Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Pudim de amendoim

02.08.13, Planeta Cultural

 

Ingredientes

 

4 ovos

4 gemas

1 xícara de açúcar

4 xícaras de leite

 

Massa

1 xícara de amendoim torrado sem pele

1 xícara de leite

 

Calda

½  xícara de açúcar

¼ xícara de água

 

Para decorar

Amendoim caramelizado triturado

 

Para caramelizar o amendoim

2 xícaras de água

2 xícaras de amendoim inteiro com cascas

2 xícaras de açúcar

1 pitada de canela em pó

 

Modo de preparo Misturar rapidamente os ovos e as gemas. Acrescente pouco a pouco o açúcar, junte o leite e misture bem. Massa: em um liquidificador, coloque o amendoim torrado sem pele e 1 xícara de leite. Bata bem, depois passe em uma peneira e acrescente no restante dos ingredientes anteriores. Passe por mais 3 vezes na peneira bem fina e reserve.

 

Calda: prepare a calda misturando o açúcar e a água e leve ao fogo até caramelizar. Coloque a calda em uma forma de buraco no meio, com 23 cm de diâmetro. Espalhe com uma colher, despeje a mistura reservada, asse por cerca de 1 hora em banho maria em forno moderado - 180°C preaquecido. Desenforme depois de frio e decore com amendoim caramelizado.

 

Para caramelizar o amendoim: levar todos os ingredientes ao fogo em uma panela, mexendo sempre por cerca de 20 minutos.

 

Rendimento: 6 porções

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Mistério de 'babuínos paralisados' intriga zoo holandês

02.08.13, Planeta Cultural

Funcionários de um zoológico na Holanda estão tentando descobrir o que fez com que seu grupo de mais de cem babuínos permanecesse paralisado durante dias na área destinada a eles.

 

O comportamento estranho dos animais teve início no começo da noite de segunda-feira, com os babuínos sentados juntos, encostados uns nos outros e comendo pouco. Só nesta sexta-feira os 112 animais voltaram ao normal, segundo um biólogo no Zoológico de Emmen.

 

O zoológico ainda não sabe o que assustou tanto os babuínos-sagrados (ou hamadryas), mas os funcionários afirmam que já é um bom sinal o fato de os animais terem voltado a se alimentar de maçãs e a se movimentar.

 

"O que os assustou? Não sabemos, é um mistério. Há muitas possibilidades - um terremoto, cobras que fugiram, alienígenas, trovão", disse à BBC Wijbren Landman, biólogo do zoo.

 

"Os outros animais estão bem. (Os babuínos) têm lêmures, elefantes e cangurus como vizinhos, e estes não mostraram sinais de pânico", acrescentou.

 

Predadores

 

Landman disse que consultou um especialista francês que já testemunhou esse tipo de histeria entre babuínos soltos na natureza, desencadeada quando eles notam que há um predador nas proximidades.

 

Mas o especialista afirmou que nunca viu esse comportamento por um período tão prolongado como o observado no Zoológico de Emmen.

 

"A primeira anomalia foi observada na noite de segunda-feira. Íamos levá-los para o anexo noturno, algo que dura geralmente um minuto, mas precisamos de uma hora para colocar todos lá dentro", disse o biólogo.

 

"Então, na manhã seguinte, foi uma dificuldade tirá-los de lá. E, imediatamente depois, eles sentaram nas árvores e nas rochas e não fizeram mais nada."

 

Landman disse que alguns machos, que ocupam um posto mais alto na hierarquia do grupo, devem ter ficado assustados por alguma razão e os demais babuínos seguiram os líderes.

 

Segundo Landman, é improvável que eles tenham ficado assustados devido à presença de uma raposa, pois o zoológico fica no centro da cidade. E eles também estão acostumados a ver garças voando por cima de seu cercado, então não seria possível que uma ave de rapina tenha deixado os animais em pânico.

 

O Zoológico de Emmen fica no nordeste da Holanda, perto da fronteira com a Alemanha.

 

Os funcionários já observaram episódios parecidos em 1994, 1997 e em 2007 e afirmam que alguns dos babuínos - que chegam aos 30 anos de idade - podem ter passado pelas experiências de pânico anteriores.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Saúde anuncia abertura de 437 vagas para médicos nas zonas mais carenciadas

02.08.13, Planeta Cultural

O Ministério da Saúde anunciou hoje a abertura de 437 vagas para a contratação de médicos para "colmatar as carências de profissionais nas instituições do Serviço Nacional de Saúde (SNS) localizadas nas zonas mais periféricas do país".

 

A abertura dos procedimentos concursais, para médicos que concluíram a sua formação na especialidade no final de maio, foi autorizada por despacho do secretário de Estado da Saúde a 01 de agosto.

 

"Esta abertura de vagas para a contratação de recursos médicos teve em consideração as carências de especialistas existentes ao nível de cada especialidade e instituição, que já estavam identificadas, tendo em consideração os aspectos organizativos da estruturação da rede hospitalar e as situações mais críticas sinalizadas por cada uma das Administrações Regionais de Saúde (ARS)", lê-se em comunicado da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS).

 

A tutela procurou "abranger o maior número possível de instituições e colmatar as necessidades das instituições de saúde localizadas em zonas mais periféricas (interior norte, interior centro, Alentejo e Algarve), o que levou a que a estas instituições fossem atribuídas 45,3 por cento das vagas que serão colocadas a concurso".

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Jerónimo Martins e Galp Energia ganham mais de 1% e animam bolsa nacional

02.08.13, Planeta Cultural

A Jerónimo Martins regressou aos ganhos após sete sessões em queda e foi a cotada que mais impulsionou o índice português. A bolsa nacional registou uma ligeira valorização semanal, numa semana em que o Banif caiu 76%.

 

O principal índice da bolsa nacional avançou 0,19% para os 5.776,94 pontos, com seis cotadas em alta, 11 em queda e três inalteradas. O PSI-20 registou um ganho semanal de apenas 0,27% devido às fortes quedas da Jerónimo Martins e do Banif: 7,60% e 76%, respectivamente.

 

A retalhista negociou em terreno negativo durante sete sessões mas esta sexta-feira regressou aos ganhos e foi a cotada que mais impulsionou o PSI-20. A cotada subiu um máximo de 2,30% para os 14,89 euros e fechou a ganhar 1,48% para os 14,77 euros.

 

A negociação do grupo foi penalizada pelos resultados semestrais divulgados na passada quarta-feira, em particular pelos números referente à Polónia, que foram considerados decepcionantes pelo mercado.

 

Os analistas do BESI baixaram as previsões de resultados da empresa para os próximos três anos em cerca de 7% e reviram em baixa o preço-alvo de 18,7 euros para 17 euros, mantendo a recomendação de “comprar”. 

 

Já o Banif fechou em terreno negativo pela terceira sessão consecutiva, tendo desvalorizado 70% na quarta-feira e mais de 7% na quinta e sexta-feira. Os títulos estiveram a ajustar ao aumento de capital de 100 milhões de euros realizado pelo banco e que deu origem à emissão de 10 mil milhões de novas acções. Os títulos começaram a negociar esta quarta-feira, tendo sido alienados a 1 cêntimo por acção.

 

Ainda no sector bancário, o BCP ganhou 1,05% para os 9,6 cêntimos, enquanto BES e BPI fecharam em terreno negativo. O banco liderado por Ricardo Salgado perdeu 1,85% para os 74,1 cêntimos e a instituição presidida por Fernando Ulrich recuou 1% para os 99,4 cêntimos. 

 

No sector eléctrico, a EDP chegou a negociar no valor mais elevado dos últimos dois anos, ao tocar nos 2,693 euros, após ganhos em 12 das últimas 14 sessões. 

 

Não têm sido divulgadas notícias que possam justificar este desempenho pelo que se está apenas a ver um momento positivo sem grandes razões, conforme disse ao Negócios um analista do sector, que pediu para não ser identificado por política da casa de investimento.

 

As acções da eléctrica acabaram por inverter para terreno negativo perto do final da sessão, tendo fechado a cair 0,26% e a negociar nos 2,661 euros. Ainda no sector da energia, a EDP Renováveis perdeu 0,15% para os 3,879 euros e a Galp ganhou 1,14% para os 12,44 euros.

 

Fora do PSI-20, destaque para a Soares da Costa que chegou a valorizar mais de 9% e negociou mais de 745 mil acções (a construtora negociou em média de 224.856 por dia nos últimos seis meses). As acções beneficiaram da adjudicação de obras nos Estados Unidos e em Moçambique no valor de 70 milhões de euros mas fecharam inalteradas nos 21 cêntimos.

 

O Grupo Soares da Costa revelou esta quinta-feira, em comunicado enviado à CMVM após o fecho do mercado, que foram adjudicadas a empresas nas quais detém participações, obras nos dois países. Nos Estados Unidos ganhou um concurso, através da empresa Prince, para um projecto, na Flórida, de concepção-construção que consiste na construção de várias milhas de estrada, onde se inclui a construção de duas pontes novas e que consubstancia um valor total de obra de cerca de 53,8 milhões de euros.

 

Em Moçambique a construção de 50 habitações no Songo, província de Tete, foi também adjudicada ao grupo português, através da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, numa obra cujo valor deverá atingir os 15,8 milhões de euros.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

 

Cabovisão entra no futebol

02.08.13, Planeta Cultural
A operadora de telecomunicações vai ser a patrocinadora oficial da Segunda Liga de futebol que estava sem patrocinador.
 

A Cabovisão vai ser a patrocinadora da Segunda Liga, que estava sem patrocinador. Esta sexta-feira, 2 de Agosto, o acordo foi anunciado, não tendo sido revelados valores associados ao patrocínio.

 

É mais um operador de telecomunicações a entrar no futebol, onde a PT está como patrocinadora da selecção de futebol e dos três principais clubes - Benfica, Porto e Sporting. A Zon é uma das patrocinadoras da I Liga.

 

Agora a Cabovisão, que tem anunciado disponibilidade para investir no mercado português depois de ter sido adquirida pelo grupo francês Altice, avança agora para um patrocínio de massas. A Segunda Liga vai, assim, passar a designar-se Liga Revolução by Cabovisão.

 

Em comunicado, a Cabovisão diz acreditar que esta associação ao futebol contribui "para uma visibilidade acrescida para a nossa marca".

 

A Cabovisão acrescenta que com este patrocínio estará presente em todos os estádios onde vão ser realizados 462 jogos, estando nos painéis das entrevistas e nos equipamentos das equipas.

 

No ano passado, a Segunda Liga teve um total, em todos os jogos e clubes, de 380 mil espectadores, tendo o Guimarães B sido a equipa com mais espectadores no acumulado da época, com um total de 37 mil adeptos. A Segunda Liga não teve patrocinador na época transacta, depois da Orangina ter terminado o patrocínio anterior.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Treino promete perda de peso apenas com exercícios de respiração

02.08.13, Planeta Cultural

Eliminar peso com pouco esforço é o sonho de muitos. E o ator japonês Miki Ryosuke apresenta uma técnica que consiste em exercícios apenas respiratórios, que duram de dois a cinco minutos por dia e prometem transformar esse sonho em realidade. O ator conta que desenvolveu o "treino" por acidente, enquanto usava técnicas de respiração para aliviar dor nas costas e , segundo ele, acabou perdendo cerca de 13 kg e quase 13 cm em torno da cintura em pouco menos de dois meses. Especialistas consultados pelo jornal The Sydney Morning Herald desmentem a possibilidade.

 

O primeiro exercício consiste em colocar um pé na frente do outro, com a maioria de seu peso sobre o pé de trás, e contrair os glúteos. Ao inspirar em uma contagem até três, levante os braços acima da cabeça e, então, exale o ar vigorosamente em uma contagem até sete, envolvendo o abdômen no processo. Para a segunda posição, basta ficar em pé e colocar uma mão na barriga e a outra na parte inferior das costas, contraindo os glúteos. Enquanto inspira contando até três, puxe a barriga em direção à coluna e expire até sete, sugando ainda mais o estômago.  

 

A teoria por trás do "treino” é que o exercício aumentaria o metabolismo por elevar o nível de oxigênio no sangue. “A gordura é composta de oxigênio, carbono e hidrogênio. Quando o oxigênio que respiramos chega a essas moléculas de gordura, ele as quebra em dióxido de carbono e água. O sangue, em seguida, pega o dióxido de carbono e devolve para os pulmões para ser expirado. Portanto, quanto mais oxigênio nosso corpo usa, mais gordura vai queimar”, explicou Jill Johnson, criador do Oxycise, outro programa de perda de peso com base na respiração.

 

No entanto, especialistas desmentem o benefício. “Claro, a gordura é composta de hidrogênio e carbono e um pouco de oxigênio. E, para metabolizar ou queimar gordura, é necessário exercício aeróbico, que requer oxigênio. Mas a oxigenação não ocorre nas células de gordura”, esclareceu o professor de fisiologia cardiovascular William Stanley, da Universidade de Sydney, na Austrália. Na atividade física, usa-se o oxigênio no tecido muscular, o que leva à queima de energia e perda de peso.

 

“É só o exercício aeróbico vigoroso que aciona a energia suficiente para transformar gordura em combustível. Respiração profunda só vai queimar gordura em 2%, na melhor das hipóteses”, ressaltou o professor de fisiologia metabólica Ian Macdonald, da Escola de Ciências Biomédicas em Derbyshire, Inglaterra.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

 

 

Cardoso no FC Porto

02.08.13, Planeta Cultural

Bem, como Cardozo está impedido de entrar no centro de estágio do Seixal, isto quer dizer que o Benfica e o seu treinador não contam com ele, no entanto, o contrato só termina em 2016!

 

Isto quer dizer que, ou aparece um clube que dê o dinheiro que o Benfica pretende, ou o avançado sujeita-se a seguir as pisadas que Rolando tem no FC Porto e fica 3 anos parado!

 

Já agora, por falar em Rolando, o jogador azul e branco está nesta situação (clube não conta com o jogador), desde 2012 e ele tem contrato com o FC Porto até 2015, como o Cardozo está ligado ao Benfica até 2016, porque é que os presidentes destes dois clubes não esquecem as birras e fazem a troca dos jogadores mencionados?

 

Ao Benfica, fazia-lhe jeito o Rolando, ao FC Porto, Cardozo entrava mesmo a calhar!

 

 

E assim, ficavam todos a ganhar!