Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

BCP vende gestão de activos e cumpre mais uma imposição de Bruxelas

07.10.14, Planeta Cultural

O BCP chegou a acordo com o grupo espanhol CIMD para a venda da totalidade da Millennium Gestão de Activos por 15,75 milhões de euros. Com esta operação, o banco liderado por Nuno Amado dá "mais um passo, antes do prazo estipulado, no cumprimento do acordo assinado com a Direcção Geral da Concorrência da Comissão Europeia e as autoridades portuguesas relativamente ao plano de reestruturação do BCP, em linha com o seu plano estratégico", informou a instituição em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, esta terça-feira, 7 de Outubro.

 

Em cumprimento com as imposições de Bruxelas, "na sequência desta transacção, o BCP passará a adoptar plenamente um modelo de distribuição de fundos de investimento domésticos e internacionais em arquitectura aberta, de que resultará um alargamento considerável da oferta de produtos de investimento, seleccionados com base em critérios objectivos de performance e de qualidade da gestão", refere o mesmo documento.

 

Em termos de solidez, a venda da Millennium Gestão de activos tem um impacto marginal. "A operação, sujeita à aprovação das entidades de supervisão, tem um impacto positivo estimado nos rácios de capital consolidado do BCP, ou seja um aumento no rácio ‘common equity tier’ 1 de 3 pontos base de acordo com os critérios ‘phased-in’ e 4 pontos base em base ‘fully implemented’", esclarece o comunicado.

 

Com a compra da Millennium Gestão de Activos, o Grupo CIMD "passará a ser o segundo maior grupo independente da Península Ibérica, com cerca de 2 mil milhões de euros sob gestão em fundos de investimento e gestão de carteiras e mais de 82 mil milhões de euros em fundos de titularização", esclarece o BCP em comunicado.

 

Num outro documento, da parte do Grupo CIMD, o administrador delegado Iñigo Trincado afirmou aque a aquisição da Millennium Gestão de activos reflecte a "confiança no potencial do mercado português e nas perspectivas de crescimento da indústria".

 

Emanuel Silva, vice-presidente da Intermoney Valores e ainda responsável pelo grupo em Portugal fala no objectivo de construir "uma das maiores plataformas de gestão de activos a nível Ibérico".

 

A transacção, que como sublinham os comunicados ainda necessita de aprovação das autoridades, deverá ficar concluída até ao final do primeiro trimestre de 2015.

 

 

In' Jornal de Negócios