Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

China executa estudante que atropelou e esfaqueou mulher

07.06.11, Planeta Cultural

 

Um estudante universitário chinês, condenado por assassinar uma mulher que havia atropelado para tentar encobrir o acidente, foi executado nesta terça-feira, segundo a mídia estatal do país.

 

A execução de Yao Jiaxin, de 21 anos, aconteceu em Xian, na província de Shaanxi, no norte do país.

 

Yao esfaqueou Zhang Miao, de 26 anos, até a morte, por temer que ela pedisse uma indenização após ter sido atropelada por ele em outubro de 2010.

 

Segundo correspondentes, o caso foi descrito como "odioso" pela Corte Suprema chinesa e estimulou um debate sobre a moralidade dos jovens da "segunda geração rica" - os filhos de pessoas que prosperaram com a expansão econômica da China.

 

Os pais de Yao Jiaxin trabalhavam nas indústrias de defesa da China, que registram crescimento acelerado.

 

‘Camponesa’

O garoto estudava no Conservatório Musical de Xian na época em que atropelou Zhang Miao, uma garçonete que estava de bicicleta.

 

De acordo com relatos, ela teve somente ferimentos leves.

 

No entanto, o jovem a esfaqueou por medo de que ela o denunciasse à polícia. Em seguida, ele fugiu do local.

 

O estudante se entregou à polícia quatro dias depois, na companhia de seus pais, segundo jornais chineses.

 

Mas isso não o poupou da condenação à morte quando foi julgado pela Corte Popular Intermediária de Xian, em 22 de abril.

 

Segundo a agência de notícias estatal Xinhua, Yao Jiaxin disse ter matado a mulher porque teve medo que "fosse difícil lidar com a camponesa" após o acidente.

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Chevrolet tenta recuperar vendas com novo Aveo

07.06.11, Planeta Cultural

 

Preços do novo Aveo começam nos 12.490 euros

 

A Chevrolet pretende recuperar parte das vendas registadas em 2010 com o lançamento do novo Aveo, um carro do segmento B no qual a marca americana aposta forte a nível mundial, aproveitando a procura de automóveis equilibrados entre o preço e a qualidade.

João Falcão Neves, director-geral da Chevrolet Portugal, afirma que o novo Aveo, disponível a partir de 17 de Junho, «encerra um ciclo da renovação da gama Chevrolet», surgindo como um produto forte e competitivo.

Para o responsável da marca norte-americana, o novo Aveo é essencial na estratégia da Chevrolet já que foi o modelo que mais vendeu em 2010: «O Aveo representou mais de um terço das vendas da marca e acreditamos que estaremos entre os três primeiros lugares no segmento B».

A Chevrolet, segundo dados da Associação Automóvel de Portugal, está com uma quebra de vendas de 48,9% no acumulado até Maio quando comparado com o mesmo período do ano passado, com uma quota de mercado de 1,72%.

João Falcão das Neves acredita que, apesar da conjuntura de crise em Portugal, a Chevrolet deverá chegar a uma quota de mercado entre os 4 e os 5% em 2012.

Versão de 1.3 litros a gasóleo só no final do ano

O novo Aveo, «que foi desenhado a partir de uma folha branca», frisa Falcão Neves, «é o exemplo perfeito de como a gama europeia da Chevrolet evoluiu nos últimos anos», acrescentando que é um carro «anti-crise».

Os preços do novo Aveo começam nos 12.490 euros e estará disponível nas versões de dois volumes com cinco portas e três volumes com quatro portas. Para já, será apresentado com motorizações a gasolina de 1.2 e 1.4 litros e, para o final do ano, virá para Portugal a versão de 1.3 litros a gasóleo.

A marca americana celebra este ano o seu centenário, durante o qual lançará sete novos modelos. O Orlando, Captiva e Aveo já estão no mercado, ficando a faltar o Cruze «hatchback», o Corvette, Camaro e o eléctrico Volt.

A Chevrolet registou em 2010 um volume de mais de 477 mil automóveis vendidos na Europa, o correspondente a uma quota de mercado de 2,5%.

A Chevrolet é a maior marca global da General Motors, com vendas anuais de aproximadamente quatro milhões de veículos em mais de 130 países. É a quarta maior marca automóvel a nível mundial em termos de vendas.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Benfica desconhece qualquer proposta por Fábio Coentrão

07.06.11, Planeta Cultural

 

O Benfica comunicou esta terça-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários que desconhece a existência de qualquer proposta para contratar o futebolista Fábio Coentrão.

"A Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários, vem esclarecer que desconhece qualquer proposta apresentada à Sociedade, ou a qualquer outra entidade que seja do seu conhecimento, por parte de algum clube, sociedade, empresário ou qualquer intermediário, relativamente à aquisição dos direitos desportivos do atleta Fábio Coentrão", refere o comunicado da sociedade "encarnada".

Na segunda-feira, o Benfica negou, em comunicado publicado na sua página oficial, que tivesse chegado a acordo com o Real Madrid para a transferência do defesa esquerdo, tendo sublinhado ainda que a cláusula de rescisão era de 30 milhões de euros.

Esta terça-feira, fonte do Benfica revelou que o clube iria instaurar um processo disciplinar a Fábio Coentrão por este ter dado uma entrevista ao jornal espanhol "As", na qual manifesta o desejo de rumar aos "merengues", infringindo assim o regulamento interno do clube.

Os "encarnados" também ponderam apresentar uma queixa na FIFA contra o Real Madrid, "por assédio indevido e não autorizado a Fábio Coentrão", segundo revelou também fonte ligada ao processo citada pela Agência Lusa.

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Voo 447: 74 corpos permanecerão no fundo do mar

07.06.11, Planeta Cultural

 

Dois anos após a queda no oceano Atlântico do voo AF 447 que ligava o Rio de Janeiro e Paris, o governo francês anunciou esta terça-feira que 74 corpos de passageiros que não foram resgatados até o momento permanecerão no fundo do mar.

 

Numa carta enviada às famílias das vítimas, as autoridades francesas explicam que todos os corpos que estavam em condições de serem retirados foram resgatados durante a quinta fase de buscas.

O avião Airbus A330 da Air France caiu no Atlântico sem deixar sobreviventes. Dos 228 passageiros, 50 foram encontrados na primeira fase de buscas, ainda em 2009, enquanto outros 104 foram retirados na quinta fase, quando também foram encontradas as duas caixas-pretas da aeronave.

 

Leia mais aqui