Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Os 30 países do mundo onde não vive nenhum português

07.06.13, Planeta Cultural

Numa altura em que voltaram a aumentar os fluxos de emigração devido à crise, os dados oficiais referem que há ainda 30 países no mundo sem registo de cidadãos portugueses.

 

De acordo com dados do Observatório da Emigração, que têm como base os registos consulares, não há informação de portugueses em países como o Afeganistão, Nepal, Tajiquistão, Geórgia, Azerbaijão, Jordânia, Albânia, Madagáscar, Camboja, Maldivas Eritreia, Butão ou Ilhas Salomão.

 

Outros países sem registo de portugueses são Belize, Brunei, Comores, Djibuti, Ilhas Fiji, Ilhas Marshall, Kiribati, Estados Federados da Micronésia, Nauru, Palau, Papua Nova Guiné, Samoa, São Marino, Tonga, Turquemenistão, Tuvalu e Vanuatu.

 

No entanto, estes dados podem não corresponder à realidade, tendo em conta que o registo consular não é obrigatório e muitos emigrantes não o fazem ou outros, estando registados, depois de abandonarem determinado país, podem não anular a inscrição.

 

Dos 194 países e territórios que constam na lista do observatório (ainda não está o Sudão do Sul, que se tornou independente em Julho de 2011), em 74 estão registados menos de 50 portugueses.

 

A Síria é um deles, mas os dados mais recentes referem-se a 2009, antes do início da guerra civil, em Março de 2011.

 

Também em relação ao Mali, onde ocorreu um golpe de Estado em Março de 2012 e a intervenção das forças francesas a partir de Janeiro deste ano para impedir o controlo do país pelos radicais islâmicos, os dados mais recentes referem-se a 2005.

 

Neste grupo com registo de menos de 50 portugueses, estão países como Bielorrússia, Birmânia, Burkina Faso, Cazaquistão, Coreia do Norte, Etiópia, Guiné Equatorial, Iémen, Irão, Mali, Mongólia, Ruanda, Ucrânia, Uzbequistão ou Vietname.

 

De acordo com os mesmos dados, os países com maiores comunidades portuguesas são a França (1.190.798), o Brasil (612.203), o Reino Unido (500.000), a Suíça (288.465) e a Venezuela (268.500).

 

 

Fonte: Sol

Jovem enterrado vivo na sepultura de mulher que terá violado e morto

07.06.13, Planeta Cultural

 

Habitantes de uma pequena aldeia na Bolívia enterraram vivo um jovem de 17 anos na sepultura de uma mulher que alegadamente terá violado e assassinado, revelou esta quinta-feira o procurador da província, Jose Luis Barrios.

 

Santos Ramos, de 17 anos, tinha sido identificado pela polícia como suspeito da violação e assassinato de Leandra Arias Janco, de 35 anos, no passado domingo em Quechua, perto de Colquechaca, indicou Barrios.

 

Revoltados com o crime, mais de 200 habitantes agarraram no jovem e enterraram-no vivo junto da mulher na noite de quarta-feira, explicou. Os habitantes bloquearam na quinta-feira a estrada de acesso à localidade para evitar que a polícia interviesse.

 

Um jornalista de uma rádio local, que falou sob anonimato com medo de represálias, contou que o jovem foi amarrado no funeral da mulher. Depois, Santos Ramos foi atirado para a sepultura, o caixão foi colocado sobre o jovem e a sepultura foi coberta com terra.

 

Colquechaca é uma cidade com cinco mil habitante a 333 quilómetros a sudeste da capital da Bolívia, La Paz.

 

Na mesma região, os habitantes de outra localidade, Tres Cruces, apedrejaram quarta-feira até à morte um alegado ladrão e homicida e queimaram vivo um suposto cúmplice, indicou Jose Luis Barrios. O duo era suspeito de ter roubado um carro e morto o condutor.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

China: Incêndio em autocarro provoca pelo menos 20 mortos e 30 feridos

07.06.13, Planeta Cultural

Pelo menos 20 pessoas morreram e 30 ficaram feridas hoje quando um autocarro se incendiou num viaduto rodoviário numa cidade do sudeste da China, anunciou a agência noticiosa oficial Nova China (Xinhua).

 

O autocarro circulava na cidade de Xiamen, província de Fujian, quando se incendiou, relataram as autoridades locais citadas pela Xinhua.

 

O veículo ficou reduzido a uma carcaça carbonizada, como ilustram fotografias divulgadas em sites de informação chineses na Internet, que mostram também alguns sobreviventes sentados, com as roupas manchadas de sangue e expressões de choque, e em fundo espessas colunas de fumo negro.

 

Uma passageira disse à agência Nova China ter sentido um forte cheiro a gasolina imediatamente antes de o fogo se ter propagado a grande velocidade pelo autocarro, que então se encontrava numa zona residencial da cidade.

 

Foi aberto um inquérito para averiguar a origem do acidente, precisou a Xinhua.

 

Trata-se do acidente de viação mais grave ocorrido na China desde agosto de 2012, quando uma colisão entre um autocarro e um camião-cisterna carregado de metanol fez 36 mortos numa autoestrada, na província de Shaanxi, no norte do país.

 

Antes disso, em julho de 2011, 41 pessoas morreram no incêndio de um autocarro sobrelotado e que transportava matérias inflamáveis.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Níveis elevados de ferro podem prevenir doença de Parkinson

07.06.13, Planeta Cultural

Níveis elevados de ferro no sangue podem significar um risco menor de desenvolvimento da doença de Parkinson, revela um estudo publicado na revista científica norte-americana PLoS Medicine.

.

O estudo, que procurou associar o risco da doença - conhecida como sendo um distúrbio nervoso que provoca tremores e dificuldades de caminhar, de se movimentar e de coordenação – com os níveis de ferro, explica a publicação que reúne artigos de especialistas.

 

Estudos anteriores já tinham mostrado uma possível ligação entre níveis de ferro baixos no sangue em pessoas com a doença de Parkinson em comparação com quem tinha níveis controlados do mineral. Irene Pichler da Academia Europeia de Bolzano, em Itália, e um grupo de investigadores internacionais pesquisaram a possível existência de evidências entre os níveis de ferro e o risco da doença através de três mutações em dois genes, HFE e TMPRSS6.

 

A investigação contou com 22 mil pessoas da Europa e Austrália, além da análise de um estudo feito com 20.809 pessoas com Parkinson e 88.892 pessoas para o grupo de controle. Ao cruzar os dados dos três grupos, a investigação obteve uma redução de 3% do risco de doença de Parkinson para cada aumento de 10 ug / dl de ferro no sangue.

 

No entanto, os autores do estudo afirmam que são necessários mais estudos sobre os mecanismos param serem propostas as recomendações específicas de tratamento.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Cinemas portugueses perdem quase 930 mil espetadores até Maio

07.06.13, Planeta Cultural

Os cinemas portugueses perderam este ano cerca de 930.000 espetadores e 5,6 milhões de euros de receita de bilheteira, comparando com os primeiros cinco meses de 2012, revelou o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

 

  Entre janeiro e maio deste ano, as salas de cinema registaram 4.354.384 espetadores, menos 17,6 por cento (929.509 espetadores), em relação mesmo período de 2012.

 

A quebra na assistência faz-se acompanhar também de uma descida de 20 por cento (5,6 milhões de euros) nas receitas brutas de bilheteira, para um total de 22,5 milhões de euros.

 

A exibição cinematográfica em Portugal tem sofrido quebras sucessivas nos últimos anos, em particular desde 2010, ano em que, no total, se registaram 82,2 milhões de euros de venda de bilhetes e 16,6 milhões de espetadores.

 

Em 2011, aqueles valores cairam para 79,9 milhões de euros e 15,7 milhões de espetadores e, em 2012, para 74 milhões de euros e 13,8 milhões de espetadores.

 

Entre janeiro e maio, a animação norte-americana "The Croods" foi o filme mais visto, com 262.299 espetadores.

 

Apesar de ter uma participação minoritária na produção, "O comboio noturno para Lisboa", de Bille Auguste, rodado em Portugal, é considerado pelo ICA o filme português mais visto naquele período, com um total de 57.978 espetadores.

 

Apesar de manter a posição de liderança na distribuição cinematográfica, a Zon Lusomundo registou 14,1 milhões de euros de receita bruta, uma quebra de 6,7 por cento, em relação ao mesmo período de 2012.

 

No total, até maio, os filmes portugueses exibidos em sala comercial foram vistos por 81.595 espetadores, gerando 398 mil euros de receita de bilheteira.

 

Os filmes de produção norte-americana representam 75,4 por cento do total de filmes estreados em Portugal, somando até maio 3,2 milhões de espetadores.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui