Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

António José Seguro que entre em cena!

18.04.13, Planeta Cultural

Bem, já está mais que visto que Passos Coelho e companhia são uns meninos bem educados pela Sra Angela Merkel e está na hora de aparecer um que não seja tão bom como os restantes, ou seja:

 

Temos cinco dedos em cada mão e nenhum deles è igual ao outro, por isso, todos os politicos o que querem è estar no poder, no entanto, acredito que está na hora do menino "rebelde" entrar em cena, neste caso, estou a falar de António José Seguro!

 

Que António José Seguro entre em cena e que convença a Sra Angela Merkel a fabricar mais moeda, à pois è, embora ela não seja a presidente do Banco Central Europeu, com toda a certeza que se ela disser "fabrique-se mais moeda", Mário Draghi aceitará com toda a certeza!

 

 

 

Iordanov referindo-se a Rui Patrício...

18.04.13, Planeta Cultural

O jornalista do jornal o Jogo pergunta ao Iordanov a sua opinião sobre a possível venda de  Rui Patrício e ele responde assim:

 

Olhe, só lhe posso responder assim: uma equipa começa num bom guarda-redes.

 

Pois è, e não è preciso ser lá um grande "expert" em futebol para perceber onde o Iordanov quer chegar com tal resposta!

Londres suspende gestão do Barclays Portugal por alegadas más práticas

18.04.13, Planeta Cultural

A administração do Barclays Portugal, liderada por Peter Mottek, foi suspensa pela casa-mãe britânica. O gestor, assim como os restantes três membros da equipa, foram afastados no âmbito da investigação a alegadas más práticas do banco.


Peter Mottek (na foto à esquerda), António Nunes da Silva, Ana Paula Alves e Sérgio Muñoz foram suspensos das funções de gestores do Barclays Portugal pela casa-mãe britânica, apurou o Negócios. O afastamento visará permitir a investigação de alegadas más práticas e não será alheio à denúncia feita pelo grupo de suspeitas de cartel na banca portuguesa.

 

A suspensão da equipa portuguesa faz parte do processo de limpeza interno lançado por Antony Jenkins (na foto em cima), que desde Agosto assumiu a presidência do Barclays Bank, sucedendo a Bob Diamond, que foi afastado depois de ser conhecido o envolvimento da instituição no escândalo de manipulação da libor.

 

A Autoridade da Concorrência desencadeou em Março uma investigação a uma alegada concertação de spreads e comissões entre bancos, que começou com uma queixa do banco britânico Barclays. Uma denúncia que mereceu fortes críticas de grande parte dos restantes bancos a actuar em Portugal.



Se assim o desejar, visite aqui a fonte da informação