Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Nasce amanhã o 53º país africano

08.07.11, Planeta Cultural


Mais de 8 milhões de sudaneses do sul testemunharão este sábado, 09 de Julho, o nascimento da 193ª nação mundial, a 53ª  a nível africano.

 


 

Com uma área de 619 745 quilómetros quadrados, o novo estado africano é constitúido por dez estados, sendo Juba, a capital do país.

Neste sábado, 09 de Julho, espera-se a presença de 30 dirigentes africanos, entre eles Omar al-Bashir, que discursará perante os seus pares e os milhões de sudaneses que se esperam assistam ao histórico acto. O Ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, William Hague, e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, também devem assistir às cerimónias.

O içar da bandeira acontece seis anos depois do Tratado de Naivasha, assinado em 9 de Janeiro de 2005 em Nairóbi, Quénia, que pôs fim à mais longa guerra civil da história do continente africano (1983-1995), entre o Exército do Sudão e rebeldes sulistas do SPLA (Exército Popular de Libertação do Sudão), sudaneses de raça negra e religião cristã ou animista.

Durante a guerra, morreram mais de dois milhões de pessoas e mais de quatro milhões foram deslocadas.

Apesar dos  acordos de paz, continuam os combates em Kordofan do Sul, na fronteira do Sudão e do Sudão do Sul. Mais de 2300 pessoas morreram desde o começo do ano no sul do Sudão devido a confrontos tribais e à violência de rebeldes, segundo revelou ontem fonte da ONU.

Mais de 500 pessoas morreram só na última quinzena de Junho, segundo cifras da ONU, o que indica um agravamento da situação. No relatório anterior, em meados do mês passado, eram contabilizados 1800 mortos desde o começo de 2011.

A maior parte das novas mortes esteve relacionada com disputas por gado na região de Pibor, segundo agências humanitárias da ONU no sul do Sudão.

Grupos étnicos disputam há séculos o gado, parte vital da economia local. Mas o número de mortos tem aumentado porque, depois de décadas de guerra civil, a área está infestada de armas ligeiras. O governo do sul do Sudão acusa o norte de armar tribos rivais e de provocar insurgências para abalar o futuro país e manter seu controlo sobre ele. Porém, Cartum nega as acusações.

A independência Sul do Sudão foi decidida num referendo realizado entre 9 e 15 de Janeiro deste ano, quando mais de 98 porcento dos eleitores votaram a favor da secessão.

 

 

Dados do Sudão do Sul

Capital     Juba

Cidade mais importante     Juba

Língua oficial     Inglês e árabe

Língua não-oficial     O árabe de Juba é a língua franca em torno da capital; o dinka tem 2 a 3 milhões de falantes, e outras principais línguas são o nuer, zande, o bari e o shilluk

Presidente     Salva Kiir Mayardit

Independência      9 de julho de 2011

Autonomia regional     9 de janeiro de 2005

Área Total     619 745 km²

Fronteira     Sudão, Etiópia, Quênia, Uganda, República Democrática do Congo e República Centro Africana

População (Censo 2008)     8 260 490 hab.

Densidade     13,3 hab./km²

Moeda     Dinar sudanês (SDD)

Código telefónico     +249

 

 


Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Gato morre de overdose após vizinha 'assoprar' fumaça de heroína em seu rosto

08.07.11, Planeta Cultural

Boulder (EUA) - As overdoses causadas por heroína são trágicas e, infelizmente, não estão restritas aos seres humanos. Policiais da cidade de Boulder, no Colorado, Estados Unidos, acreditam que um gato morreu por inalar heroína, após a vizinha Danielle Blankenship, de 21 anos, ter assoprado fumaça da droga em seu rosto.

A jovem foi presa acusada de maus tratos de animais após a misteriosa morte do pequeno Muffin. Ela chegou a admitir ter batido em seu namorado por não deixar que usasse o telefone para pedir uma carona, contaram os policiais. Esse mesmo namorado foi quem contou aos agentes sobre o episódio envolvendo o gato.

Danielle negou o fato e disse que nunca machucaria um animal. Uma perícia foi marcada para esclarecer as reais circunstâncias sobre a morte de Muffin, que foi encontrado em estado vegetativo perto da casa da jovem e morreu enquanto veterinários tentavam reanimá-lo.

 


Visite a fonte da informação clicando aqui

Médicos alertam para remédio russo usado de forma recreativa na Grã-Bretanha

08.07.11, Planeta Cultural

Um remédio russo para epilepsia está sendo cada vez mais usado de forma recreativa por jovens na Grã-Bretanha, segundo especialistas.

O phenazepam é uma droga usada para condições como insônia e síndrome de abstinência alcoólica e, por não ser ilegal na União Europeia e nos Estados Unidos, pode ser comprada pela internet.

 

Ela pode ser adquirida com receita na Rússia e em vários países da antiga União Soviética.

Pesquisadores da universidade escocesa de Dundee dizem ter observado desde janeiro nove casos de pessoas que morreram cujos exames de sangue indicavam a presença da substância.

"Embora tenhamos detectado o phenazepam em nove casos, seu uso não pode ser identificado diretamente como a causa das mortes", disse Peter Maskell, da universidade.

Todas as nove pessoas mortas tinham um histórico de uso de drogas ilegais.

 

Diazepam

Para Maskell a substância "parece cada vez mais um substituto para outras drogas, especialmente o diazepam", referindo-se ao conhecido remédio calmante.

"Se foi uma mudança deliberada da parte dos usuários ou se é o que os traficantes passaram a vender, não está claro", disse ele.

"Esta não é uma droga para festas, consumida por usuários ocasionais, mas uma mais provável de ser consumida por pessoas com histórico de problemas com drogas pesadas, frequentemente, heroína, metadona e outros opiáceos", disse ele.

Há relatos de que o phenazepam vem sendo usado de forma irregular também na Suécia, Finlândia e nos EUA.

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Homem faz promessa e não toma banho há 37 anos

08.07.11, Planeta Cultural

 

Guru Kailash Singh, de 65 anos, vive com a mulher e sete filhas. Mas o grande sonho é ter um filho e acredita que os deuses ainda vão satisfazer o seu desejo.

O indiano Guru Kailash Singh, que vive na aldeia de Chatav, perto da cidade de Varanasi, na Índia, não toma banho há 37 anos. A promessa foi feita com o objectivo de ter um filho rapaz, pois até hoje só lhe nasceram filhas (7). Singh acredita que os deuses estão satisfeitos com a sua devoção e, eventualmente, podem dar-lhe um filho.

Apelidado pela imprensa local como o homem mais mal cheiroso do mundo, Singh usa roupa larga e apenas utiliza água para lavar os dentes e as mãos.

"Ele diz que prefere morrer a tomar banho. Só mesmo o nascimento de um filho o fará mudar de ideias. Isto já dura há tanto tempo que estou habituada", disse Kalavati Devi, 60, mulher de Singh.

Resta dizer que este homem, de barbas enormes e cabelo com dois metros, trata de vacas e trabalha na agricultura com temperaturas a rondar os 40 graus.

 


Visite a fonte da informação clicando aqui

Avião com 112 a bordo cai na República Democrática do Congo

08.07.11, Planeta Cultural

Um avião com 112 pessoas a bordo caiu nesta sexta-feira ao tentar aterrissar em meio ao mau tempo no aeroporto internacional de Kisangani, na República Democrática do Congo, disse uma autoridade da companhia aérea congolesa Hewa Bora à Reuters por telefone.

 

De acordo com um funcionário da companhia, ao menos 53 pessoas teriam morrido na queda do Boeing 727 no momento em que o piloto tentava aterrissar.

 

"Cinquenta e três mortos, é o número que tenho", disse StavrosPapaioannou, executivo-chefe da Hewa Bora, à Reuters. No entanto, ele afirmou que o número de vítimas é preliminar e deve mudar.

 

O acidente foi confirmado por uma fonte do governo na capital Kinshasa.

 

Segundo um porta-voz do governo, 40 pessoas passageiros conseguiram deixar o avião e sobreviveram.

 

"O acidente ocorreu a cerca de 200 metros do aeroporto de Kisangani, durante a aterrissagem. Quarenta pessoas foram retiradas, e as operações de resgate continuam", afirmou o porta-voz Lambert Mende.

 

Aeronaves da Hewa Bora têm um longo histórico de acidentes. Em abril de 2008, uma aeronave DC-9 da companhia caiu sobre um mercado lotado após decolar do aeroporto de Goma, no leste do país, matando 40 pessoas.

 

Em setembro do mesmo ano, outro avião da Hewa Bora com 17 a bordo caiu, matando todos os ocupantes.

 


Visite a fonte da informação clicando aqui