Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tags

Mais tags



Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Carta armadilhada enviada à ministra para a Irlanda do Norte

Terça-feira, 29.10.13

O castelo de Stormont, nos arredores de Belfast, foi hoje evacuado devido à descoberta de uma carta-bomba.

Uma carta armadilhada foi encontrada esta manhã no Castelo de Stormont, sede do Parlamento da Irlanda do Norte, obrigando à evacuação do edifício.

Segundo o "Irish Time", o envelope foi descoberto junto dos escritórios do ministro principal, Peter Robinson, e do adjunto Martin McGuinness, e era dirigido à ministra britânica para a Irlanda do Norte, Theresa Villiers.

Após o alerta de segurança, a polícia deslocou-se ao local para desativar a bomba, que será alvo de um exame forense para determinar o tipo de explosivo aplicado, refere a mesma fonte.

Theresa Villiers encontra-se hoje em Londres para uma reunião com o ex-diplomata norte-americano Richard Haass, sobre o processo de paz na Irlanda do Norte. "Eu condeno largamente os ataques a que temos assistido nos últimos dias. Se os responsáveis por este tipo de atividade criminosa pensam que irão ameaçar qualquer agenda, estão completamente enganados", declarou Theresa Villiers aos jornalistas.

Já Peter Robinson disse que os terroristas "não têm nada para oferecer, além da miséria."

Entretanto, o ministro da Justiça David Ford também lamenta o episódio e acusa os bombistas de colocarem em risco a vida de funcionários do Parlamento e dos Correios. "Os Correios têm sido bastante ativos no reforçar das medidas de segurança para detetar pacotes suspeitos e proteger os nossos cidadãos", garante.

Ontem, a polícia da Irlanda do Norte detetou um envelope armadilhado no edifício do Ministério Público da cidade de Derry, enquanto na sexta-feira foram também descobertas duas cartas-bomba enviadas a dois comandantes da corporação, entre eles o chefe máximo Matt Baggott.

Um grupo de dissidentes do antigo Exército Repúblicano Irlandês já reinvidicou estes atos.

Na altura, Theresa Villiers já tinha condenado o terrorismo, classificando estes atos de "irresponsáveis" e sublinhando que se opõem ao processo de paz na região.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:57

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

 


subscrever feeds


Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural