Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Honda fará recall de 200 mil veículos por problemas no motor

25.07.11, Planeta Cultural

A montadora japonesa Honda informou nesta segunda-feira que vai realizar um recall de aproximadamente 200 mil veículos em razão de defeitos nos motores.

A montadora substituirá peças do motor que podem causar problemas com o sistema de esfriamento. Segundo um comunicado da empresa, nos piores casos, a pane pode provocar paradas do motor.

De acordo com a empresa, 63 clientes fizeram reclamações sobre problemas nos motores no Japão. No entanto, não teriam sido registrados acidentes.

 

"Globalmente, há cerca de 200 mil carros, incluindo 50.122 no Japão, com problemas similares", afirmou a Honda. A empresa também fará um recall de cerca de 100 mil unidades na América do Sul e 6.800 na Europa.

No Brasil, a empresa informou que está analisando os veículos do modelo New Civic, produzidos localmente. O Procon-SP, que reúne informações sobre recall no país, afirmou que ainda não havia sido notificado pela Honda.

No Japão, a Honda afirmou que fará um recall de mais de 50 mil unidades dos modelos Stream, Civic e Crossroad que foram produzidos nas suas fábricas domésticas entre julho de 2008 e julho de 2010. Esse modelos não são produzidos nem revendidos no Brasil, segundo a Honda.

O restante dos veículos passará pelo recall no Oriente Médio e na África, mas o conserto não cobre os mercados na América do Norte.

 


Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

UBS recomenda compra de acções europeias em detrimento das norte-americanas

25.07.11, Planeta Cultural

Pacote de resgate financeiro à Grécia alivia a Europa de alguns riscos, o que leva o UBS a lançar uma recomendação de acumulação de acções europeias nas carteiras dos investidores. É a primeira vez que o faz em quase dois anos.

 

Pela primeira vez em quase dois anos, o UBS está a recomendar os seus clientes terem mais acções europeias nas suas carteiras. Pelo contrário, indica que devem diminuir a aposta em acções norte-americanos.

“O compromisso dos líderes da União Europeia para o projecto europeu, na semana passada, ajudou a acalmar os receios”, escreveu numa nota o estratega Jeffrey Palma, do UBS, citado pela Bloomberg. O analista referia-se ao segundo pacote de resgate financeiro à Grécia no valor de 109 mil milhões de euros.

“Com as preocupações a curto prazo sobre a Europa colocadas de lado e com os mercados dos Estados Unidos próximos dos máximos de um ano, a recompensa pela tomada de risco favorece os mercados europeus”, considerou o estratega.

De acordo com a Bloomberg, o UBS elevou a recomendação para as acções do Velho Continente para “overweight”, o que indica que os investidores devem engordar a presença destes títulos na sua carteira. Já a recomendação para as acções norte-americanas é de “underweight”, o que aconselha aos investidores o comportamento inverso.

Apesar de admitir que o plano europeu não é uma solução “abrangente”, o suíço UBS acredita que os riscos desceram no que diz respeito à Europa, depois da resposta europeia aos receios de contágio da crise da dívida à Espanha e à Itália.

Nos últimos cinco dias, na expectativa e na resposta ao resgate grego, o Stoxx Europe 600 valorizou 3,5%. Ao mesmo tempo, o norte-americano Standard & Poor’s subiu 2,86%. Hoje, esta apreciação foi interrompida com a descida do “rating” da dívida da Grécia por parte da Moody’s e com a continuação do impasse em torno do aumento do limite do endividamento nos EUA.

Desde o início do ano, o índice europeu marca uma queda anual de 1,6%, ao passo que o S&P regista um incremento de 6,8%.

 


Visite a fonte da informação clicando aqui

Talibãs enforcam menino de oito anos

25.07.11, Planeta Cultural

Pai não cumpriu as exigências dos insurgentes

 

Um menino de oito anos foi enforcado por talibãs na província de Helmand, no Afeganistão, informa a CNN.

O pai do rapaz é um polícia de Gereshk que se recusou a cumprir uma exigência dos insurgentes, que queriam um veículo policial.

Num comunicado, o presidente afegão, Hamid Karzai, condenou o incidente. «Esta acção não é permitida em nenhuma cultura ou religião», escreveu, acrescentando que as autoridades têm ordem para capturar os talibãs «o mais rapidamente possível».

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Papai e mamãe papagaio ensinam filhotes a falar, diz estudo

25.07.11, Planeta Cultural

Os papagaios aprendem a falar da mesma forma que os humanos, com a ajuda de seus pais.

Essa é a conclusão de um estudo, feito na Venezuela e publicado pela revista "Science", sobre as aves.

Segundo o texto, os filhotes de papagaio não nascem "programados" geneticamente para falar.

 

Foi observado que os pais ensinam os filhos a vocalizar alguns sons, que seriam seus "nomes", para conseguir chamar a atenção deles quando necessário.

Trata-se da mesma forma como os bebês humanos aprendem a chamar "papai", "mamãe" ou os nomes deles.

 

Essa é a maior pesquisa já feita com as aves --durou ao todo 24 anos-- e a primeira a evidenciar que os papagaios aprendem a falar.

 

Por isso, está sendo comparada às realizadas por Jane Goodall com os chimpanzés da Tanzânia e por Cynthia Moss com os elefantes do Quênia.

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Reactor nuclear experimental português e refinarias da Galp na lista de alvos de Breivik

25.07.11, Planeta Cultural

O reactor nuclear experimental na Bobadela e as refinarias da Galp no Porto e em Sines estão na lista de alvos de eventuais ataques identificados por Anders Breivik no âmbito do seu plano para derrubar o multiculturalismo na Europa.

 

O autor dos atentados de sexta-feira na Noruega, que causaram a morte a mais de 90 pessoas, publicou na Internet um manifesto intitulado "2083 - Declaração Europeia da Independência", com 1.518 páginas, em que explica detalhadamente o seu plano anti-multiculturalismo e anti-islamização da Europa, acompanhado por um vídeo no YouTube, entretanto removido.

O norueguês de 32 anos apresenta no documento, que diz ter elaborado nos últimos nove anos através de um investimento de 317 mil euros e em colaboração com outros "indivíduos corajosos de todo o mundo", o que considera a "única solução para os problemas actuais da Europa Ocidental e como a resistência deverá actuar nas próximas décadas".

Numa "primeira fase" da resistência, afirma, os principais alvos são "líderes políticos e de meios de comunicação social", referindo-se, no caso português, ao PSD, PS, PCP, Bloco de Esquerda e Os Verdes como os partidos políticos que têm apoiado a "islamização da Europa" e aponta o Partido Progressista da Noruega como o "partido anti-islamização mais bem sucedido da Europa".