Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

S&P500 sobe e aproxima-se do maior ganho anual desde 2003

22.10.13, Planeta Cultural
As bolsas dos EUA fecharam em alta, animadas pela especulação em torno da manutenção dos estímulos económicos por parte da Reserva Federal (Fed). O S&P500 está prestes a registar o maior ganho anual da última década.
.

O Dow Jones subiu 0,49% para 15.467,66 pontos, o Nasdaq avançou 0,24% para 3.929,566 pontos. O S&P500 cresceu 0,6% para 1.754,67 pontos, elevando para 23% o ganho desde o início do ano. O índice está próximo de registar a maior subida anual desde 2003. Para que tal se confirme o índice tem de tocar nos 1.761 pontos e registar um avanço superior aos 23,5% verificados em 2009. Superando estas fasquias, o S&P500 registará o melhor ano da última década.

 

A contribuir para a subida da sessão desta terça-feira esteve um dado económico que desapontou os investidores. Com os números da criação de postos de trabalho a ficarem aquém do esperado, os investidores viraram o ângulo da análise e centraram-se na especulação de que, com indicadores económicos pouco robustos, a Fed terá de manter os estímulos à economia. Desta forma, os investidores esperam que a autoridade liderada por Ben Bernanke mantenha o programa de compra de dívida nos 85 mil milhões de dólares.

 

Até porque o impacto da paralisação parcial do governo federal, no âmbito do impasse das negociações em torno do aumento do tecto máximo de dívida, ainda não é conhecido.

 

Em destaque estiveram as acções da Whirpool, ao subirem 12% pata 146,14 dólares, depois de a empresa ter revisto em alta as suas previsões para os lucros deste ano de 10 dólares por acções para 10,10 dólares.

 

A Freeport-McMoran também se destacou, ao subir 3,7% para 36,34 dólares, depois de ter reportado um lucro trimestral que superou as estimativas dos analistas.

 

Do lado oposto esteve a Apple, ao perder 0,40% para 519,45 dólares, depois de terem chegado a subir mais de 1% e tocado no valor mais elevado desde Janeiro, ao negociarem nos 528,45 dólares. Contudo, o evento que hoje foi agendado pela tecnológica gerou uma onda de especulação em torno do lançamento de televisões, o que acabou por não acontecer, defraudando assim as expectativas dos investidores.

 

 


Para visitar a fonte da informação clique aqui