Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Integrantes da Orquestra Sinfónica Kapossoka exibem talento

22.01.13, Planeta Cultural

Orquestra Sinfónica do Kapossoka

Cem crianças, das 620 integrantes da Orquestra Sinfónica Kapossoka, “espalharam” talento e mostraram hoje, na capital angolana, Luanda, estarem a altura de “altos voos” no mundo da música angolana e internacional durante um espectáculo na presença da ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, e o presidente da Comissão Administrativa de Luanda, José Tavares.
 
Promovido no âmbito da visita de Rosa Cruz e Silva ao referido colectivo musical, os pequenos mostraram, tocando o violino, o violoncelo, o contrabaixo e, nalgumas vezes a bateria, o que têm estado a aprender, desde a existência da Orquestra Sinfónica Kapossoka, em 2008.
 
“ O Hino Nacional”, a canção “ Filhas de África”, do grupo angolano Gingas do Maculusso, e alguns temas estrangeiros foram musicados harmonicamente pelos pequenos, para o gáudio dos presentes.
 
Para ministra da Cultura, que ofereceu as crianças fardas de gala, instrumentos musicais, como violino e acordeão e 161 livros infantis e 20 gazetas, a sua presença na sede da Orquestra Kapossoka visou manifestar a satisfação pelo desenvolvimento deste projecto musical.
 
“Este projecto está a tornar-vos artistas na verdadeira acepção da palavra. Vocês estão a começar de pequeno a amar e a interpretar a música. E vocês já demonstraram que Angola quer estar no mundo. E queremos que o mundo esteja também em Angola”, asseverou.
 
Rosa Cruz e Silva fez saber ainda que a sua presença teve igualmente como fito prestar solidariedade ao projecto com a entrega dos referidos instrumentos musicais, livros e fardas de gala, num mês em que se comemora o 8 de Janeiro, Dia da Cultura Nacional.
 
“Estou muito satisfeito a olhar para o vosso rosto e ver esta alegria de hoje estarem numa casa digna. Com isto, quero também agradecer a todos aqueles que contribuíram para que a vossa trajectória chega-se até aqui, nomeadamente ao Presidente da República, José Eduardo dos Santos, o padrinho deste projecto e de outras instituições”, salientou.
 
Por sua vez, o director da orquestra, Pedro Fançony, disse ser propósito educar a criança na arte, no caso, musical e fazer com que aprenda também as regras básicas de civilidade. 
 
“Aspiramos que todas as crianças de Angola sejam alegres e tenha grande estima. Assim, o nosso projecto pretende continuar a manter as crianças ocupadas no período contrário as aulas e igualmente no período de férias. Este esforço representa ainda um contributo a cultura nacional”, concluiu.
 
Formada em 10 de Outubro de 2008, a orquestra apresenta-se regularmente em concertos dentro e fora do país.
 
Após a sua participação, em Maio de 2012, no Festival Internacional de Orquestras e Coros Infanto-Juvenis, em Iguazu, na Argentina, tendo em conta o desempenho da orquestra, um grupo de crianças foram recebidas pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na Cidade Alta, onde fizeram a entrega do diploma conquistado, cuja finalidade foi enaltecer o apoio concedido pelo Presidente da República, enquanto padrinho da escola.
Para visitar a fonte da informação clique aqui

Empresa brasileira de videojogos investe 1,2 milhões de euros em Portugal

22.01.13, Planeta Cultural

A empresa brasileira de videojogos BoaCompra, uma holding da UOL, estabeleceu a sua sede europeia em Lisboa, que vai servir de apoio à expansão para o mercado europeu dos videojogos.

 

A empresa brasileira de videojogos BoaCompra, uma holding da UOL, estabeleceu a sua sede europeia em Lisboa, que vai servir de apoio à expansão para o mercado europeu dos videojogos. A BoaCompra investiu 1,2 milhões de euros para os próximos dois anos e emprega já dez pessoas.

 

O objectivo da BoaCompra é importar mais jogos desenvolvidos na Europa para o Brasil, refere o Director de Expansão Internacional, Julian Migura, em comunicado. “Queremos albergar mais jogos na nossa rede e esperamos anunciar uma série de novas parcerias nos próximos meses”, assevera.

 

A gigante brasileira tem já parcerias estabelecidas com a Sapo, o portal da Portugal Telecom, e as duas empresas encontram-se a operar em conjunto o canal de MMO (Massive Multiplayer Online) da Sapo – Gameover. Até ao final do primeiro trimestre de 2013, a multinacional pretende expandir as suas parcerias no mercado português, assim como no espanhol. Está prevista ainda a criação de mais 20 a 30 postos de trabalho em território nacional até ao final do ano.

 

Apesar da crise que o país atravessa, a escolha de Lisboa, como local de acolhimento da sede europeia, prende-se com a proximidade cultural e o fuso horário, que permite uma maior proximidade com os mercados europeus e asiáticos.

 

Fundada em 2004, a BoaCompra especializou-se na publicação e monotorização de jogos na Internet, tendo uma oferta superior a 200 jogos em várias plataformas online, o que corresponde a mais de 1,2 mil milhões de page views mensais.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui