Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Illinois: população de lobos volta a números normais 150 anos depois

05.01.14, Planeta Cultural

Há 150 anos, os lobos foram caçados até à extinção no Illinois, Estados Unidos, tendo regressado apenas em 2002, em pequenos números. Agora, de acordo com o Departamento de Recursos Naturais daquele estado, a população terá já números considerados “normais”:

 

O aumento do número de lobos tem uma explicação: a população de lobos da vizinha Wisconsin começou a explorar outros terrenos, levando esta espécie, até então extinta, a recuperar o habitat os seus antepassados.

 

Depois de um primeiro avistamento em 2002, estes tornaram-se normais nos últimos anos. A grande maioria dos lobos veio do Winsconsin, um estado com cerca de 800 animais.

 

Ainda assim, de acordo com Joe Kath, especialista em espécies em perigo do do Departamento de Recursos Naturais, ainda estamos muito longe de vermos lobos estabeleceram-se, normalmente, no Illinois. Não deixa de ser uma boa notícia, porém, o facto de os avistamentos serem cada vez maiores.

 

Também por causa deste novo cenário, explica a Associated Press, as autoridades locais já começaram a delinear estratégias de gestão da conservação dos lobos.

 

 


Para visitar a fonte da informação clique aqui

Proteger 4% dos oceanos pode salvar a maioria das espécies marinhas

05.01.14, Planeta Cultural

A regra 80/20 diz que, na maioria dos casos, podemos conseguir 80% do resultado com apenas 20% do esforço. De acordo com a conceituada Proceedings of the National Academy of Sciences, a regra aplica-se na perfeição à protecção das espécies marinhas.

 

Das 129 espécies de mamíferos marinhos do planeta, incluindo focas, golfinhos e ursos polares, cerca de um quarto estão à beira da extinção. A maior destes, porém, poderia ser salva se conseguíssemos proteger apenas 4% dos oceanos do Planeta.

 

Para chegar a esta conclusão, os investigadores sobrepuseram mapas nos quais cada espécie marinha pode mais facilmente viver e reproduzir-se. Depois, chegou a nove locais em que a biodiversidade é riquíssima. Segundo o Treehugger, foi a primeira vez que investigadores chegaram a estas conclusões.

 

Assim, foram identificados 20 locais-chave de conservação. Protegendo apenas nove destes – representando 4% do total de oceanos do mundo – conseguiríamos proteger o habitat de 84% de todas as espécies marinhas da terra. Estes nove sítios estão localizados nas costas da Baja Califórnia (México), este do Canadá, Peru, Argentina, noroeste de África, África do Sul, Japão, Austrália e Nova Zelândia.

 

“É importante proteger os mamíferos marinhos, se queremos proteger os ecossistemas do oceano funcionais”, explicou Paul Ehrlich, co-autor do estudo e professor de biologia no Woods Institute for the Environment, em Stanford.

 

 


Para visitar a fonte da informação clique aqui

Morreu o “Pantera Negra”

05.01.14, Planeta Cultural

Eusébio da Silva Ferreira, morreu na madrugada de hoje em Lisboa, vítima de paragem cardiorrespiratória.

 

Eusébio tinha 71 anos e foi considerado um dos melhores futebolistas de sempre.

 

Foi através do Benfica que Eusébio da Silva Ferreira deu a conhecer Portugal futebolisticamente por esse mundo fora.

 

Que o Pantera descanse em paz.