Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Rapper Kenny Clutch foi morto a tiro em Las Vegas

22.02.13, Planeta Cultural



O rapper Kenny Clutch foi morto a tiro esta sexta-feira em Las Vegas. Segundo a publicação do site E!, Clutch estava no seu Maserati no cruzamento da Flamingo Road com a Las Vegas Boulevard quando um homem que conduzia um Range Rover abriu fogo contra o músico.

O carro do rapper atingiu um táxi, que explodiu após a colisão. O condutor e o passageiro também morreram.

«Não me passa pela cabeça nenhum motivo que possa ter levado alguém a matá-lo de uma forma tão agressiva», disse Vicki Greco, advogado do artista à CNN.

Segundo a polícia local, o tiroteio pode ter sido estimulado por uma discussão que aconteceu no casino de um hotel que fica próximo ao local do acidente.

Clutch tinha 27 anos e dois filhos.

 

 

 

Se assim o desejar, visite a fonte da informação clicando aqui

Vinho medieval de Ourém «corre risco de desaparecer», avisa Câmara

22.02.13, Planeta Cultural



O vinho medieval de Ourém, classificado desde 2005, «corre o risco de desaparecer devido ao abandono do mundo rural», disse à agência Lusa o vice-presidente da autarquia, José Alho.

«Aquele que era um património interessante a todos os níveis, que é o vinho medieval, como a própria paisagem de vinhedos característica de algumas décadas, tem vindo a desaparecer», salientou José Alho, à margem do seminário «Vinho, Autarquias e Agentes Locais -- O Vinho Medieval», que se realiza hoje naquele concelho, integrado no Congresso Nacional «O vinho e o mundo rural».

A emigração, a falta de rentabilidade na exploração das terras e a migração das pessoas para o litoral estão a ameaçar a produção de um vinho que «tem origem na fundação de Portugal, quando D. Afonso Henriques permite o cultivo de terras por parte dos Monges de Cister, que ensinaram aos oureenses este método ancestral de produção de vinho», pode ler-se numa nota divulgada pela autarquia.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Steven Tyler gastou 5 milhões de dólares em cocaína

22.02.13, Planeta Cultural



O vocalista dos Aerosmith, Steven Tyler, confessou ter gasto entre 5 e 6 milhões de dólares em cocaína, durante uma entrevista ao programa «60 Minutes».

«Provavelmente, gastei uns 5 ou 6 milhões de dólares, fácil. Mas isso não importa. Poderia dizer também que snifei metade do Peru, mas você sabe, é o que fizemos», comentou o vocalista.

Apesar da confissão, Tyler disse que precisava da droga na época. «Eu precisava daquela cocaína. E essa necessidade arruinou-me, eu perdi o crescimento dos meus filhos, casamentos. Eu estava de joelhos», disse.

O artista entrou em clínicas de reabilitação na década de 80. Desde então, disse que ficou sóbrio até 2006, quando ficou viciado em medicamentos prescritos, o que o levou de novo, em 2009, para uma clínica de reabilitação.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui