Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Tomates roxos podem tratar cancro e outras doenças

27.01.14, Planeta Cultural

  

Esta fruta de cor púrpura, cuja produção aconteceu numa estufa em Ontário, no Canadá, onde a legislação em relação aos transgénicos é menos apertada do que na Europa, provou já ter efeitos anti-inflamatórios em testes realizados em laboratório, tendo também conseguido atrasar o desenvolvimento do cancro em ratinhos.  
 
De acordo com informações adiantadas à imprensa internacional pelo John Innes Centre, instituição responsável pela produção, estes tomates, enriquecidos com anticioninas, composto normalmente presente nos mirtilos, amoras e outras frutas silvestres que lhes dá a tonalidade roxa, foram concebidos para serem superiores aos comuns, tendo também um tempo de vida mais longo (o que permite "apurar" o seu sabor).  
"Queremos explorar uma forma de os consumidores beneficiarem das nossas descobertas, visto que sabemos que existe uma procura cada vez maior de vantagens ao nível da saúde", explica Cathie Martin, investigadora daquela instituição britânica.   
Os primeiros 1.200 litros de sumo de tomate roxo vão ser enviados para Norwich, em Inglaterra, nas próximas duas semanas, e farão parte de um ensaío clínico com pacientes reais. Entretanto, os investigadores vão continuar a trabalhar no sentido de obter autorização para a sua comercialização, que poderá começar, na América do Norte, dentro de apenas dois anos.  
Segundo a equipa de Martin, os tomates (escolhidos por serem a fruta mais consumida no mundo, explicaram os cientistas) e o sumo serão utilizados para estudar o efeito de uma dieta rica em antocianinas no combate ao cancro, às doenças cardiovasculares e a outras doenças crónicas.   
Atualmente, outras variedades, ricas em compostos como o resveratol, presente no vinho tinto, estão a ser já usadas no desenvolvimento de produtos para cuidados da pele.   
A investigação está a ser financiada pela União Europeia e através do fundo estratégico para biotecnologia e biocências do John Innes Centre.
Para visitar a fonte da informação clique aqui

A história do filme «Mary Poppins» chega agora aos cinemas

27.01.14, Planeta Cultural

«Ao Encontro de Mr. Banks» recorda as dificuldades na adaptação dos livros de P.L. Travers num filme protagonizado por Emma Thompson e Tom Hanks

 

Já lá vão 50 anos desde que «Mary Poppins» cantou e encantou no cinema, ao ponto de se tornar fenomenal. O filme não só foi um enorme sucesso em 1964, o ano da estreia, como acabou por ganhar cinco Óscares no ano seguinte, incluindo Melhor Atriz Principal com Julie Andrews.

O que ficou por contar na altura é que a adaptação dos livros de «Mary Poppins» foi tudo menos fácil por causa das muitas dúvidas da autora, P.L. Travers, sobre a proposta de Walt Disney.

E é precisamente essa história que se conta agora também no cinema em «Ao Encontro de Mr. Banks». É uma das estreias desta quinta-feira, 30 de janeiro, que o Cinebox antecipa.

 

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Tecnologia portuguesa finalista de prémio internacional

27.01.14, Planeta Cultural

Um projeto português está entre os finalistas dos InAVation Awards 2014. Pelo nome, Elevador Axe Apollo, o mesmo consiste numa recriação do 'space shuttle' no elevador do parque de estacionamento do Largo Camões, em Lisboa, e é um dos 4 nomeados pela InAVate, uma revista britânica especializada em tecnologia audiovisual e multimédia profissional.   

 

Com esta nomeação, a empresa portuguesa EDIGMA, responsável pelo projeto e especializada no desenvolvimento de hardware, software e sistemas interativos baseados no reconhecimento multitoque e gestos, consegue estar entre os finalistas dos InAVation Awards pela 10ª vez nos últimos quatro anos.  
Em comunicado, a mesma conta ter transformado um elevador normal num Space Shuttle através de "tecnologia hiper-realista de vídeo 3D e efeitos sonoros imersivos, capazes de criar uma experiência vertiginosa, a que ninguém ficou indiferente".  
O resultado foi um equipamento agora nomeado para a categoria de melhor evento ao vivo juntamente com três projetos da República Checa, Rússia e Reino Unido.   
"Apesar de ter grandes concorrentes - como 'Roger Waters - The Wall Live Tour' ou 'Moscow International Innovation Fórum de Desenvolvimento' -, acreditamos que o AXE Apollo elevador tem sofisticação criativa e tecnológica mais do que suficiente para trazer o prémio para Portugal", acrescenta a empresa bracarense.  
Os vencedores dos prémios InAVation 2014 vão ser anunciados no próximo dia 5 de Fevereiro, em Amesterdão.
Para visitar a fonte da informação clique aqui

CNN: Lisboa é a cidade mais 'cool' da Europa

27.01.14, Planeta Cultural

No passado domingo, a CNN apresentou ao mundo as sete razões que tornam Lisboa a cidade mais 'cool' da Europa. Num artigo onde são tecidos inúmeros elogios à capital portuguesa, a jornalista Fiona Dunlop destaca a noite, a gastronomia, as praias, os castelos, o design, a arquitetura e a arte que se podem encontrar por aqui.

 

"Se aquilo que procura é uma cidade carregada de uma excelente atmosfera, charme, boa comida e vida noturna, então considere Lisboa como uma das melhores opções, apesar de ser ainda desconhecida por muitos", introduz a autora.

 

E razões para isso, segundo a jornalista, não faltam, começando pela oferta de vida noturna que se pode encontrar na capital portuguesa. "Se pensam que em Madrid se sai até tarde, experimentem uma noite em Lisboa", desafia Fiona Dunlop. "Esta não é uma cidade de clubes, bares e discotecas no seu conceito puro. É sim uma cidade com uma noite itinerante, de porta em porta, que termina, muito provavelmente, quando a madrugada nasce sobre o rio Tejo", acrescenta.

 

Os principais centros de ação são o Bairro Alto, "onde mais de 250 atraentes bares se alinham numa teia de ruas e entre paredes rabiscadas de grafite", e a frente ribeirinha junto ao Cais do Sodré.

 

Uma outra razão que faz da capital a mais 'cool' da Europa é a variedade gastronómica, que, ao contrário do que muitos pensam, não se fica pelo bacalhau. Destaque para a tradição do marisco, cuja tendência é chegar à mesa de forma cada vez mais moderna e sofisticada, as típicas rulotes de "saborosas" bifanas que se podem encontrar espalhadas pela cidade,  bem como para os famosos pastéis de nata.

 

Além disso, "Lisboa é um sítio para se inalar o aroma do Atlântico salgado, ao mesmo tempo que se sente o sol na pele e se ouve o ribombar das ondas", numa das muitas praias próximas da cidade. Sugestão ainda para a vila de Cascais, onde é possível apreciar o melhor do peixe fresco grelhado, os golfinhos no Tejo, e Sintra, localizada "entre exuberantes colinas arborizadas, salpicadas de palácios e extravagantes mansões que resumem séculos de opulência aristocrática".

 

Destaque ainda para a ironia do povo português, com Fiona Dunlop a referir que o mesmo podia passar a vida a gabar-se dos seus feitos (o ter sido o primeiro império do mundo, o ter os melhores pastéis de nata de sempre), mas prefere antes usar a ironia quando o assunto lhe diz respeito.

Entre as últimas razões que tornam Lisboa um destino de visita obrigatória é o "design fabuloso", presente "para onde quer que olhemos": na roupa e acessórios feitos a partir do couro, na decoração de interiores 'vintage', na "espetacular" arquitetura, etc. "Esta é uma cidade que gosta de ser bonita", conclui a jornalista.

 

Referência ainda às grande arte que é possível encontrar nas exposições espalhadas pela capital, em locais como o Mude (Museu da Moda e do Design), a Gulbenkian, o Museu Berardo, o Museu da Arte Antiga ou o Museu do Oriente.

 

Para terminar, como último motivo para visitar Lisboa, Fiona fala das suas "fascinantes ruas", que fazem com que "ninguém se aborreça a passear pela capital", graças à impressionante calçada portuguesa, aos azulejos e demais pormenores que tornam o exterior da cidade tão atrativo aos olhos daqueles que por ali passam.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Eduardo Barroso: «São sempre os mesmos que tiram vantagem do sistema»

27.01.14, Planeta Cultural

O antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting 'atirou-se' ao FC Porto e abordou de forma dura as incidências da última jornada da fase de grupos da Taça da Liga.

«Foi uma 'chico-espertice' do FC Porto numa competição que, afinal, interessa. Foi uma atitude anti-desportiva que deve ser punida. Para o Sporting foi uma grande frustração. Deu muito jeito ao FC Porto atrasar o jogo e perceber o que tinha de fazer nos últimos minutos. Isto foi feito com dolo e o FC Porto tem de perder o jogo»', referiu, em declarações prestadas à Renascença.

O conhecido adepto dos leões, apesar de ter pedido a derrota dos azuis e brancos, mostrou-se pouco crente nessa possibilidade, considerando existirem «clubes que acham que podem fazer tudo».

«São sempre os mesmos que tiram vantagem do sistema. É a impunidade total. O que se fez foi ilegal e contra as indicações do legislador (Liga). Mas não haverá coragem de fazer alguma coisa. São 30 anos disto, não se conseguirá mudar de repente», atirou, sempre muito crítico.

 

 

In' zerozero.pt

Ampola com o sangue de João Paulo II é roubada de igreja

27.01.14, Planeta Cultural

 

Uma ampola que continha o sangue do papa João Paulo II e era mantida na igreja de San Pietro della Ienca, em L'Aquila, na região italiana dos Abruzos, foi roubada juntamente com um crucifixo durante a noite, informaram esta segunda-feira fontes policiais.

 

Cerca de 50 agentes estão a participar da operação em busca do relicário e controlam toda a região do pequeno santuário.

 

A igreja fica perto da montanha do Gran Sasso, na cordilheira dos Apeninos, uma região muito querida por João Paulo II que a visitou várias vezes para meditar, passear e até esquiar nos primeiros anos do seu pontificado.

 

O presidente da associação cultural San Pietro della Ienca explicou aos meios de comunicação italianos a importância da relíquia, já que só existem três ampolas com o sangue do papa polaco.

 

Os investigadores não descartam a possibilidade de o roubo ter acontecido para algum rito satânico.

 

Em Agosto de 2012, três ladrões a bordo de um comboio roubaram uma mochila de um padre que continha um relicário em forma de livro onde estava a ampola de sangue de João Paulo II, mas a mochila com a ampola foi encontrada poucas horas depois perto da estação de ferrovia de Marina di Cerveteri, no litoral de Roma.

 

 


Para visitar a fonte da informação clique aqui