi merecida.

 

“Não tenho dúvidas nenhumas que o Benfica foi de longe melhor do que o FC Porto. Foi a equipa que criou, para além dos dois golos, as melhores oportunidades”.

 

“O FC Porto não teve uma oportunidade durante os 90 minutos. Teve aos nove minutos uma oportunidade, do Jackson, em fora de jogo. Fizemos o 2-0 num canto e não direi que fomos compensados, mas há uma grande penalidade antes, numa jogada de andebol do Mangala”.

 

O técnico encarnado aproveitou ainda para dizer que esta vitória foi a melhor maneira de homenagear Eusébio.

 

“Foi uma semana complicada, de emoção e sentimento. O Eusébio será sempre a referência máxima do Benfica. Queríamos fazer felizes os adeptos e sócios do Benfica com esta vitória. Mas também queríamos jogar para o Eusébio. Não corremos mais a pensar nessa situação, porque fazemos sempre o melhor. Mas ficamos muito satisfeitos, porque se ele estivesse aqui ficava satisfeito”.

 

Já Paulo Fonseca admitiu que este foi um encontro um pouco confuso e complicado.

 

"Foi um jogo algo confuso, a partida iniciou-se com um grande equilíbrio, as duas equipas com dificuldade na construção de jogo."

 

Referir que poderá consultar várias Promoções de Futebol, aqui