Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Morreu o ator Kyle Jean-Baptiste

30.08.15 | Planeta Cultural

ator Kyle Jean-Baptiste.jpg

O ator norte-americano Kyle Jean-Baptiste, de 21 anos, morreu esta sexta-feira, dia 28, na sequência de uma queda. De acordo com o portal Hollywood Reporter, o ator caiu da escada de incêndio em casa da mãe.
Kyle Jean-Baptiste tornou-se conhecido por ser o mais jovem ator e o primeiro afro-americano a vestir a pele de Jean Valjean no espetáculo Os Miseráveis, do francês Victor Hugo, na Broadway. “Toda a família OS MISERÁVEIS está em choque e devastada com a súbita e trágica morte de Kyle, um incrível talento jovem e uma pessoa fantástica que fez magia – e história – na sua estreia na Broadway. Enviamos as nossas condolências à sua família e pedimos que respeitem a sua privacidade neste momento extremamente difícil”, pode ler-se no comunicado pela produção do espetáculo.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Movimento quer que Mutilação Genital Feminina volte a ser permitida na Guiné-Bissau

30.08.15 | Planeta Cultural

Um álbum de fotografias está em cima da mesa e não se deve abrir. "Essas imagens impressionam e já puseram muitas 'fanatecas' a chorar", conta Fatumata Baldé.

 

As "fanatecas" são as mulheres que fazem a excisão a outras mulheres. O álbum mostra os ferimentos e malformações que surgem mais tarde às que foram sujeitas à Mutilação Genital Feminina (MGF) e aos seus filhos.

 

Quando ainda alguém tem dúvidas sobre os males provocados pela MGF, "logo desaparecem ao ver estas fotografias", descreve.

 

Fatumata lidera o Comité Nacional para o Abandono das Práticas Nefastas na Guiné-Bissau que tem levado "fanatecas" de todo o país a abandonar a atividade.

 

A Assembleia Nacional Popular (ANP) guineense aprovou em 2011 uma lei que proíbe a excisão, mas agora há um movimento liderado por um punhado de homens que quer abolir essa legislação.

 

Para o efeito, este grupo já entregou um abaixo-assinado no parlamento, em que dizem reunir 12 mil subscritores que querem que a MGF volte a ser uma prática livre.

 

Porquê? Iaia Rachido, 64 anos, acredita que a excisão "não faz mal a ninguém". E se lhe pedissem para cortar nele próprio? Diz que "não", que não deixava. "Mas nas mulheres também não se corta tudo: cortam um pouco, como o profeta ensinou".

 

Para este homem, que dirige uma mesquita em Bissau e é filho de um "sábio" muçulmano, a mutilação é um corte com medida divina -- e quando confrontado com ferimentos, casos de morte provocada pela excisão ou com a interpretação do Corão (livro sagrado muçulmano) livre do corte, diz que tudo isso "não corresponde à realidade".

 

Desvaloriza também as cartas e convenções internacionais (das Nações Unidas e suas agências, como a Organização Mundial de Saúde, entre outras entidades) que condenam a prática.

 

 

Cão do barrocal algarvio quer ser reconhecido como raça portuguesa

30.08.15 | Planeta Cultural

Caõ_do_Barocal.jpg

 Há pouco mais de 10 anos existiam pouco mais de 20 exemplares do cão do barrocal algarvio, espécie que correu sérios riscos de extinção. Agora, existem cerca de 1500 e a raça está próximo de ser reconhecida como raça portuguesa.

Nesse sentido, este sábado, em Faro, realizou-se o primeiro concurso oficial, que contou com a colaboração do Clube Português de Canicultura (CPC).

«Estava em vias de desaparecer e tentámos recuperá-lo e corrigir alguns cruzamentos», lembra José Afonso, vice-presidente da Associação dos Criadores do Cão do Barrocal Algarvio, que, com Rogério Teixeira, o presidente, dinamizaram a associação:

«Há cerca de 15 anos investigámos o cão e com alguns criadores decidimos avançar.»

«No início houve quem colocasse algumas reticências, mas continuamos a fazer o nosso trabalho, porque o cão era diferente de todos os outros», complementa Rogério Teixeira.

«Fizemos um reconhecimento pela região, e comprámos exemplares, começando a criação. Chegámos depois ao CPC, que nos apoiou, nomeadamente com a oferta de chips. Já está reconhecido provisoriamente como cão de raça portuguesa, esperamos que o seja em definitivo, em 2016», acrescentou.

Carla Molinari, presidente do Clube Português de Canicultura, apoia:

«Temos observado esta raça nos últimos anos e tem um núcleo de cães bastante definido. Embora ainda não esteja oficializado, já elaboramos o estalão da raça, e estamos aqui para vermos a homogeneidade do núcleo.»

Em fisionomia, o cão do barrocal algarvio é parecido com o podengo, mas é bastante diferente no comportamento.

«Há quem o confunda, mas não têm o mesmo ADN. A maneira de caçar é diferente», vincou José Afonso.

 

Intel cria novo formato de PC compacto que permite trocar de processador

28.08.15 | Planeta Cultural

A Intel criou um novo formato de computador compacto que tem a vantagem de poder trocar de processador. O 5×5 oferece um soquete LGA de tamanho normal, que aceita diferentes tipos de processadores Intel. A placa poderá calçar desde as CPUs mais simples da linha Celeron e Pentium aos processadores Core i7.

 

A novidade foi revelada pela Intel durante sua conferência para desenvolvedores, a IDF (fórum para desenvoldores da Intel) 2015.

intel-5x5-placa.jpg 

A Intel não especificou o formato de pinos do soquete LGA presente na placa, o que impede determinar exatamente que processadores ela poderia usar, mas com um perfil de dissipação de energia na faixa entre os 35 e 65 watts, é possível deduzir que a placa foi desenhada para usar versões domésticas dos chips da Intel.

 

O novo formato da Intel é o que de menor existe em termos de placa-mãe com soquete para processador, com área 29% menor do que a encontrada numa placa mini-ITX, até então o menor formato possível para quem procurava uma placa minúscula com opção de trocas futuras de processador (placas mini-ITX medem 6,7 x 6,7 polegadas). A 5×5 tem interface M.2, usada principalmente em SSDs de notebooks, e dois slots para memória RAM.

 

A placa tem porta Ethernet, slot para placa wireless, duas portas USB 3.0 e duas saídas HDMI. A ausência de barramentos PCIe significam que será impossível ligar uma placa de vídeo dedicada ao 5×5, restringindo seu uso a situações que não dependam tanto de processamento gráfico.

 

 

 

Novo teclado da LG para tablets é o primeiro 'enrolável' do mundo

28.08.15 | Planeta Cultural

A LG acaba de anunciar sua nova aposta: o primeiro teclado sólido sem fio “enrolável” e portátil do mundo, que será apresentado durante a feira IFA 2015, em Berlim. O modelo foi desenvolvido especialmente para tablets e smartphones e, quando fechado, lembra a bateria de um notebook.

 

Ao contrário de outros teclados existentes no mercado, LG Rolly Keyboard dobra-se ao longo de quatro linhas, se transformando em um dispositivo fácil de transportar, já que cabe em qualquer bolsa, maleta e até mesmo bolso.

Teclado.jpg

 

O LG Rolly Keyboard possui teclas sólidas, dando ao usuário uma digitação mais firma, como a de notebooks e desktops, e não as teclas de silicone geralmente usadas nos teclados sem fio. Além disso, há dois braços desdobráveis para fixar o tablet em posição vertical, e também conta com uma função de auto-emparelhamento para conectar dois dispositivos diferentes ao mesmo tempo via Bluetooth 3.0. O LG Rolly Keyboard é alimentado por uma bateria AAA e garante cerca de três meses de uso médio sem precisar trocá-la.

 

 

 

Rússia prepara avião para o “juízo final”

28.08.15 | Planeta Cultural

aviao russo.jpg

  A Força Aérea da Rússia possui quatro Ilyushin Il-80 de controle avançado (Foto – Max Bryansky)

 

A Rússia está se armando até os dentes. Para quê, no entanto, ninguém ainda sabe ao certo. A preocupação dos russos é tanta que o país decidiu desenvolver uma nova aeronave de controle aéreo avançado, que seria utilizada no caso de toda infraestrutura em solo ser destruída por uma guerra nuclear.

 

A nova aeronave russa de controle avançado será desenvolvida pela empresa estatal Poliot e será a terceira geração desse tipo de aparelho desenvolvido no país. O fornecedor, porém, ainda não revelou detalhes sobre o projeto, que será iniciado em 2016. A única pista revelada foi que o avião vai melhorar sua capacidade de sobrevivência, o que deve incluir maior tempo de voo e novos equipamentos de comunicação.

 

Os novos aparelhos devem substituir os quatro Ilyushin Il-80 da Força Aérea da Rússia que atualmente são empregados nessa função, embora nunca tenha acontecido o conflito para o qual foram concebidos.

 

Nos Estados Unidos, essas aeronaves são chamados de “aviões do juízo final”. Sem uma base em solo segura após um conflito de grandes proporções, o avião poderia ser convertido em base política ou militar, enviando comandos para tropas na superfície.

 

O avião do juízo final dos EUA é o Boeing E-4B Nightwatch, uma versão militar do 747 com uma série de sensores e equipamentos de comunicação via satélite. O modelo americano pode permanecer no ar por uma semana ao ser reabastecido em voo.

 

Além disso, a aeronave de controle aéreo norte-americana tem proteções especiais para lidar com os efeitos de uma explosão nuclear.

aviao americano.jpg

 O Boeing E-4B Nightwatch é o avião do “juízo final” dos EUA (USAF)

 

 

 

 

Seu cérebro trabalha muito mais em repouso do que você imagina

28.08.15 | Planeta Cultural

A atividade realizada pelo cérebro enquanto se está descansando é bem mais ampla do que se imaginava, segundo um estudo alemão publicado recentemente na revista Science Advances. O chamado estado de "barulho de fundo", que é quando o cérebro está em uma espécie de "stand by", ajuda a manter as conexões dos neurônios, segundo o estudo.

 

Esse "barulho de fundo" é uma das atividades neurológicas mais interessantes do cérebro, pois não resulta diretamente de estímulos sensoriais ou da coordenação de movimentos, ou seja, é uma atividade que não tem ligação com variáveis externas. "É algo parecido com o que acontece quando nos desconectamos do mundo e sonhamos acordados", afirma Iain Stitt, que liderou o estudo no Centro Médico Universitário de Hamburgo-Eppendorf, na Alemanha.

 

Os pesquisadores observaram o cérebro em repouso e captaram atividades neurais durante esse estado. Até aí, não há novidades. Por muito tempo já se sabia que o cérebro tinha atividade neural mesmo em repouso, mas pensava-se que essa ação era produto de flutuações randômicas nas redes de neurônios. No entanto, esta nova pesquisa leva a crer que o cérebro realiza uma organização de grande escala em suas redes durante este estado para prever ações futuras.

 

É como se ele "estudasse para a prova" durante o sono. Ele relembra as ações do dia e consegue criar padrões para ações futuras. "É uma forma de fortalecer as conexões entre os neurônios que codificam traços de comportamento para que possam ser repetidos no futuro", diz Stitt.

 

Outra conclusão do estudo é que, essa atividade dos neurônios durante o "barulho de fundo" do cérebro acontece não só no córtex (como se imaginava), como também em outra estrutura do cérebro chamada de colículo superior do mesencéfalo.

 

Em vez de usar a ressonância magnética para medir a ação dos neurônios, os cientistas usaram técnicas de eletrofisiologia, como colocar eletrodos diretamente no tecido cerebral – no caso, no de furões (seguindo a Lei de Proteção de Animais da Alemanha). O estudo foi realizado em animais anestesiados, cujo estado do cérebro é muito parecido ao do sono profundo.

 

 

 

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural

Pág. 1/6