Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Eleições!

23.09.13, Planeta Cultural

Será que o povo acredita nas promessas constantes proferidas pelos candidatos!

 

Não, ninguém acredita,só que, vivemos actualmente a era de um recem chegado, pois se assim não fosse, isto não estaria tão calmo tão calmo, que por vezes até confunde aquele que mais.....dorme!

 

 

 

Moves chega a Android, monitorando nossa atividade física

23.09.13, Planeta Cultural

Moves (moves-app.com) é um grande conhecido no mundo iPhone, um aplicativo que monitora o que andamos, corremos ou percorremos de bicicleta, calculando passos, calorias consumidas, distâncias… um fantástico aplicativo que ajuda a verificar nossas atividades físicas.

 

Agora chega ao mundo Android, depois de mais de 2 milhões de instalações em iPhone, disponível já de forma gratuita em Google Play.

 

Não é o primeiro nem o último aplicativo que ajuda a monitorar nossa atividade física, já existem grandes aplicativos nesta categoria, como Runkeeper, por exemplo, embora neste caso a ideia seja ter um aplicativo sendo executado em segundo plano (consumindo bateria, sim), enquanto vivemos nossa vida normalmente.

 

Moves pode se integrar com outros aplicativos e dispositivos com os quais se associam (incluindo Nike+ Fuelband ou Fitbit), embora para usar estas integrações tenha que se pagar, sendo mais focado nos que praticam esporte e queiram acompanhar a evolução do seu desempenho.

 

Sampo Karjalainen, CEO e designer do produto, comentou em Addictivetips que já consegue contar dois bilhões de passos cada dia.

 

Sobre o consumo de bateria comentan que, com um uso normal do telefone, não deveria ter problema em deixar executando Moves durante todo o dia, sempre e quando se recarrega cada noite. Até aí, tudo bem, mas segundo alguns usuários, quando o telefone é relativamente novo e de um modelo mais sofisticado, caso contrário, é possivel que não fique muito satisfeito.

 

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Vocalista dos Deolinda canta a solo em dezembro

23.09.13, Planeta Cultural

A vocalista dos Deolinda, Ana Bacalhau, vai apresentar-se pela primeira vez a solo em três concertos a realizar no final do ano. Intitulados «15», os espetáculos acontecerão a 12 de dezembro, na Casa da Música, no Porto, e nos dias 19 e 20 do mesmo mês, no Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa.

Foi com 15 anos que Ana Bacalhau começou a cantar e, até à idade em que fez da música profissão, aos 30, a cantora foi influenciada pelos artistas que irá revisitar nestes três concertos: Fausto, Zeca Afonso, Amália Rodrigues, Elis Regina, Edit Piaf, Janis Joplin, Pearl Jam, Maria João e Mário Laginha, e The Supremes, entre outros.

Em palco, Ana estará acompanhada pelo seu marido e colega nos Deolinda, Zé Pedro Leitão (baixo e contrabaixo), para além de Mário Delgado (guitarra), Luís Figueiredo (piano), e Marcos Caveleiro (bateria).

Ana Bacalhau é vocalista dos Deolinda desde 2006, tendo já editado três álbuns de estúdio, o último deles, «Mundo Pequenino», lançado em março. Antes dos Deolinda, a cantora participou também nos projetos Lupanar e Tricotismo.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Homem quase perde pénis por abusar do Viagra

23.09.13, Planeta Cultural

Sobredosagem poderia ter sido fatal e obrigar à amputação do órgão sexual

 

Gentil Ramírez Polanía quase que ficava sem pénis. O antigo vereador colombiano, de 66 anos, deu entrada no Hospital Universitário de Neiva, na Colômbia, com uma sobredosagem de sildenafila (princípio ativo do Viagra).

Depois de tomar o Viagra, a reação não foi a esperada e os genitais do colombiano começaram a inchar.

Valeu-lhe a rápida resposta do médico ao chegar ao hospital, que o «salvou» da amputação do órgão sexual, como conta o jornal «20 Minutos».

Segundo o diagnóstico, «o paciente tomou uma dose excessiva de sildenafila, o que provocou uma fratura peniana», mas Gentil Polaníaafirma ter apenas tomado a dose recomendada.

A verdade é que agora esperar-lhe uma dolorosa reabilitação, durante a qual as relações sexuais lhe são expressamente proibidas.

 

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui