Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Lei contra homossexuais gera apelo a boicote aos Jogos de Inverno

Sábado, 17.08.13

O actor britânico Stephen Fry pediu ao Comité Olímpico Internacional (COI) que retire a organização dos Jogos de Inverno à Rússia, em protesto contra a aprovação de leis que condenam a “propaganda da sexualidade não-tradicional”. Numa carta aberta ao COI e ao primeiro-ministro do Reino Unido, Stephen Fry compara a Rússia de Putin à Alemanha de Hitler.

 

“Escrevo com a sincera esperança de que todos os que amam o desporto e o espírito olímpico reflictam sobre a mancha que caiu sobre os cinco anéis nos Jogos de Berlim de 1936, que se realizaram sob a égide de um tirano que tinha aprovado uma lei, dois anos antes, que levou à perseguição de uma minoria cujo único crime foi o acaso do seu nascimento”, começa a carta escrita por Stephen Fry, publicada no Tumblr.

 

Depois da perseguição e extermínio de judeus na Alemanha nazi, nas décadas de 1930 e 1940, o actor considera que a Rússia de Vladimir Putin ameaça tornar-se num caso semelhante, desta vez em relação aos homossexuais. “Putin está assustadoramente a repetir este crime demente com russos LGBT [sigla para lésbica, gay, bissexual e trangénero]. Espancamentos, assassinatos e humilhações são ignorados pela polícia. Qualquer defesa ou discussão sensata sobre homossexualidade é contrária à lei”, denuncia o actor e comediante. Por isso, “o COI tem a obrigação de assumir uma posição firme em nome da partilha humanitária, que é suposto representar, contra a lei fascista e bárbara que Putin fez aprovar através da Duma [a câmara baixa do Parlamento russo]”, defende.

 

 

O apelo do popular actor britânico dirige-se ao Comité Olímpico Internacional, na pessoa do seu presidente, o belga Jacques Rogge: “Peço-vos que resistam às pressões do pragmatismo, ao dinheiro, à cobardia dos diplomatas, e que marquem uma posição de forma resoluta e orgulhosa pela humanidade em todo o mundo, tal como o vosso movimento se comprometeu a fazer. Agitem a vossa bandeira olímpica com orgulho, ao mesmo tempo que nós, homens e mulheres gay, agitamos a nossa bandeira do arco-íris com orgulho. Sejam suficientemente corajosos para estarem à altura dos juramentos e dos protocolos do vosso movimento.”

 

Na mesma carta, Stephen Fry deixa de lado as diferenças partidárias em relação ao primeiro-ministro britânico, David Cameron, e sublinha o que os une: “Como líder de um partido ao qual me tenho oposto quase toda a minha vida, você revelou um compromisso determinado, apaixonado e claramente honesto com os direitos LGBT e ajudou a passar o casamento gay por ambas as câmaras do nosso Parlamento, face à veemente oposição de muitas pessoas no seu próprio partido. Irei admirá-lo para sempre por isso, independentemente de outras diferenças que existam entre nós. Em última análise, acredito que você sabe distinguir o que é certo e o que é errado. Por favor, aja de acordo com esse instinto neste caso.”

 

Em conclusão, Stephen Fry defende que “é essencial que os Jogos Olímpicos de Inverno na Rússia sejam proibidos. Realizem-nos em outro sítio qualquer, no Utah [Estados Unidos], em Lillehammer [Noruega], onde quiserem. É preciso evitar a qualquer custo que Putin seja visto a receber a aprovação do mundo civilizado”. A próxima edição dos Jogos Olímpicos de Inverno está marcada para Fevereiro de 2014, na cidade russa de Sochi.

Em 1980, o então Presidente dos Estados Unidos, Jimmy Carter, decertou um boicote aos Jogos Olímpicos de Moscovo, em protesto contra a invasão do Afeganistão pelas tropas soviéticas. Quatro anos depois, o Governo de Konstantin Chernenko decidiu boicotar os Jogos Olímpicos de Los Angeles, alegando receios pela segurança dos seus atletas.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:30


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural