Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Regras 'desconhecidas' do Código da Estrada a ter em conta

Sábado, 03.08.13

Sabia que o semáforo amarelo obriga a parar? E que tem de guardar pelo menos 1,5 metros de distância em relação a uma bicicleta para a ultrapassar? Mas há mais...

 

Agora que foram aprovadas, no Parlamento, alterações ao Código da Estrada,  mostramos-lhe algumas das mais ignoradas normas."Há inúmeros acidentes por as  pessoas julgarem que têm prioridade numa 'estrada principal'. Só que isso não  existe", ilustra Ricardo Vieira, responsável pelo centro de exames da Associação  Portuguesa de Escolas de Condução. Mas este é só um exemplo.

 

1. Rotundas:

 

 

A lei obriga o condutor a colocar-se na via mais conveniente à saída que  pretende (ou seja, se quiser sair na terceira, só deve passar para a faixa mais  à direita imediatamente depois da segunda saída); quem contorna as rotundas por  fora está a desrespeitar o Código da Estrada.

 

2. Triângulos na estrada:

Há muitos anos que acabaram as regras diferentes para os triângulos  nos entroncamentos; seja triangular, redondo ou oval, a regra é sempre a mesma:  contorna-se o obstáculo pela direita.

 

3. Atirar lixo pela janela:

Lançar do carro beatas de cigarros ou um simples papel pode resultar em  coimas entre 60 e 300 euros.

 

4. Luz amarela:

Nos semáforos, a luz amarela que precede a vermelha obriga a parar; o  condutor só pode passar se a paragem brusca criar uma situação de insegurança  (se o carro de trás vier demasiado depressa).

 

5. Prioridade:

Não existe qualquer regra que dê prioridade a eventuais "vias principais"; se  não houver um sinal a indicar o contrário, a lei dá prioridade a quem surja da  direita mesmo que venha de uma via aparentemente secundária.

 

 6. Autoestradas:

 

Quando há três faixas no mesmo sentido, a da direita não é para camiões, como  muitos julgam; os automóveis só podem ir para a faixa do meio (ou da esquerda)  no momento da ultrapassagem. 

 

AMIGOS DAS BICICLETAS
 

Novas regras introduzidas para beneficiar quem pedala nas  estradas.

 

1.  Prioridade:

Quando entrarem em vigor as novas normas, as bicicletas passarão a ser  equiparadas a veículos com motor na regra da prioridade, com os mesmos direitos  dos carros nas rotundas e nos cruzamentos.

 

2. Lado a lado:

Deixa de ser proibido duas bicicletas circularem ao lado uma da outra; além  disso, já não serão obrigadas a encostarem-se o mais possível à direita.

 

3. Distância de segurança:

Ao ultrapassarem uma bicicleta, os automóveis terão de reduzir a sua  velocidade e passar a 1,5 metros de distância, pelo menos.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 12:25

2 comentários

De melo a 03.12.2013 às 08:39

o desenho da circulação na rotunda esta errado,o condutor quando vai sair da rotunda,não pode ter nenhuma faixa de circulação a sua direita como no esquema acima apresentado. o correcto seria após a ultima saída encostar a sua direita e assim estaria na faixa correcta, o que é apresentado seria considerado "cortar" a rotunda como muitos condutores fazem atualmente, o que constitui uma contraordenaçao.

De melo a 03.12.2013 às 08:42

o esquema avermelho indicado como incorrecto,esta na realidade correcto,verifiquem os manuais emitidos pelo imtt para as escolas de condução.

Comentar post



Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural