Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Não há acordo entre PS, PSD e CDS

Sexta-feira, 19.07.13
António José Seguro revelou esta sexta-feira que o "PSD e o CDS/PP inviabilizaram um compromisso de salvação nacional". Numa declaração ao País, após ter estado reunido com Cavaco Silva em Belém, o líder socialista garantiu que o PS "fez tudo o que devia" durante as negociações.
 

O secretário-geral do PS revelou esta sexta-feira que o "PSD e o CDS/PP inviabilizaram um compromisso de salvação nacional".

 

Após oito reuniões, em seis dias de negociações entre os três partidos, António José Seguro apontou na sua declaração ao país todas as propostas defendidas esta semana pelo Partido Socialista, sublinhando que “durante esta semana fizemos tudo o que devíamos”. “Estivemos a lutar por soluções realistas para os graves problemas dos portugueses, das empresas e das famílias”, asseverou.

 

“Mesmo assim, o PSD e o CDS inviabilizaram um compromisso de salvação nacional”, disse Seguro, sublinhando que não há acordo.

 

“O actual governo ignorou sistematicamente o PS, mas mesmo assim o PS disse ‘sim’ ao senhor Presidente da República. Eu próprio, como líder do PS, impus-me ao silêncio e cancelei toda a actividade pública. Infelizmente nem todos assim o fizeram”, criticou.

 

“Durante esta semana batemo-nos para que não houvesse mais despedimentos e cortes salariais na função pública. (…) Durante esta semana batemo-nos para que o governo parasse com as políticas de austeridade, e em particular para que não aplicasse os cortes de 4,7 mil milhões de euros. (…) Trabalhámos para a diminuição do IVA da restauração de 23% para 13%. (…) Batemo-nos contra a privatização da TAP, da Águas de Portugal, da RTP e da CGD”, referiu. “Durante esta semana, trabalhámos pelo equilíbrio e sustentabilidade da despesa pública, (…) pela renegociação das maturidades dos empréstimos concedidos. (…) Durante esta semana, lutámos pelo apoio ao investimento público e privado”, exemplificou ainda.

 

“Que fique claro para todos os portugueses o que cada um defendeu”, declarou o líder do PS depois de elencar tudo o que o partido defendeu neste diálogo interpartidário. “A nossa posição está pública no site do PS”, disse ainda.

 

“Alguns olham para as limitações do país e resignam-se. Eu olho para as potencialidades dos portugueses e quero aproveitá-las. Bem hajam”, concluiu Seguro.

 

Já depois da declaração, nas respostas aos jornalistas, Seguro salientou que considera que “durante esta semana, houve conversações que mostraram que nalgumas propostas é possível haver convergência”. “É o resultado positivo desta semana. O PS, ao ter conseguido essa convergência, não deixará de a aproveitar para colocar essas propostas ao serviço dos portugueses”, afirmou.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:54


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural