Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Cientistas explicam desaparecimento das manchas solares

03.03.11, Planeta Cultural

Três cientistas de um grupo de pesquisa internacional disseram ter resolvido o mistério do desaparecimento das manchas solares, um fenômeno que intriga astrofísicos do mundo todo.

 

O trio descobriu que uma combinação entre campos magnéticos do Sol, quando estão enfraquecidos, e a baixa atividade solar do astro resultam no sumiço das manchas.

 

As manchas, que aparecem ao olho humano como se fossem pontos escuros no Sol e podem se estender em até 46,6 mil quilômetros, praticamente desapareceram entre 2008 e 2009.

É comum o Sol passar por ciclos regulares de alta e baixa atividade com uma estimativa de cerca de 11 anos. Mas as manchas não tem a tendência de sumir por tanto tempo.

Durante os períodos de baixa atividade solar, o campo magnético do Sol fica mais fraco, permitindo que raios cósmicos penetrem no Sistema Solar, o que torna o ambiente mais perigoso para as missões espaciais.

Ao mesmo tempo, ocorre a redução da radiação ultravioleta, que afeta a atmosfera terrestre e, consequentemente, o sistema de comunicação.

A descoberta abre caminho para os cientistas preverem os períodos de calmaria do Sol com o estudo preliminar dos campos magnéticos dos polo norte e sul do astro.

Com isso, podem proteger o sistema de comunicação a tempo, alterando a órbita de satélites, por exemplo.

O estudo será publicado na edição desta quinta-feira da revista "Nature".

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Carboxiterapia ajuda a reduzir celulite, estrias e gordura

03.03.11, Planeta Cultural

 

 

 

Apesar de o nome ser um tanto misterioso, a carboxiterapia é um tratamento mais simples do que se imagina e traz resultados rapidamente. Sandra Selva, proprietária do Instituto L’operá afirma que “os resultados são vistos a olho nu já nas primeiras aplicações”.

O tratamento consiste em injeções de gás carbônico que são aplicadas na pele para estimular a produção do colágeno e fibras elásticas, atuando diretamente no combate às estrias. Além disso, o gás destrói as células de gordura e faz uma vasodilatação, aumentando o fluxo de oxigênio, melhorando a circulação, a oxigenação dos tecidos, dissolvendo nódulos de celulite e as células de gordura.

“Quando estimulamos as células de colágeno, a pele fica mais viçosa, mais bonita e irradia beleza, além de contribuir para a renovação celular e manter a pele jovem por mais tempo”, afirma Sandra.

Outros benefícios da carboxiterapia são os resultados na região da cútis, como a redução de olheiras, papadas, cicatrizes, rugas superficiais e rejuvenescimento da face. Além da dermatologia e do tratamento estético, especialidades médicas como angiologia, urologia e reumatologia também se beneficiam com o tratamento.

Apesar de não ser um procedimento cirúrgico, é necessário ter cuidado da hora de realizá-lo. “Todo tratamento tem seus riscos, e é preciso ficar alerta ao estabelecimento onde o tratamento é feito, pois ele deve ser feito e acompanhado por um médico competente”, finaliza a proprietária.

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Expedição na Amazônia revela 'peixe-onça'

03.03.11, Planeta Cultural

Um minúsculo peixe com pintinhas escuras é uma das mais recentes novas espécies descobertas na Amazônia. Por causa da aparência - que lembra uma onça - ele foi batizado com o nome Ix, que significa jaguar no idioma maia.

foto: Adriano Gambarini/Conservation International

 

O Stenolicnus Ix é da família dos bagres, mas muito menor, cerca de 2 cm de comprimento, e foi encontrado quase no fim de uma das sete expedições do Museu Emílio Goeldi em parceria com a Universidade Federal do Pará, o grupo ambientalista Conservação Internacional (CI) na Estação Ecológica Grão Pará e o governo do Estado.

 

 

Leia mais aqui

Padre italiano condenado a 15 anos de prisão por pedofilia

03.03.11, Planeta Cultural

Um padre italiano dos arredores de Roma foi condenado a 15 anos e quatro meses de prisão por ter abusado de sete crianças entre 1998 e 2008.

A acusação tinha pedido 18 anos de prisão para o padre Ruggero Ciotti, por actos sexuais com menores, violência sexual e incitação à prostituição de menor e a defesa argumentou que não havia provas sólidas contra o sacerdote, considerando-o "um homem de bem".

O padre foi condenado, esta quinta-feira, por ter abusado de vários menores durante 10 anos. As crianças tinham-lhe sido confiadas, nomeadamente em acampamentos organizados pela paróquia.

O sacerdote foi ainda condenado a pagar às vítimas uma indemnização de 200 mil euros.

O advogado disse que vai recorrer da sentença.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Mulher oferece "terapia despida"

03.03.11, Planeta Cultural

Uma "terapeuta" norte-americana pouco ortodoxa está a propor "terapia despida" aos seus pacientes para que eles se sintam mais à vontade durante as sessões. Sarah White, de 24 anos, acredita que a nudez encoraja os clientes a serem mais honestos e os mantém mais concentrados. Veja o vídeo.

 

 

A primeira sessão de "terapia despida", realizada pela Internet com uma "webcam", custa 150 dólares (107 euros). O método peculiar de Sarah já atraiu cerca de 30 homens de diversas partes do mundo.

 

 

"A proposta é mostrar aos meus pacientes que não tenho nada a esconder e encorajá-los a serem mais honestos durante a terapia", disse Sarah White ao "New York Daily News", um tablóide nova-iorquino. "Freud usou o método de livre associação, eu uso a nudez", acrescentou.

 

Na medida em que paciente e terapeuta intensificam os laços, Sarah introduz o segundo passo da "terapia despida", uma sessão realizada pessoalmente. Para ficarem frente a frente com Sarah, os clientes têm de desembolsar um valor a rondar os 320 euros.

 

Sarah White contou ao jornal que tem um namorado, mas que o rapaz não vê problemas na sua profissão. A jovem, porém, mostrou-se preocupada com o que os pais irão pensar.

 

"Penso que deveria ter-lhes, ao menos, contado sobre o meu trabalho antes de dar esta entrevista", disse Sarah.

 

 

Leia mais aqui


Lamborghini revela Aventador sem preocupação pela escalada dos preços do combustível

03.03.11, Planeta Cultural

Os preços recorde do petróleo e uma recuperação lenta da economia está a conduzir os construtores de automóveis para os carros eléctricos e híbridos, mas essa não é a preocupação do fabricante de carros desportivos Lamborghini.

 

A Lamborghini SpA está a utilizar o Salão de Genebra, que abriu hoje e encerra a 13 de Março, para o lançamento de um supercarro "sedento" de gasolina, o Aventador LP700-4 (na foto). O presidente da Lamborghini, Stephan Winkelmann, citado pela AP, diz estar confiante que as suas vendas não serão afectadas pelo aumento dos preços dos combustíveis.

"Os Lamborghini são carros de sonho e, normalmente, este tipo de automóvel nunca é o primeiro do cliente, porque pertence a uma frota entre outros que está na garagem dos nossos clientes", diz Stephan Winkelmann.

A construtora de Sant'Agata Bolognese, propriedade do grupo alemão Volkswagen AG, já tem encomendas para os próximos doze meses, apesar da lenta recuperação económica países desenvolvidos e da instabilidade no Médio Oriente.

Stephan Winkelmann refere que os compradores do Aventador e outros carros superdesportivas normalmente só andam cerca de 5.000 quilómetros por ano. "Portanto, o preço do combustível não afecta as vendas deste tipo de carros", observa.

O Aventador, em que o preço rondará os 275 mil euros, "não será exactamente para a maioria da população, mas é a Ásia e outros mercados emergentes que estão a ajudar a manter as vendas mundiais de superdesportivos como o Aventador em torno de 30 a 35 mil automóveis por ano", indica Stephan Winkelmann.

"O mercado da Ásia-Pacífico é que puxa pelas vendas", refere, acrescentando que a China tornou-se recentemente o segundo mercado da Lamborghini depois dos Estados Unidos.

A Lamborghini diz que o Aventador pode fazer dos 0 aos 100 km/hora em menos de 2,9 segundos, com uma velocidade máxima de 350 km/hora.

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

EDP prevê encaixar 500 milhões com venda de activos e reduzir dívida

03.03.11, Planeta Cultural

Grupo estima conseguir baixar a dívida face aos 16,3 mil milhões de euros actuais, mas não revela para já que activos quer alienar.

 

A EDP quer realizar este ano vendas de 500 milhões de euros com a alienação de activos não estratégicos, indicou hoje em conferência de imprensa o presidente executivo do grupo, António Mexia.


“O nosso objectivo é realizar até ao final do ano um encaixe de 500 milhões de euros em activos não prioritários”, afirmou António Mexia, sem, contudo, identificar que activos poderão ser alienados.


A EDP tem actualmente 16,3 mil milhões de euros de dívida líquida, estimando chegar ao final do ano com um valor “ligeiramente abaixo” desse nível, de acordo com o administrador financeiro da EDP, Nuno Alves.


Na conferência de apresentação de resultados, António Mexia informou ainda que o custo médio da dívida do grupo, que em 2010 foi de 3,5%, deverá em 2011 ficar abaixo dos 4%.


No que respeita às perspectivas para 2011, António Mexia admite que o mercado irá confrontar o grupo com “margens desafiantes”. Ainda assim, o CEO da EDP está optimista. “Tomámos antecipadamente as medidas que nos levam a olhar com confiança para 2011”, disse Mexia.

 

 


Visite a fonte da informação clicando aqui