Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Greve está a causar pouca perturbação em Lisboa

Quinta-feira, 02.02.12
As ligações fluviais e a circulação do metro estão a ser as mais afectadas pela greve dos transportes públicos que está a decorrer.

 

Os comboios da CP estão todos a circular com normalidade a nível nacional e a Carris tinha esta manhã a funcionar 60% dos autocarros, eléctricos e elevadores de Lisboa.

A greve de transportes públicos que está a decorrer está a afectar essencialmente as ligações fluviais e o metro da capital.

À agência Lusa, a porta-voz da CP adiantou que os comboios da empresa estão todos a circular com normalidade a nível nacional, realçando que a "expectativa é conseguir assegurar durante a manhã 80% das composições".

De acordo com Ana Portela, entre as 22 e as 24 horas de quarta-feira foram suprimidos apenas três comboios na Linha do Sado.

Já a Carris tinha a funcionar esta manhã 60% dos autocarros, eléctricos e elevadores de Lisboa, segundo o porta-voz da empresa. "Dos 594 veículos programados circulavam às 7h30, 356 viaturas, o que representa 60% da oferta", adiantou o responsável à Lusa, sublinhando que "na rede de eléctricos, ascensores e o elevador de Santa Justa, o cumprimento foi de 100% em relação ao serviço programado".

No Porto, a STCP está a registar uma adesão à greve de cerca de 65%, segundo disse à Lusa fonte da Comissão de Trabalhadores, ou sejam, dos 220 autocarros que deveriam ter saído, estão a circular "apenas 90".

As ligações fluviais entre o Barreiro e o Terreiro do Paço estão, por seu lado, paralisadas. Também o Metropolitano está parado e as estações encerradas.

"Os barcos estão completamente parados, não havendo qualquer ligação entre as duas margens", disse uma fonte da agência de comunicação que representa Transtejo, Soflusa e Metropolitano de Lisboa, acrescentando que as primeiras ligações fluviais estão previstas para cerca das 9h30.

A mesma fonte adiantou que o Metropolitano também está a ser afectado pela greve dos transportes públicos, encontrando-se todas as estações encerradas como medida de segurança.
A greve de transportes começou às zero horas de hoje, envolve a CP, CP Carga, Refer, Metropolitano de Lisboa, Carris, STCP e Transtejo/Soflusa.


A greve de hoje é a terceira a afectar as empresas públicas de transportes em três meses.

Ontem, o secretário de Estado dos Transportes alegou que esta paralisação vai custar 150 milhões de euros à economia portuguesa e destruir num dia o esforço de poupança feito num ano.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:12

AC Milan derrotado pela Lázio (2-0)

Quarta-feira, 01.02.12

O AC Milan desperdiçou a possibilidade de chegar provisoriamente ao comando da Serie A. Os rossoneri foram derrotados em Roma pela Lázio por 2-0.

 

Os tentos laziale foram apontados todos na segunda-parte, primeiro por Hernanes (77) e depois por Rocchi (85).

 

Partida espectacular em Milão, com o Inter a empatar (4-4) com o Palermo. Destaque para as exibições de Diego Milito e do ex-benfiquista Fabrizio Miccoli que apontaram um hat-trick cada um.

 

A Roma voltou a desapontar os seus "tifozzi" e foi derrotada fora de portas pelo Cagliari por 4-2.

 

Resultados 21ª Jornada

Atalanta - Genoa (Adiado)
Bologna - Fiorentina (Adiado)
Cagliari 4-2 AS Roma
Inter 4-4 Palermo
Lazio 2-0 AC Milan
Napoli 0-0 Cesena
Siena - Catania (Adiado)
Udinese 2 - 1 Lecce

 

Se assim o desejar, visite a fonte da informação clicando aqui
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 23:07

PSD/CDS-PP: prisão até 8 anos para políticos com enriquecimento ilícito superior a 169 mil euros

Quarta-feira, 01.02.12
PSD e CDS-PP querem punir com até oito anos de prisão os funcionários públicos, titulares de cargos políticos e altos cargos públicos com um património 169 mil euros superior aos seus rendimentos e bens legítimos.

 

 

O projecto de lei conjunto dos partidos da maioria para criminalizar o enriquecimento ilícito estabelece que não é punível a conduta de quem tenha uma desproporção entre o seu património e os seus rendimentos e bens legítimos não superior a 100 salários mínimos mensais, o que actualmente corresponde a 48 mil e 500 euros.

Quanto aos casos em que "o valor da incompatibilidade" seja superior a 100 salários mínimos, PSD e CDS-PP propõem molduras penais para os funcionários públicos, titulares de cargos políticos e altos cargos públicos superiores às dos restantes cidadãos.

No primeiro caso, a pena estabelecida é de um a cinco anos, agravada para de um a oito anos se "o valor da incompatibilidade" exceder 350 salários mínimos mensais, ou seja, em valores atuais, 169 mil e 750 euros.

Esta iniciativa legislativa aplica-se aos funcionários públicos, titulares de cargos políticos e altos cargos públicos durante o período de exercício de funções e nos três anos seguintes à cessação dessas funções.

PSD e CDS-PP propõem que "a obrigação de apresentar a declaração de rendimentos e património", prevista na lei de controlo público da riqueza dos titulares de cargos políticos, se extinga "três anos após a data da cessação da função que lhe deu origem, mediante a apresentação de uma declaração final".

Quanto aos demais cidadãos, a pena prevista no projecto de lei de PSD e CDS-PP é de até três anos de prisão, agravada para de um a cinco anos quando a desproporção de riqueza seja superior aos referidos 350 salários mínimos mensais.

De acordo com o projecto, "compete ao Ministério Público, nos termos do Código do Processo Penal, fazer a prova de todos os elementos do crime de enriquecimento ilícito".

O projecto de lei que o PSD e o CDS-PP apresentaram inicialmente, e que foi aprovado na generalidade em Setembro, para criminalizar o enriquecimento ilícito abrangia apenas os titulares de cargos públicos e não estabelecia quais os valores a partir dos quais esse enriquecimento era punido.

 

 Se assim o desejar, visite a fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:55

"Hackers" atacam sítios na Internet de três bancos e prometem mais ações

Quarta-feira, 01.02.12

Os sítios na Internet de três bancos no Brasil foram atacados por "hackers", que anunciarem no Twitter mais acções contra instituições financeiras, numa acção chamada #opweekspayment, que ocorre na semana em que a maioria dos trabalhadores recebe o salário.

A estratégia, segundo informaram os "hackers" por e-mail à agência Lusa, não é invadir os sites ou roubar dados, mas bombardeá-los com acessos para chamar a atenção e protestar "contra a corrupção".

Os bancos Itaú, Bradesco e Banco do Brasil divulgaram que seus sítios passaram por momentos de indisponibilidade na segunda-feira, na terça-feira e hoje, respectivamente, mas não informaram o motivo.

No caso do Bradesco, foi registado mais do dobro da quantidade habitual de acessos na terça-feira. À imprensa brasileira, o banco informou que pode ter bloqueado clientes durante o combate a tentativas repetidas de acessos à página.

Atingido hoje, o Banco do Brasil divulgou ter registado picos no volume de acessos ao sítio, o que causou lentidão em algumas regiões do país.

O banco informa entretanto que esta situação não comprometeu a segurança dos dados dos clientes.

A acção é "uma forma de protesto contra a corrupção no Brasil", informou um dos hackers por e-mail. Segundo os participantes, o alvo de quinta-feira será "provavelmente" o sítio do Santander. A intenção é atacar um banco por dia até sexta-feira.

Num vídeo divulgado pela revista Época, um suposto "hacker" informa que o grupo responsável pela ação é formado por sete pessoas, entre 25 e 35 anos, e com emprego fixo.

Há uma controvérsia quanto à autoria dos ataques. Enquanto "hackers" afirmam ser ligados ao Anonymous Brasil, a página atribuída ao grupo na rede social Facebook possui "posts" que negam relação com a acção desta semana.

 

 


Se assim o desejar, visite a fonte da informação clicando aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:48


Pesquisar

 


subscrever feeds


Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural

Pág. 11/11