Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Mexer nas leis laborais é 'declaração de guerra'

08.12.10, Planeta Cultural

 

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou, na terça-feira, que o facto de o primeiro-ministro, José Sócrates, ter admitido rever a legislação laboral «é uma declaração de guerra» aos trabalhadores.

 

Num jantar com militantes em Alpiarça, Jerónimo de Sousa criticou o que considera ser a «tentativa do Governo [PS] para embaratecer os despedimentos, para impor a lei da selva do trabalho, para delimitar a contratação colectiva e para liberalizar horários de trabalho».

 

O secretário-geral do PCP afirmou que o Governo e o patronato «pretendem rasgar a Constituição da República» e rejeitou qualquer revisão ao documento que caracteriza como «actual e fiel aos valores de Abril».

 

Jerónimo de Sousa apelou aos militantes do partido para se mobilizarem para «pequenas e médias lutas para responder a esta ofensiva», afirmando que «o Governo só não avançou com a revisão [laboral] porque tem medo da mobilização dos trabalhadores, demonstrada na greve geral de dia 24 de Novembro».

 

O líder do PCP disse que «o país precisa de reflectir sobre o que tem que ser alterado na política monetária europeia», assinalando que «o euro não tem qualquer saída» para Portugal.

 

Para Jerónimo de Sousa, «o Banco Central Europeu devia emprestar dinheiro aos Estados à mesma taxa de 1 por cento que empresta aos mega-bancos alemães e franceses».

 


Visite a fonte da informação clicando aqui

Meteorologia não prevê novos tornados para os próximos dias

08.12.10, Planeta Cultural

Apesar dos tornados serem imprevisíveis, a meteorologista Idália Mendonça disse à TSF que é possível perceber, pela acalmia do tempo, que são cada vez menores as possibilidades deste fenómeno se repetir.

 

Um dia depois do tornado que atingiu os concelhos de Tomar, Ferreira do Zêzere e Sertã, provocando cerca de 40 feridos, entre eles 19 crianças, e oito desalojados, o Instituto de Meteorologia não prevê que este fenómeno se repita nos próximos dias.

 

«As regiões Norte e Centro já não estão com aviso amarelo de precipitação», disse a meteorologista Idália Mendonça, segundo a qual «há condições para aguaceiros fortes, acompanhados de trovoada», e vento forte no Sul.

 

As probabilidades de se repetir um tornado «começam a ser cada vez menores», considerou.

 

 


Visite a fonte da informação clicando aqui

Lembrar Lennon no dia da sua morte

08.12.10, Planeta Cultural

 

Assinalam-se hoje os 30 anos sobre a morte de John Lennon. Por coincidência, mas num dado curioso, foi também este ano, no dia 9 de Outubro, que se comemoraram os 70 anos do nascimento do antigo membro dos Beatles. A dupla efeméride serviu assim de mote para um vasto conjunto de iniciativas, desde a reedição da totalidade da obra a solo de Lennon até uma vaga de edições de livros acerca do músico e da sua vida, da qual retirou inspiração para canções como 'Mother' ou 'Jealous Guy'. A ocasião serve também para lembrar a vida de John Lennon, falecido às mãos de Mark David Chapman a 8 de Dezembro de 1980, à entrada da sua residência em Nova Iorque. Apesar de ser um dos rostos do quarteto mais popular da história da música pop, compositor de 'Imagine' e rosto, para todos os efeitos, universal, a favor da paz mundial, pelo seu activismo social ao lado de Yoko Ono, a morte não tirou a John Lennon nenhuma da sua relevância.

1. As reedições remasterizadas dos discos a solo

Por ocasião do 70.º aniversário sobre o nascimento, celebrado a 9 de Outubro, os álbuns a solo de John Lennon foram reeditados numa versão remasterizada. Ao todo, 121 canções divididas por oito discos.

2. O álbum póstumo 'Milk & Honey'

Editado em 1984, Milk & Honey foi gravado pouco antes de ser assassinado. Projectado como o sucessor de Double Fantasy, demorou três anos a ser concluído por Yoko Ono.

3. A homenagem dos Roxy Music

Um dos maiores clássicos dos Roxy Music, Jealous Guy, não é mais do que uma canção com assinatura de Lennon que os Roxy Music passaram a introduzir nos concertos três meses após a sua morte. A versão viria a ser editada em Março de 1981.

4. O tributo português no Central Park

O memorial de John Lennon no Central Park tem uma estrela em calçada aplicada por um artesão português enquanto homenagem lisboeta à obra do músico.

5. A voz póstuma em 'Free as a Bird'

Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr concluíram em 1994 uma canção que John Lennon havia deixado inacabada. No ano seguinte, viu a luz do dia na colectânea The Beatles Anthology.

6. A canção recuperada

Escrita e gravada entre 1979 e 1980, foi ignorada até 1988, ano em que se ouviu pela primeira vez no documentário Imagine: John Lennon. Tal como aconteceu com Free as a Bird, os restantes Beatles retrabalharam-na para Anthology 2 . É a última canção creditada aos fab four.

7. A liberdade condicional recusada a Mark Chapman

Por seis ocasiões, Mark Chapman pediu liberdade condicional. Tantas quantas a justiça lhe recusou. A última foi em Setembro, mas o assassino de Lennon pode voltar a tentar em Agosto de 2012.

8. Os três dias anteriores ao assassínio em filme

Escrito e realizado por J. P. Schaefer., Chapter 27 retrata os três dias vividos por Mark Chapman antes de matar Lennon. O papel do assassino foi entregue a Jared Leto.

9. Os primeiros dias de Lennon

A infância e a adolescência de John Lennon são recordadas no filme Nowhere Boy, de Sam Taylor Wood. O filme de 2009 (ainda) não se estreou nas salas portuguesas.

10. Yoko Ono depois de John Lennon

Quatro meses após ter enviuvado, iniciou uma relação com o antiquário e designer de interiores Sam Havadtoy, que terminou em 2001. Continuou também a gravar discos em nome próprio.

11. Julian Lennon, o primeiro filho

Nascido em 1963, Julian Lennon é fruto do primeiro casamento de Lennon, com Cynthia Powell. Intermitentemente activo entre 1984 e 2001, tem novo disco agendado para o próximo ano.

12. Sean, o mais novo dos irmãos

Sean Lennon é o filho de John Lennon e Yoko Ono. Nascido em 1975, envolveu-se com a cena de Nova Iorque, onde ainda vive, desde cedo. O mais recente disco remonta a 2006.

13. 'Dakota', o edifício de luxo que se tornou palco de um homicídio

Um dos primeiros edifícios de luxo a serem construídos na zona de Manhattan, o Dakota (fundado em 1880),é mais conhecido por ter sido o palco do homicídio de John Lennon. Por volta das 22.50 do dia 8 de Dezembro de 1980, Mark David Chapman baleou o músico quatro vezes nas costas. John Lennon faleceu entes de chegar ao hospital.

14. A ex-mulher que se tornou biógrafa de John Lennon

Cynthia Powell, a primeira mulher de John, da qual se separou em 1968, escreveu duas biografias do antigo Beatle. A primeira, A Twist of Lennon, editada em 1980, foi mal aceite pelo músico. A segunda, de 2006, é um relato visto de fora da ascensão súbita dos Beatles.

15. Fazer as pazes a título póstumo

A dissolução da mítica parceria Lennon/McCartney é geralmente apontada como a causa para o fim dos Beatles. Com a morte de Lennon, no entanto, Paul McCartney viria a dizer que os dois músicos mantinham boas relações, não obstante as acusações mútuas que tinham feito no início dos anos 70.

16. Ringo Starr mantém a memória viva

Ringo Starr nunca se pronunciou contra nenhum dos seus antigos colegas. Em anos recentes, o antigo baterista dos Beatles tem mesmo participado em iniciativas de homenagem a John Lennon, e gravou também um vídeo comemorativo do 70.º aniversário de Lennon.

17. Harrison recordou Lennon em tema de sucesso

O folclore acerca dos Beatles diz que George Harrison vivia na sombra da dupla Lennon/McCartney. Mas se este isolamento resultou no álbum a solo All Things Must Pass, de 1970, também não impediu que compusesse a homenagem a John Lennon All Those Years ago em 1981.

18. O Lennon político em filme

O documentário The U.S. vs John Lennon (2006), de David Leaf e John Scheinfeld II, é uma análise da atitude do Governo americano (e da CIA em particular) perante a crescente relevância social do músico, e a sua oposição à Guerra do Vietname.

19. A história vista em pessoa

Quatro décadas depois do fim dos fab four, pode traçar-se na cidade de Liverpool (Inglaterra) um roteiro pela história dos Beatles, que vai desde as residências de infância de Paul, John, George e Ringo até locais como a emblemática Penny Lane e o histórico Cavern Club.

20. Os Beatles pelas ruas de Hamburgo

Em tempos, John Lennon disse: "Posso ter nascido em Liverpool, mas cresci em Hamburgo." Os clubes Indra, Keiserkeller, Top Ten e Star-Club, nessa cidade alemã, são hoje destinos turísticos, pois foi aí que os Beatles deram os seus primeiros passos, antes de obterem o sucesso no Reino Unido.

21. A verdade em versão dividida e catalogada

Yoko Ono comemorou o 70.º aniversário do nascimento de John Lennon através da compilação Gimme some Truth, que divide a obra do músico em quatro áreas temáticas - Roots, Working Class Hero, Woman e Borrowed Time.

22. Um monumento pela paz na terra natal de John Lennon

Também a 9 de Outubro, Cynthia e Julian Lennon (a primeira mulher e o primeiro filho do cantor) presidiram à inauguração do John Lennon Peace Monument, em Liverpool. O monumento foi concebido como uma evocação dos ideais de John Lennon a favor da paz.

23. Uma vaga de edições no aniversário de Lennon

Este ano foram também editados os livros Starting over, sobre o making of de Double Fantasy, December 8, 1980: The Day John Lennon Died, e John Lennon: The Stories Behind every Song 1970-1980. John Lennon: The Life, uma biografia de 864 páginas sobre o músico, viu reedição em 2009.

24. Fingir de Beatle num jogo de computador

Também em 2009, a Harmonix editou o jogo Beatles: Rock Band, que permite aos jogadores executarem temas dos fab four, retirados de toda a discografia do grupo.

25. Roupa e manuscritos de Lennon em leilão

Nos dias 3 e 4, a Julien's Auctions leiloou, em Beverly Hills, Califórnia, algumas peças pertencentes a John Lennon. Um casaco militar utilizado numa sessão fotográfica em 1966 foi arrebatado por cerca de 180 mil euros.

26. John Lennon, agora na sua prateleira

A Amazon tem à venda uma miniatura de John Lennon que proclama slogans como "Give peace a chance". A estatueta vem munida de um blusão de ganga e óculos de sol.

27. Uma torre de luz no cume do mundo

Em 2007, Yoko Ono inaugurou a John Lennon Peace Tower, em Reiquejavique, Islândia. Todos os anos, a 9 de Outubro, a torre projecta um feixe de luz em direcção ao céu.

28. Concerto de tributo em Nova Iorque

A 12 de Novembro, vários nomes consagrados, como Jackson Browne, Patti Smith, Cyndi Lauper, Aimee Mann e Taj Mahal, juntaram-se no Beacon Theatre, em Nova Iorque, para um tributo que incluiu diversas interpretações de temas de Lennon.

29. Chama acesa no Facebook

A página oficial de John Lennon no Facebook dirige-se a "amigos e fãs" e opera como uma extensão do site Johnlennon.com. As actualizações são constantes.

30. A reedição de 'Double Fantasy'

Assinado por John Lennon e Yoko Ono, Double Fantasy mostra o casal a beijar-se na capa. O músico viria a ser assassinado três semanas após a edição original. Na vaga de reedições de Outubro passado, saiu Double Fantasy Stripped down, em que, além do som remasterizado, se pode ouvir uma nova versão com arranjos despidos.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui