Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Vaticano concede 'perdão' a quem seguir o Papa no Twitter

Quarta-feira, 17.07.13

A Igreja Católica vai conceder indulgências a quem seguir o Papa Francisco na rede social Twitter, noticiam hoje vários órgãos de comunicação internacionais citando fontes oficiais do Vaticano.

 

Numa tentativa de juntar as práticas antigas com os hábitos da modernidade, a Igreja Católica vai permitir que os seguidores do Papa Francisco na rede social Twitter possam beneficiar de indulgências, uma espécie de perdão papal que dantes apenas era concedido pessoalmente, mas que agora pode ser obtido através da internet, embora seja precisa uma dose de 'fé à moda antiga'.

 

"Não se pode obter indulgências como quem vai beber um café", avisa o arcebispo Claudio Maria Celli, chefe do concelho pontífice para a comunicação social, em declarações ao jornal italiano Corriere della Sera.

 

As indulgências, nos tempos antigos, eram usadas para reduzir o tempo que os mortos passavam no purgatório antes de o seu destino eterno ser decidido, mas foram alvo de críticas devido às autênticas 'compras de tempo' que eram feitas na Idade Média, com pouca ou nenhuma ligação à fé católica.

 

Hoje em dia, as indulgências são concedidas a quem realize certas tarefas, como subir os Sagrados Degraus, em Roma, o que vale menos sete anos no Purgatório, de acordo com a crença católica, mas vão ser também concedidas no âmbito da Jornada Mundial da Juventude.

 

 

Consciente de que nem todos os jovens fiéis têm dinheiro para ir até ao Rio de Janeiro, o departamento do Vaticano encarregue de analisar o perdão dos pecados estendeu o privilégio a quem siga "os ritos, pios e exercícios" católicos na televisão, na rádio e através das redes sociais.

 

"Isso inclui o Twitter", disse uma fonte desse departamento, citada pelo jornal britânico Guardian, referindo-se à conta do Papa Francisco, que tem sete milhões de seguidores, esclarecendo: "Mas a pessoa tem de estar a seguir os eventos ao vivo, não é como se recebesse uma indulgência por estar à conversa na internet".

 

Para além das indulgências concedidas através de redes sociais, o Vaticano tem-se esforçados por modernizar a sua comunicação, tendo um portal de notícias online, uma página no Facebook e planeia usar o site de 'social networking' Pinterest.

 

"O que realmente interessa é que os tweets [pequenas frases publicadas em tempo real] que o papa envia do Brasil ou as fotografias que as Jornadas Mundiais da Juventude que aparecem no Pininterest produzam autênticos frutos espirituais nos corações de toda a gente", conclui o arcebispo Celli.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:03


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural