Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Incidentes no lançamento do iPhone4 em Pequim

09.05.11, Planeta Cultural

 

O lançamento do iPhone4 na loja da Apple em Pequim levou a incidentes junto ao espaço da capital chinesa no último sábado, que teve de ser encerrado.

 

Um funcionário e um cliente que tentava comprar o iPhone4 ter-se-ão envolvido em confrontos na loja da Apple de Pequim, segundo Wang Ming, que terá testemunhado os incidentes e sido atingido com uma garrafa que voou durante a cena de pancadaria.

 

De acordo com agências noticiosas chinesas citadas pela Associated Press, pelo menos três clientes ficaram feridos.

 

Algumas fotografias mostram Wang Ming e outro homem feridos, no chão, fora da loja – cujo vidro na porta estava destruído.

 

De acordo com declarações de Carolyn Wu, porta-voz da ‘marca da maçã’ na China citada pelo The Guardian, a loja «foi encerrada por algumas horas no sábado depois de um grupo fora da loja ter fico descontrolado».

 

Descontrolada está também a venda de alguns dos mais recentes produtos Apple, que dispararam nos casos dos iPhone e iPad, potenciando o mercado paralelo.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Robert Pattinson quer voltar a dedicar-se à música

09.05.11, Planeta Cultural

Robert Pattinson está apostado em dedicar-se novamente à música.


O actor deu diversos concertos antes de se tornar famoso graças aos filmes da série «Crepúsculo». Uma canção sua, «Never Think», figurou numa das bandas sonoras da saga vampiresca.

 

«Gostava de voltar a dar concertos porque há anos que não o faço», confessou à BBC. «É viciante e torna a vida muito mais entusiasmante», completou na entrevista.

 

O drama de Pattinson tem agora a ver com uma agenda que tem o cinema como prioridade. «Água aos Elefantes» é a mais recente obra em que surge como protagonista.

 

 

Visite aqui a fonte da informação

Personagens de Roger Hargreaves animam logótipo da Google

09.05.11, Planeta Cultural

 

O aniversário do escritor e ilustrador britânico Roger Hargreaves é o mote do logótipo animado lançado hoje pela Google

 

Para comemorar o 76º aniversário do escritor, falecido em 1988, da Google decidiu criar uma série de doodles, assim se chamam os logótipos animados, com desenhos das diversas personagens criadas por Roger Hargreaves nos seus livros Mr. Men.

 

Nos mais de dez doodles desenhados pela Google, que vão mudando de cada vez que os cibernautas entram na homepage do motor de busca, é possível encontrar algumas das personagens criadas pelo ilustrador britânico, desde Mr. Happy a Mr. Bump, em diversos cenários extraídos dos livros.

 

A publicação das primeiras aventuras do universo Mr. Men ocorreu em 1971 e 40 anos depois os livros de Roger Hargreaves já ultrapassaram as 100 milhões de cópias vendidas em 28 países.

 

Para breve está prevista uma adaptação dos desenhos animados ao grande ecrã, num projecto do departamento de animação da Twentieth Century Fox.

 

 


Visite a fonte da informação clicando aqui

S&P diz que baixará "rating" se Portugal falhar metas do défice

09.05.11, Planeta Cultural

Depois de ter descido o “rating” da Grécia, a Standard&Poor´s diz que voltará a fazer o mesmo a Portugal se o país falhar nas metas de redução do défice acordadas com a troika.

 

O aviso foi deixado durante uma conferência telefónica, durante a qual os técnicos da agência de notação de risco advertiram que vão considerar como incumprimento, para efeitos de notação dos soberanos, tudo o que possa ter um impacto negativo no valor líquido presente de uma obrigação, incluindo uma dilatação do prazo de reembolso.

Tendo ainda a Grécia em pano de fundo, a S&P diz, no entanto, não acreditar na sua saída do euro.


A última vez que a S&P desceu o “rating” da República portuguesa foi a 29 de Março, altura em que baixou a classificação para BBB, com perspectiva negativa, ficando apenas um nível acima de “lixo”. No rescaldo, desceu igualmente a notação da banca, subindo a pressão para o pedido de ajuda externa, que acabou por ser anunciado pelo Governo a 6 de Abril.

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui