Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Alberto João Jardim pode vir a ser processado criminalmente

18.09.11, Planeta Cultural

Marcelo Rebelo de Sousa diz que Alberto João Jardim pode vir a ser processado criminalmente!

 

Será que Alberto João Jardim se irá preocupar com a frase proferida pelo comentador da TVI?

 

Vai ser bonito se os nossos magistrados ou políticos da oposição se lembram de levar a avante esta "deixa" lançada pelo professor Marcelo!

Extinção acelerada de línguas nativas

18.09.11, Planeta Cultural

A globalização e a pressão sobre comunidades indígenas de se integrarem na cultura dominante estão a acelerar o desaparecimento de centenas de idiomas no mundo, o que representa, mais do que uma perda de palavras, a destruição de uma forma de vida.


Dos seis mil idiomas recenseados no planeta, mais de 2,5 mil estão em risco de desaparecer, segundo especialistas da Organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) reunidos recentemente em Quito. Entre eles estão, por exemplo, o andoa equatoriano, que tem apenas uma pessoa falante do idioma, e o zapara, com seis idosos fluentes.
Com eles desaparecem os seus conhecimentos naturais, além de uma maneira de conceber o espaço, o universo e a relação com outros seres humanos, destacou Marleen Haboud, coordenadora de um congresso internacional sobre o tema que decorreu na Pontifícia Universidade Católica de Quito.
Outro exemplo é o mohawk, língua de uma tribo indígena da confederação iroquois que vive entre os Estados Unidos e o Canadá. Esse idioma não segue a estrutura tradicional do sujeito, verbo e predicado – base do inglês, português e espanhol, entre outros. Os seus falantes colocam em primeiro lugar a informação que acreditam ser mais importante para o ouvinte, independentemente de ser nome, adjectivo ou acção, explicou Marianne Mithun, uma linguista americana que há décadas trabalha no resgate desse idioma. Línguas diferentes “mostram maneiras diferentes da mente humana codificar a informação, entender e sistematizar o mundo, a experiência, e são formas nunca pensadas por nós que só falamos uma língua europeia”, opinou Mithun. Para ela, das 300 línguas documentadas na América do Norte, em meados desta década somente 12 devem sobreviver. Os continentes onde a ameaça é maior são a Oceânia e as Américas. No Brasil pelo menos 190 idiomas estão em risco, no México 144, na Colômbia 68 e no Peru 62.

Tito em Luanda, um concerto do fundo da muxima*

18.09.11, Planeta Cultural

Era uma vez... uma Angola que convidava artistas de renome, vozes inconfundíveis, sinfonias melódicas e nos brindava com o casamento entre a música clássica e o semba, a morna, o funaná e a coladeira.

 

Foi assim na noite passada. Não foi uma história de encantar, mas uma realidade encantadora, que a todos fez viajar pelos acordes da guitarra de Tito de Paris, acompanhada por violinos, violoncelos, clarinetes, piano e muita percussão.

Mas Tito não nos presenteou apenas com a surpresa de unir o clássico ao tradicional. Trouxe consigo as vozes de Leonel Almeida, Sandra Horta, Ritinha Lobo e Diva, todos cabo-verdianos e convidou os angolanos Patrícia Faria, Paulo Flores e Matias Damásio, para participações que deixaram a plateia em êxtase.

De Lisboa veio também a Orquestra Olissipus, que acompanha Tito nos últimos anos, composta por 36 elementos e dirigida por um maestro de craveira internacional, o russo Yan Mikirtumov.

 

Ler mais aqui

Rock in Rio atrai 700 mil pessoas à Cidade Maravilhosa

18.09.11, Planeta Cultural

 

O festival Rock in Rio, que começa na quinta-feira, volta ao Rio de Janeiro ao fim de dez anos, atrairá 700 mil pessoas e terá um impacto na cidade de 273 milhões de euros.

"Voltamos para ficar", foi assim que o criador e presidente do Rock in Rio, Roberto Medina, definiu o espírito do festival ao fazer a entrega simbólica da chave da Cidade do Rock, no passado dia 2.

A poucos dias do arranque do festival, as obras no Parque Olímpico Cidade do Rock, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, já estão concluídas e custaram 37 milhões de reais (15,6 milhões de euros).

No futuro, o espaço, de 150 mil metros quadrados, será destinado ao lazer dos atletas durante os Jogos Olímpicos Rio em 2016.

O total de material usado para construir a infraestrutura do espaço é de 6 mil toneladas de equipamentos.

Roberto Medina defendeu que o Rock in Rio é um "modelo único" de festival e que poderá ser exportado para outros países, assim como já o fez em Portugal e Espanha.

"Já há 10 anos na Península Ibérica, estamos agora de volta ao Rio e pensando expandir para outros países da Europa, Estados Unidos e até Ásia. Cerca de 700 mil pessoas virão assistir às mais de 160 bandas", ressaltou Medina.

Em 2012, o festival terá uma nova edição em Lisboa, no Parque da Bela Vista.

Médicos apelam à vigilância do cancro da próstata

18.09.11, Planeta Cultural

Três a quatro mil novos casos de cancro da próstata surgem todos os anos em Portugal e os médicos avisam para a necessidade de rastreio, sublinhando que o exame é simples e não corresponde aos mitos difundidos.

 

"A única forma de controlar é ir ao médico uma vez por ano a partir dos 50 anos e fazer uma análise do sangue e apalpação da próstata, através de toque rectal. Há um mito em torno deste exame, que é simplíssimo, demora segundos a fazer e não custa nada e não dói nada", assegurou Tomé Lopes, presidente da Associação Portuguesa de Urologia, em declarações à agência Lusa.

 

Na segunda-feira, a associação inicia uma semana de acções de sensibilização para as doenças da próstata, que deverão decorrer em todo o país, com o objectivo de lembrar os homens que o tumor da próstata se desenvolve especialmente a partir dos 50 anos.

 

"No homem, o cancro da próstata é o cancro mais frequente e é a segunda causa de morte oncológica", avisa Tomé Lopes, lembrando que há entre 1500 a 1800 mortes todos os anos em Portugal.

 

Actualmente, cerca de 60% dos doentes surge com a patologia localizada, o que tem melhorado ao longo dos anos, em grande parte graças ao rastreio feito voluntariamente pelos homens.

 

O presidente da Associação de Urologia alerta ainda que a doença só é curável na sua fase inicial, quando ainda é silenciosa e não apresenta sintomas: "É tratável em todos os estádios, mas curável só no início".

 

Daí que os médicos recomendem a todos os homens que façam exames anuais a partir dos 50 anos. Caso haja casos de cancro na família, esses exames devem ser realizados a partir dos 45 anos.

 

 

In' JN

Ensino Superior: Metade dos cursos com todas as vagas preenchidas

18.09.11, Planeta Cultural

Metade dos cursos do ensino superior ficaram com a totalidade das vagas preenchidas na primeira fase do concurso de acesso, enquanto 17 ficaram sem qualquer aluno colocado.

Dos 1152 cursos abertos a candidatura, 574 ficaram com todas as vagas preenchidas, o que representa 49,8 por cento. No extremo oposto ficaram 17 cursos, de nove Institutos Politécnicos, que não viram qualquer vaga preenchida.

O curso de Direito da Universidade de Lisboa volta a ser o recordista das colocações, com as suas 450 vagas preenchidas, seguido do mesmo curso na Universidade de Coimbra, com todos os 330 lugares ocupados.

A nível das instituições, as escolas superiores de enfermagem de Lisboa, Porto e Coimbra esgotaram todas as vagas nesta primeira fase do concurso de acesso ao ensino superior, enquanto a escola superior de hotelaria do Estoril e a Universidade do Porto ficaram com 99 por cento das vagas ocupadas.

Por outro lado, os institutos politécnicos de Tomar e Bragança, ficaram com apenas 26 e 35 por cento dos lugares tomados, respetivamente.

A média mais alta foi registada, como nos últimos três anos, no curso de Medicina da Universidade do Porto, tendo o último aluno colocado obtido 18,63 valores (numa escala de 0 a 20), mas houve 16 cursos em que o último aluno colocado entrou com 9,5 valores, a nota mínima definida para entrada no ensino superior público.

 


Visite a fonte da informação clicando aqui